Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Raças & Espécies > Peixes > Lagosta-boxeadora

Compartilhe em suas redes sociais:

Lagosta-boxeadora

lagostaboxeadora
Odontodactylus scyllarus, conhecida como lagosta-boxeadora é uma espécie de tamarutaca nativa do Oceano Pacífico, de Guam até a África Oriental.1 Em aquários de água salgada, é uma atração tanto pela coloração quanto pelo perigo.
O. scyllarus é uma das largas espécies de lagostas coloridas, chegando a 18 cm.1 De coloração verde, com pernas laranjas e com a carapaça com estampas tipo leopardo.1
As lagostas-boxeadoras contam com olhos incríveis, que possuem três pontos focais cada e são capazes de enxergar do espectro ultravioleta ao infravermelho. Para que você tenha uma ideia, o olho humano contém milhões de células fotorreceptoras, entre elas os cones, que são as que nos permitem ver as cores. Nossos olhos possuem três tipos desses receptores - que respondem à luz azul, verde e vermelha -, que nos permitem perceber o espectro de cores que vemos. Os cães contam com apenas dois tipos de cones (verde e azul), e é por isso que eles vêm tons de azul, verde e um pouco de amarelo. Já as borboletas possuem cinco tipos de cones, o que significa que elas conseguem enxergar cores que o nosso cérebro é incapaz de processar. Contudo, as lagostas-boxeadoras contam com 16.
As lagostas-boxeadoras costumam ser encontradas próximo à costa de mares tropicais e subtropicais e são predadoras letais que se alimentam de caranguejos, camarões, moluscos e peixes. Na verdade, apesar de não serem muito grandes - entre 15 e 30 centímetros -, as tamarutacas são um verdadeiro pesadelo dos oceanos, sendo consideradas como um dos animais mais violentos do planeta.
Elas possuem duas patas superpoderosas na parte dianteira que, quando acionadas, são capazes de proferir um golpe com a mesma aceleração de um disparo de uma arma do calibre 22 e força de impacto de 60 kg/cm3. E isso em menos de 1/3.000 de segundo, o que significa que, se um humano pudesse acelerar os braços com 1/10 desse poder, seria possível lançar uma bola de baseball em órbita ao redor da Terra.
Essas patinhas se movem tão depressa que a água próxima a elas chega a ferver - em um fenômeno chamado supercavitação -, além de provocar uma onda de choque capaz de matar a presa mesmo que a lagosta erre o golpe. Assim, as tamarutacas matam outros animais, despedaçando os coitados, mesmo que contem com carapaças protetoras.
Seus membros são tão poderosos que os cientistas estão estudando a estrutura de suas células para desenvolver novas armaduras para as tropas de combate; A Força Aérea norte-americana encomendou" uma pesquisa para o desenvolvimento de aeronaves militares mais resistentes com base no revestimento das patas golpeadoras do mantis; Existem estudos baseados na visão superpoderosa das tamarutacas para melhorar os componentes ópticos - como os dos leitores de CD e DVD, por exemplo.
Ecologia
Odontodactylus scyllarus vive em tocas que constrói nos fundos dos corais, ou através de buracos deixados por outros animais, em rochas e substratos próximos de corais de recifes a cerca de 40 metros de profundidade.1
São capazes de desferir um dos mais rápidos e violentos golpes do reino animal, seu soco fora registrado com uma velocidade de 80 km/h e aceleração similar a uma arma calibre .22. A força do impacto do soco é de 60 kg/cm²2 . Essa força esmagadora é a responsável pelo seu título de lagosta-boxeadora e é capaz de facilmente quebrar a carapaça de um caranguejo, as conchas duras e calcificadas de gastrópodes ou até mesmo quebrar o vidro reforçado de um aquário3 4

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletEduardo e mônica

bulletTeia da aranha virgem

bulletTombei

bulletPolícia, bandido, cachorro, dentista sérgio sampaio

bulletO rei da cavalgada



Dicas Veterinárias:

bulletBrinquedo caseiro para cachorro ? mordedor

bulletNo inverno, seu pet precisa de atenção especial

bulletDor (agudo, crônica e pós-operatória) em cães

bulletAlergia a animais domésticos: o que fazer?

bulletBanho e tosa: 4 maneiras de aumentar o faturamento desses serviços



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet André Galvão Cintra, MV, Prof. Esp. CRMV SP 6765 VicePresidente ABCC Bretão. email: andre@vongold.com.br. Site: www.vongold.com.br >

bullet Carlos Cava
Cava criadouro de aves rua guerino lubiani, 201 ? vila verde
piracicaba - sp - cep 13420-850 f : (19) 3424-2084 / 3424-3206 / 9782-1065 e-mail : aves@cava.com.br
http://www.cava.com.br>

bullet Prof. Saulo Tadeu Lemos Pinto Filho>

bullet Desirée Schiffer Mariotti, Médica Veterinária, Pósgraduanda em Diagnóstico por Imagem, Indaiatuba/SP desiree.veterinaria@hotmail.com tel 19 98633617>

bullet carlos alexandre pessoa
médico veterinário (11) 99112330 www.animalexotico.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletMadagascar ii

bulletUm peixe chamado wanda (a fish called wanda)

bulletOs pássaros feridos (the thorn birds)

bulletA fuga dos homens pássaros (the birdmen)

bulletUma cilada para roger rabbit



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletAves-simbolos dos estados brasileiros, as

bulletGato viriato

bulletLivro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletSucesso na criação de pássaros canários e periquitos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos