Home Page > Raças & Espécies > Cães > Thai ridgeback

Thai ridgeback

thairidgeback

País de origem: Tailândia
Nome no país de origem: Thai Ridgeback
Utilização: Cão de caça e de companhia
Sem prova de trabalho
(Cão de Crista Dorsal da Tailândia)
RESUMO HISTÓRICO: o Thai Ridgeback é uma raça antiga que pode ser vista
em documentos arqueológicos na Tailândia, escritos a cerca de 360 anos atrás. A
raça era usada primordialmente para a caça na parte leste da Tailândia. As pessoas
ainda a usavam para escoltar suas carruagens e como cães de guarda. A razão pela
qual a raça manteve seu tipo original por tantos anos é devida aos deficientes sistemas
de transporte na parte leste da Tailândia; o que diminuiu suas chances de cruzar com
outras raças.
APARÊNCIA GERAL: cão de tamanho médio com pelo curto, formando uma
crista sobre o dorso. O corpo é ligeiramente mais comprido que sua altura na cernelha.
Músculos são bem desenvolvidos e sua estrutura anatômica é adequada para suas
funções.
PROPORÇÕES IMPORTANTES
comprimento do corpo : altura na cernelha = 11:10
profundidade de peito : altura na cernelha = 1:2
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: resistente e ativo, com excelente
habilidade para saltar. Um leal cão de família.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: o crânio é plano entre as orelhas, mas ligeiramente arredondado quando
visto de perfil.
Testa: enrugada quando o cão está atento.
Stop: claramente definido, mas moderado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: preta. Em cães azuis, a trufa é azulada.
Cana nasal: reta e longa.
4
Focinho: em forma de cunha, ligeiramente mais curto que o crânio.
Lábios: justos, com boa pigmentação.
Boca: marcação preta na língua é preferível.
Maxilares: maxilares superior e inferior são fortes.
Dentes: brancos e fortes, com mordedura em tesoura.
Olhos: de tamanho médio e amendoados. A cor do olho é marrom escuro. Nos
azuis, olhos de cor âmbar são permitidos.
Orelhas: inseridas nos lados do crânio. Tamanho médio, triangulares, inclinando-se
para frente e firmemente eretas. Não cortadas.
PESCOÇO: forte, de tamanho médio, musculoso, ligeiramente arqueado e mantendo
a cabeça alta.
TRONCO
Dorso: forte e nivelado.
Lombo: forte e largo.
Garupa: moderadamente inclinada.
Peito: profundo o suficiente para alcançar os cotovelos. As costelas são bem
arqueadas, mas não em forma de barril.
Linha inferior: ventre bem esgalgado.
CAUDA: grossa na base com gradual afinamento em direção à ponta. A ponta pode
alcançar os jarretes. Portada verticalmente e ligeiramente curvada.
MEMBROS
Anteriores
Ombros: bem colocados para trás.
5
Antebraços: retos.
Metacarpos: retos, quando vistos pela frente e levemente inclinados, quando vistos
de perfil.
Patas: ovais.
Unhas: pretas, mas podem ser mais claras dependendo da cor da pelagem.
Posteriores
Coxas: bem desenvolvidas com joelhos bem angulados.
Jarretes: fortes e bem descidos.
Metatarpos: retos e paralelos, quando vistos por trás.
Patas: ovais.
MOVIMENTAÇÃO: passadas com bom alcance, sem pender para os lados ou
com rolamento do corpo. À velocidade normal os passos são paralelos. Quando
visto pela frente, as pernas dianteiras movem-se em linha reta de forma que o ombro,
cotovelo e metacarpo estão aproximadamente alinhados uns com os outros. Quando
visto por trás, o joelho e o ísquio estão aproximadamente alinhados. Move-se em
linha reta, para frente, sem jogar as patas para dentro ou para fora, permitindo assim
uma longa passada e uma poderosa propulsão. A aparê;ncia geral do cão em
movimento é de suave fluidez e ritmo bem equilibrado.
PELE : macia, fina e ajustada ao corpo. Garganta: sem barbelas.
PELAGEM
Pelo: curto e liso. A crista na região dorsal é formada por pelos que crescem na
direção oposta aos do restante da pelagem. Ela deve ser claramente definida em
relação às outras partes do dorso. Há várias formas e comprimentos da crista, mas
esta deve ser simétrica em ambos os lados da espinha dorsal e deve estar localizada
na largura do dorso. Coroas ou rodamoinhos na cabeça da crista são aceitáveis.
COR: cores sólidas: vermelho, preto, azul e um fulvo muito claro (isabella). Máscara
preta é preferível nos vermelhos.
6
TAMANHO
Altura ideal na cernelha: machos: 56 - 61 cm
fê;meas: 51 - 56 cm
Há uma tolerância de mais ou menos 2,5 cm (1 polegada) para mais ou para menos.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
• qualquer mordedura que não seja em tesoura.
• crista assimétrica
FALTAS ELIMINATÓRIAS
• agressividade ou timidez excessiva.
• cães sem a crista.
• pelo longo.
Τodo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.
NOTAS:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparê;ncia normal, bem
desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletPlaneta Sonho

bulletBoi bumbá

bulletNo voo da águia, uma viagem sem fim

bulletEnquanto houver razões

bulletPeão Apaixonado



Dicas Veterinárias:

bulletFebre do vale do rift

bulletGravidez, parto e filhotes cuidados necessários

bulletOnde foi meu gato???

bulletReprodução de hamsters

bulletDepósitos de proteínas no organismo em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Tatiana Grillo
Eu atendo em domicílio em Sorocaba SP
(15) 3019 2101>

bullet Luciana Leite Ribeiro dos Santos Médica veterinária CRMVSP 8298 www.spaces.msn.com/members/vetemcasa lulrs@yahoo.com.br>

bullet Vicente Moreno Médico Veterinário CRMVSP 6613 Clínica Veterinária Vicente Moreno Av. Independ?ncia, 1062 Valinhos SP Fone: (19) 38491274 >

bullet Marina Milos http://www.geocities.com/RainForest/6327/pag2.htm>

bullet Nayara Zonta, 56811999>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletUm peixe fora d água (mr baseball)

bulletSilver a lenda do cavalo prateado the silver brumby

bulletBirdman

bulletVinte mil léguas submarinas

bulletPeixonauta



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletPassaro-camaleao, o

bulletNo meu peito não cabem pássaros

bulletEu não sou cachorro, não

bulletAtlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bulletPasso, trote, galope - uma familia e seus cavalos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos