Home Page > Raças & Espécies > Anfíbios > Siames

Siames

siames
O gato siamês teve sua origem na ásia, mais precisamente no sião, na corte de um rei vindos da atual tailândia, sabe-se que em l880, o rei do sião deu de presente dois casais de siameses para o sr owen gould, que os levou para londres em l890, o mesmo rei, presenteou um americano com um dos seus siameses foi desta forma, que eles começaram a ser criados nos estados unidos e na europa em l920, eles se tornaram moda e os criadores desta raça, para suprir a demanda, os acasalaram entre consanguíneos e devido a repetidos acasalamentos, houve o enfraquecimento da raça passaram então a serem bastante delicados quanto à saúde, chegando quase ao risco de extinção da raça
por isso, os criadores por medo de perdê-los, foram severos na escolha dos pares para acasalamentos foi assim, que surgiu o siamês oficial, soberbo, elegante, com o corpo totalmente sem gordura sua característica mais marcante são as zonas de coloração mais escuras: orelhas, nariz, pernas, pés e cauda, contrastando com o restante do corpo, de pelagem mais clara, com olhos amendoados, na cor safira sua cabeça deve ser triangular, em forma de cunha, nariz comprido, orelhas grandes e pontudas os pés pequenos e ovalados, com pernas longas e finas os seus olhos são sempre de um azul profundo, brilhante e hipnotizador, embora levemente estrábicos diz a lenda que o estrabismo herdado ocorreu quando lhes foi confiado a guarda de um vaso de grande valor em um templo por serem tão fiéis à tarefa, olharam tão fixamente para o vaso que os seus olhos ficaram numa posição insólita o verdadeiro siamês parece uma estatueta ou esfinge viva, muito diferente do siamês "bolinha", que nós brasileiros conhecemos, de orelhas curtas e cauda pequena, em forma de gancho
este siamês descrito, está longe do padrão oficial da raça e só recebe este nome popularmente, pelo fato das marcações serem idênticas ao siamês puro
nos estados unidos e grã bretanha o comércio de siameses é cada vez maior e eles são muito populares, enquanto que no brasil, a criação é quase que nula
pouquíssimos criadores dedicam-se à raça e à sua expansão deixaram de criá-los por diversos motivos um deles bastante sério seria o preço não há como competir com a venda dos siameses sem pedigree eles são extremamente baratos, enquanto que um filhote da raça oficial tem o seu valor real, pois não é fácil criá-los, nem arranjar parceiros que não sejam parentes entre si sendo assim, criadores foram desestimulados do prosseguimento deste trabalho e hoje, é muito raro ver no brasil um casal de siameses legítimos com sua ninhada
outro fator bastante impróprio para o prosseguimento da raça é o seu temperamento e principalmente o seu miado os criadores, numa forma eufemística, costumam chamá-lo de "expressivo" o fato é que ele mia para tudo comunica-se o tempo todo, através de sons, exibindo diversos miados diferentes, conforme as circunstâncias quando estão em período de cio emitem um miado parecido com o choro de uma criança recém-nascida é maravilhoso ter um animal que se comunica, mas nem sempre o nosso vizinho, ou nós mesmos entendemos este linguajar em horário impróprio acordar à noite com sua "canção de amor", quando está no cio, nem sempre é satisfatório talvez este seja um motivo em destaque para que houvesse a desistência da criação, infelizmente, porque vivemos em cidades grandes, com pouco espaço e pouco tempo os siameses precisam de bastante espaço, pois são elétricos, correm de um lado para o outro e são muito alegres e inteligentes
dotados de uma rara sensibilidade, são capazes de morrer de ciúme e saudades de seu dono possuem um temperamento forte, detestam serem contrariados e se isto ocorre, facilmente mostram suas garras a quem os desafiam o siamês é ainda uma das únicas raças que aceita coleira e quando condicionado desde filhote, aceita passeios na rua com seu dono, seguindo-o como um cão
normalmente ele escolhe alguém da família para amar e despreza os demais membros da família é egoísta e dificilmente aceita a presença de outros animais na casa, a não ser que tenham o mesmo tempo de "casa" que ele
quanto à sua alimentação, deve ser balanceada, de preferência rações apropriadas à raça e em poucas quantidades, para que se mantenha sempre elegante um siamês de exposição não deve ter barriga alguma, este quesito seria desclassificatório no entanto, um suplemento vitamínico é importante a fim de se evitar o raquitismo
a fêmea atinge a puberdade antes das outras raças, aos 5 ou 6 meses e é comum uma ninhada numerosa, porém, como possuem uma saúde bastante frágil, qualquer golpe de vento os resfriam e pode deixar de vingar a ninhada para tanto, exigem donos que os amem de verdade, conhecendo seus prós e contras e que se dediquem à sobrevivência de tão bela raça, pois é considerado "o príncipe dos gatos" as variedades clássicas de cores dos siameses são quatro: seal point, blue point, chocolate point e lilac point a cor seal point (marrom-foca) foi e ainda é a mais difundida da raça nos estados unidos foram produzidas novas variedades, chamadas "pêlo curto colourpoint", cruzando siameses com outras raças, a fim de se obter cores variadas depois voltaram a acasalar siamês com siamês, em gerações subsequentes, para que o sangue do siamês voltasse a ser o dominante
o siamês é bastante extrovertido e adora companhia ter um dono companheiro que o compreenda e que lhe dê o carinho e a atenção que merece somente fará com que esta ligação "humano-animal" seja por demais saudável e prazerosa
sem contar poder vislumbrar sua beleza e desfrutar de toda a inteligência de que é possuidor, pois um siamês abre portas, janelas, armários e é realmente um hóspede ou parceiro, que sabe o que quer e não mede esforços para alcançar o seu objetivo quem tem um siamês sabe o quanto a sua presença é marcante, às vezes até bem mais do que a presença humana e tê-lo por perto significa gostar e respeitar a sua personalidade intrigante

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletVou te rebocar

bulletLadeira do boi genival lacerda eu vi maria na ladeira do boi eu perguntei maria pra onde foi maria trazia um pote quando me avistou deu um tombo de um jeito que o pote quebrou ai maria quanto tempo eu não te vejo cadê meu abraço maria cadê meu beijo m

bulletPaga pau

bulletVoa voa passarinho

bulletBorboleta



Dicas Veterinárias:

bulletDoença salmon envenenamento em cães

bulletMuco nas fezes de cão

bulletTroque chocolate por carinho

bulletNeurectomia dos nervos digitais

bulletImportância na dosagem da frutosamina no diagnóstico de diabetes em gatos



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Ag?ncia de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas ADEAL >

bullet Marco Antonio Gioso FMVZ USP>

bullet Aquarium Lab http://aquariumlab.com.br>

bullet Diskvet Telefone: (19) 32581887 / 33081887 / 33081886 Celular: (19) 93183040 (emerg?ncia) Email: diskvet@gmail.com Av. Antonio Carlos Couto de Barros, n? 1156 Sousas Campinas / SP>

bullet Flávia Raucci Facchinihttp://www.infohorse.com.br/2018/05/07/a criacao de cavalos paixao e zelo/>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletGodzilla

bulletUma dupla quase perfeita

bulletO zelador animal

bulletBatman forever (1995)

bulletQualquer gato vira-lata



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletNosso planeta verde - 100 ótimas propostas para trabalhar na educação infantil

bulletO gato que falava com fantasmas

bulletPassaros sao eternos, os

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletPequenos passaros

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos