Home Page > Raças & Espécies > Cães > Welsh springer spaniel

Welsh springer spaniel

welshspringerspaniel

País de origem: Grã-Bretanha
Nome no país de origem: Welsh Springer Spaniel
Utilização: Levantador de caça
Sujeito à prova de trabalho para Campeonato Internacional.
APARÊNCIA GERAL: simétrico, compacto, sem ser pernalta, evidentemente
constituído para resistê;ncia e trabalho duro. De movimentação rápida e ativa,
mostrando bastante alcance e propulsão.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: é uma raça pura de origem muito
antiga e distinta. Forte, alegre e muito ativo. Temperamento afável, não demonstrando
agressividade ou nervosismo.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: de comprimento proporcional, ligeiramente abobadado. Bem cinzelado abaixo
dos olhos.
Stop: claramente definido.
REGIÃO FACIAL
Trufa: de cor de carne a escuro, narinas bem desenvolvidas.
Focinho: de comprimento médio, reto, razoavelmente quadrado.
Maxilares / Dentes: maxilares fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura
em tesoura.
Olhos: de cor avelã ou escuros; de tamanho médio, nem proeminentes nem profundos,
sem mostrar a conjuntiva.
Orelhas: inseridas moderadamente baixas e pendentes próximas às bochechas.
Comparativamente pequenas e estreitando-se gradualmente até as pontas, tendo a
forma parecida com a folha da videira.
4
PESCOÇO: longo, musculoso, sem barbelas, nitidamente inserido em ombros
oblíquos.
TRONCO: não longo, forte e musculoso. O comprimento do corpo deve ser
proporcional ao comprimento das pernas.
Lombo: musculoso e ligeiramente arqueado. Bem acoplado.
Peito: tórax profundo, costelas bem arqueadas.
CAUDA: anteriormente era costume ter a cauda cortada. Bem inserida e baixa,
nunca portada acima do nível do dorso. Vivaz em ação.
Não Cortada: franjada; em equilíbrio com o restante do cão.
MEMBROS
Anteriores: de comprimento médio, retos e de boa ossatura.
Patas: redondas com almofadas grossas. Firmes e em forma de “pés de gato”,
nem largas nem abertas.
Posteriores: fortes e musculosos, largos e muito bem desenvolvidos. Com boa
ossatura.
Joelhos: moderadamente angulados, nem virados para dentro nem para fora.
Pernas: bem descidas.
Jarretes: bem descidos.
Patas: redondas com almofadas grossas. Firmes e em forma de “patas de gato”,
nem largas nem abertas.
MOVIMENTAÇÃO: leve, poderosa, cobrindo bastante o terreno em ação; grande
propulsão traseira.
5
PELAGEM
Pelo: liso ou plano, textura sedosa, denso, nunca áspero ou ondulado. O pelo crespo
é altamente indesejável. Franjas moderadas acima dos jarretes, tanto nos anteriores
quanto nos posteriores. Orelhas e cauda ligeiramente franjadas.
COR: somente vermelho e branco.
TAMANHO
altura aproximada na cernelha: machos: 48 cm
fê;meas: 46 cm
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão e em sua habilidade para executar seu trabalho tradicional.
FALTAS DESQUALIFICANTES
• agressividade o timidez excessiva.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.
NOTAS:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparê;ncia normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletOlímpico por natureza todo mundo se encontra no rio

bulletBarata tonta

bulletAranha e o tucano

bulletMorena de Angola

bulletCamarão que dorme a onda leva



Dicas Veterinárias:

bulletPneumonia (aspiração) em cães

bulletCães e gatos podem viver juntos, sim!

bulletA intoxicação por veneno de sapo em cães

bulletHidroterapia

bulletArtrite e artrose em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ci?ncias pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de S?o Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br>

bullet André Galv?o Cintra, MV, Prof. Esp. CRMV SP 6765 VicePresidente ABCC Bret?o. email: andre@vongold.com.br. Site: www.vongold.com.br >

bullet Maira Rezende Formenton
tel 011 3862 6398
www.fisioanimal.com>

bullet Vicente Moreno Médico Veterinário CRMVSP 6613 Clínica Veterinária Vicente Moreno Av. Independ?ncia, 1062 Valinhos SP Fone: (19) 38491274 >

bullet Priscila Pinheiro - Pet Sitter

 

Bicho Feliz Pet Sitter

Site: https://sites.google.com/site/bichofelizpetsittercotiasp/

Whatsapp e celular: (11) 98586-9212

Twitter: @bichofelizps

>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletBud, o cão amigo - air bud

bulletFlipper (1996)

bulletMadagascar iii

bulletK-9 - um policial bom pra cachorro (k-9)

bulletDoce pássaro da juventude (sweet bird of youth)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bulletO gato de botas

bulletO gato e a revolução

bulletExplicação dos pássaros

bulletPássaros amarelos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos