Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Raças & Espécies > Cães > Kerry blue terrier

Compartilhe em suas redes sociais:

Kerry blue terrier

kerryblueterrier

País de origem: Irlanda
Nome no país de origem: Kerry Blue Terrier
Utilização: Utilizado para caçar lontras em águas
profundas, combater texugos debaixo da terra e caçar
animais predadores. Bom cão de guarda e companheiro
leal.
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: exatamente como os outros terriers irlandeses, verifi couse
que, por séculos, o Kerry Blue habitou este país. Novamente, em razão de suas
origens humildes como caçador de ratos por todo canto e como cão de fazenda,
existe pouca, senão nenhuma referê;ncia à raça antes do século XX. Provavelmente
a primeira referê;ncia ao Kerry Blue data de 1847, o autor descreveu um cão de cor
ardósia azulada, marcado com manchas escuras e freqüentemente com castanho nos
membros e focinho. Esse pretoazulado
do Irish Terrier supostamente prevaleceu no
Kerry, mas também tem sido encontrado em outras raças. O Kerry Blue apareceu pela
primeira vez numa exposição em 1913 e o Dublin Blue Terrier Club foi fundado em
1920. O Kerry Blue tornouse
rapidamente popular como uma espécie de mascote dos
patriotas irlandeses e assim houve 4 Clubes divulgando seus interesses por um curto
período, e, entre 1922 e 1924, esses Clubes patrocinaram não menos que 6 exposições
e 6 provas de campo. Em 1928, esse impressionante e bem balanceado Terrier, com
sua maravilhosa pelagem macia azul, tornouse
popular no mundo inteiro, assim
como sua reputação: de um excelente cão de trabalho e de companhia quase perfeito.
APARÊNCIA GERAL: o Kerry Blue é ativo, bem constituído e bem proporcionado,
mostrando um corpo bem desenvolvido, musculoso com um estilo defi nido de Terrier.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: característica de terrier em sua
totalidade. O fator mais importante deve ser sua expressão severa e alerta.
CABEÇA: mostrando pelagem farta. Os cães devem ter a cabeça mais forte e mais
musculosa que as fê;meas.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: forte e bem balanceado.
Stop: leve
REGIÃO FACIAL
Tr ufa: preta, narinas grandes e amplas.
Focinho: de comprimento médio.
Dentes: grandes, alinhados e brancos. Mordedura em tesoura (torquê;s aceito).
Maxilares: fortes e musculosos. Gengiva e palato escuros.
Olhos: castanhos ou castanhos escuros, de tamanho médio e bem colocados, expressão
severa.
Orelhas: fi nas e curtas; caídas para a frente ou próximas às laterais da cabeça;
direcionadas para a frente, mostrando bem a expressão aguda e severa do terrier.
PESCOÇO: bem proporcionado, bem inserido nos ombros e moderadamente longo.
TRONCO
Dorso: comprimento médio; reto.
Lombo: comprimento médio.
Peito: profundo e de largura moderada. Costelas bem arqueadas.
CAUDA: fi na, bem colocada, portada ereta e alegremente.
MEMBROS
ANTERIORES
Ombros: fi nos, oblíquos, de forte construção.
Per nas: retas, vistas de frente; bons ossos.
POSTERIORES: bem colocados debaixo do cão.
Coxas: musculosas, bem desenvolvidas.
J arrete: forte.
PATAS: compactas; almofadas fortes e redondas; unhas pretas.
MOVIMENTAÇÃO: boa coordenação, com pernas paralelas, anteriores com bom
alcance e poderosa propulsão nos posteriores. Quando o cão está em movimento, a
linha superior deve permanecer nivelada e a cabeça e a cauda devem ser portadas altas.
6
PELAGEM
Pê;lo: macio, farto e ondulado.
COR: azul de qualquer tonalidade, com ou sem pontas pretas. Preto é admitido
somente até a idade de 18 meses, assim como uma sombra de castanho.
TAMANHO
ideal na cernelha: Machos: 45,5 a 49,5 cm (18 – 19,5 inches).
Fê;meas: 44,5 a 48 cm (17,5 – 19 inches).
Peso: Machos: 15 a 18kg (33 a 40 lbs).
Fê;meas: proporcionalmente menos.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletLombalgia em equinos

bulletEfeitos do estresse fisiológico em peixes

bulletO que fazer quando o animal morre?

bulletSaiba como denunciar maus tratos ou crueldade contra animais

bulletVermifugação


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Tatiana Grillo
Eu atendo em domicílio em Sorocaba SP
(15) 3019 2101

bullet Carlos Almeida carlos henrique l n almeida
consultor da cobrap - confederação brasileira de criadores de pássaros
www.carduelis.bio.br
carduelis@carduelisbiobr

bullet Silvana Souza
médica veterinária
crmv-sp 9617
animalcamp
rua d pedro i n? 663; guanabara - campinas/sp
fone: (19) 32425370 ou 97965242
www.animalcampcjbnet
homeovete@yahoo.com.br

bullet Maira Rezende Formenton
tel 011 3862 6398
www.fisioanimal.com

bullet Leila de Mello

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletEstilo cachorro

bulletVoa voa passarinho

bulletComo um cão

bulletNós, Os Gatos

bulletCachorrada

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletA morte anda a cavalo (da uomo a uomo / death rides a horse)

bulletA verdadeira história do gato de botas (la véritable histoire du chat botté / the true story of puss n boots)

bulletDogão - amigo pra cachorro (doogal)

bulletUm homem, um cavalo, uma pistola (un uomo, un cavallo, una pistola / a man, a horse, a gun)

bulletConfusão pra cachorro (dog gone)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletAtlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bulletO homem que amava os cachorros

bulletUrologia e nefrologia do cão e do gato

bulletEu não sou cachorro, não

bulletA perigosa vida dos passarinhos pequenos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos