Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Raças & Espécies > Cães > Pastor branco suíço

Compartilhe em suas redes sociais:

Pastor branco suíço

pastorsuico

País de origem: Suíça
Nome no país de origem: Weisser Schweizer Schäferhund
Utilização: Cão de família e companhia. De distinta natureza
amigável com crianças. Cão de guarda atento e de
rápido aprendizado.
Sem prova de trabalho.
PASTOR BRANCO SUÍÇO
RESUMO HISTÓRICO: nos Estados Unidos e no Canadá, os pastores brancos
tornaram-se gradualmente aceitos como uma raça distinta. Os primeiros cães desta
raça foram importados para a Suíça no começo dos anos 70. O macho americano
“Lobo”, nascido em 05 de março de 1966, pode ser considerado como o progenitor
desta raça na Suíça. Os descendentes deste macho, registrados no Livro de Origem
Suíço (LOS) e outros pastores brancos importados dos Estados Unidos e do Canadá,
multiplicaram-se gradualmente. Existe atualmente um grande número de pastores
brancos, de raça pura, por várias gerações, distribuídos por toda Europa. Estes cães
tê;m sido registrados como uma raça nova no apê;ndice do Livro de Origem Suíço
(LOS) desde junho de 1991.
APARÊNCIA GERAL: poderoso, bem musculoso, de tamanho médio; orelhas
eretas; de pelagem dupla de comprimento médio ou longo. De forma alongada; de
ossatura média, elegante e com silhueta harmoniosa.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: de forma retangular moderadamente longa: a
proporção entre o comprimento do corpo (da ponta do ombro à ponta da nádega) e
a altura na cernelha é de 12:10. A distância do stop à trufa é ligeiramente maior do que
a distância do stop à protuberância occipital.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: temperamento alegre e
equilibrado, diverte-se em ação, atento com boa habilidade de ser treinado.
Amigável e discreto. Alta capacidade social e devotado ao seu dono. Nunca
medroso ou agressivo sem ser provocado. Um cão de trabalho e esporte, alegre e
fácil de treinar, com capacidade para todo tipo de treinamento. A alta capacidade
social permite uma especial habilidade de se adaptar e integrar-se a todos os
tipos de situações e eventos sociais.
CABEÇA: forte, seca e delicadamente cinzelada, em boa proporção ao corpo. Vista
por cima e de perfil, tem forma de cunha. As linhas superiores do crânio e do focinho
são paralelas.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: apenas ligeiramente arredondado; depressão mediana apenas ligeiramente
perceptível.
4
Stop: apenas ligeiramente marcado, mas nitidamente visível.
REGIÃO FACIAL
Trufa: tamanho médio; desejada pigmentação preta; a trufa de neve e a trufa mais
clara são aceitas.
Focinho: poderoso e moderadamente longo em relação ao crânio. A cana nasal e a
linha inferior do focinho são retas e convergem ligeiramente em direção à trufa.
Lábios: secos, firmemente ajustados e tão pretos quanto possível.
Maxilares / Dentes: dentição forte e completa, mordedura em tesoura. Os dentes
devem ser implantados de forma ortogonal ao maxilar.
Olhos: de tamanho médio, amendoados, colocados ligeiramente oblíquos; de cor
marrom ao marrom escuro; pálpebras bem aderentes e as bordas dos olhos pretas
são desejáveis.
Orelhas: eretas, inseridas altas, portadas retas, paralelas e direcionadas para frente,
em forma de um triângulo alongado com a ponta ligeiramente arredondada.
PESCOÇO: moderadamente longo e bem musculoso, harmoniosamente inserido
no tronco, sem barbelas; a linha superior do pescoço, elegantemente arqueada, segue
em uma linha contínua da cabeça, portada moderadamente alta, até a cernelha.
TRONCO: forte, musculoso e de tamanho médio.
Cernelha: pronunciada.
Dorso: nivelado, firme.
Lombo: fortemente musculoso.
Garupa: longa e de largura média. Ela se inclina suavemente a partir de sua inserção
até a raiz da cauda.
Peito: não muito largo, profundo (mais ou menos 50% da altura na cernelha);
alcançando os cotovelos; caixa torácica oval; estendendo-se bem para trás. Antepeito
proeminente.
5
Linha inferior e ventre: flancos delgados, firme; linha inferior moderadamente
esgalgada.
CAUDA: espessa, em forma de sabre, afinando para a extremidade. Inserida um
tanto baixa, ela atinge no mínimo o jarrete. Em repouso, ela cai reta ou ligeiramente
curvada para cima no seu último terço. Em movimento, é portada mais alta, mas
nunca mais alta que a linha do dorso.
MEMBROS
ANTERIORES
Aparê;ncia geral: fortes, resistentes, ossatura mediana. Retos, quando vistos de
frente; apenas moderadamente afastados. Vistos de perfil, bem angulados.
Ombros: escápulas longas e bem oblíquas. Bem angulados; todo o ombro fortemente
musculoso.
Braços: adequadamente longos; músculos fortes.
Cotovelos: bem aderentes.
Antebraços: longos, retos e vigorosos.
Metacarpos (quartela): firmes e apenas ligeiramente oblíquos.
Patas: ovais. Dedos fechados e bem arqueados; almofadas pretas e firmes. Unhas
escuras são desejadas.
POSTERIORES
Aparê;ncia geral: fortes, resistentes, ossatura mediana. Vistos por trás, retos e
paralelos; apenas moderadamente afastados. Vistos de perfil, bem angulados.
Coxas: de comprimento médio, fortemente musculosas.
Joelhos: angulação adequada.
Pernas: de comprimento médio, oblíquas, com sólida ossatura e bem musculosas.
Articulação dos jarretes: poderosos e bem angulados.
6
Metatarsos (jarretes): moderadamente longos, retos e vigorosos.
Patas: ovais. Patas posteriores ligeiramente mais longas que as patas anteriores.
Dedos fechados e bem arqueados; almofadas pretas e firmes. Unhas escuras são
desejadas.
MOVIMENTAÇÃO: sequê;ncias rítmicas de passos com propulsão constante e
estável. Membros anteriores com bom alcance e forte impulso. No trote, a
movimentação é fácil, cobrindo bem o solo.
PELE: sem dobras e rugas, de pigmentação escura.
PELAGEM
Pelo:
Cobertura de comprimento médio: denso, dupla cobertura bem assentada;
abundante subpelo com um pelo de cobertura duro e reto; a face, as orelhas e a
parte anterior dos membros apresentam um pelo mais curto. No pescoço e na
parte posterior dos membros o pelo é ligeiramente mais longo. Um pelo
ligeiramente ondulado, duro, é permitido.
Cobertura longa: denso, dupla cobertura bem assentada; abundante subpelo
com um pelo de cobertura duro e reto; a face, as orelhas e a parte anterior dos
membros apresentam um pelo mais curto. No pescoço, a longa pelagem forma
uma distinta juba e, na parte posterior dos membros, forma “calças”, e o pelo
na cauda é espesso. O comprimento da pelagem nunca deve ser exagerado. Um
pelo ligeiramente ondulado, duro, é permitido.
COR: branca.
TAMANHO / PESO
Altura na cernelha: machos: 58 – 66 cm.
fê;meas: 53 – 61 cm.
Peso: machos: aproximadamente 30 – 40 kg.
fê;meas: aproximadamente 25 – 35 kg.
Exemplares típicos com tamanho um pouco acima ou abaixo do previsto pelo padrão,
não devem ser desqualificados.
7
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão e em sua habilidade para executar seu trabalho tradicional.
• presença discreta de pelos fulvos (amarelo claro ou sombreado de vermelho) na
ponta das orelhas, sobre o dorso e na parte superior da cauda.
• perda parcial de pigmento com aparê;ncia salpicada na trufa, nos lábios ou na
borda das pálpebras.
• ergôs, exceto em países onde a sua remoção é proibida por lei.
FALTAS GRAVES
• aparê;ncia pesada, construção muito curta (contorno quadrado).
• ausê;ncia de dimorfismo sexual (características sexuais insuficientemente
definidas).
• ausê;ncia de mais de 2 PMl; os M3 não são levados em consideração.
• orelhas caídas (pendentes), semi-caídas, orelhas em botão.
• linha do dorso fortemente inclinada.
• cauda enrolada, quebrada, em gancho ou portada sobre o dorso.
• pelo de cobertura macio, sedoso, lanoso, encaracolado, aberto, mal assentado.
pelo nitidamente longo, sem subpelo.
• cor distintamente fulvo (distinta cor amarelada ou camada avermelhada)
nas pontas das orelhas, sobre o dorso e na parte superior da cauda.
FALTAS ELIMINATÓRIAS
• agressividade ou timidez excessiva.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.
• ansiedade, alto grau de medo, agressividade devido à ansiedade, agressividade
desnecessária, comportamento apático.
• um olho ou os dois olhos azuis. Olhos proeminentes.
• entrópio, ectrópio.
• prognatismo superior ou inferior. Torção de mandíbula.
• total perda de pigmentação da trufa, lábios e/ou borda das pálpebras.
• total perda de pigmentação da pele e nas almofadas.
• albinismo.
NOTA:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparê;ncia normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletBichos Grandes E Pequenos

bulletO galo cantou clara nunes

bulletVoa voa

bulletA dança da tartaruga asa de águia

bulletFrevo do galo almir rouche



Dicas Veterinárias:

bulletConheça a doga yoga para cachorros

bulletAnormalidade do yorkshire

bulletEm quais idades ocorrem as erupções e trocas dos dentes nos cavalos ?

bulletCuidados básicos com as aves

bulletO que É o team penning



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Revista Cães e cia>

bullet cepav laboratórios
fone: (11) 3872-9553
rua tanabí, 185 - são paulo/sp
www.cepav.com.br>

bullet Rita Ericson http://bichosaudavel.com/meu cao late demais/>

bullet Patricia Oliveira>

bullet Mauricio Sordille www.petcaramelo.com>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletA morte anda a cavalo (da uomo a uomo / death rides a horse)

bulletComo cães e gatos (cats e dogs)

bulletSilver a lenda do cavalo prateado the silver brumby

bulletMamãe virei um peixe (hjælp, jeg er en fisk)

bulletA vingança do homem chamado cavalo (the return of a man called horse)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO encantador de cães

bulletO gato de botas

bulletLivro de banho galinha pintadinha

bulletEu não sou cachorro, não

bulletMais que um leao por dia

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos