Home Page > Raças & Espécies > Cães > Griffon de aponte de pêlo duro korthals

Griffon de aponte de pêlo duro korthals

griffondeapontedepelodurokorthals

País de origem: França
Nome no país de origem: Griffon d’arrê;te à poil dur Korthals
Utilização: Essencialmente um versátil cão de caça.
Utilizado igualmente para farejar o sangue de grandes
caças abatidas.
Sujeito à prova de trabalho para campeonato internacional.
RESUMO HISTÓRICO: já mencionado por Xénophon, utilizado como “cão
oysel”(cão utilizado na caça de aves), difundido por toda a Europa sob diferentes
nomes. A raça foi renovada e melhorada por E. K. Korthals, através da consangüinidade,
seleção e treinamento durante a Segunda metade do século XIX. Desde então, os
diferentes clubes nacionais tê;m sido fi éis aos seus preceptores.
APARÊNCIA GERAL: cão vigoroso, rústico, de tamanho médio. Mais longo do que
alto. O crânio não é muito largo. O focinho é longo e quadrado. Os olhos amarelos
escuros ou marrons são sobrepostos mas não cobertos pelas sobrancelhas; o bigode
e a barba bem desenvolvidos, lhe conferem uma expressão característica que denotam
fi rmeza e segurança.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: gentil e orgulhoso, excelente caçador,
muito apegado ao seu dono e ao seu território que ele guarda com vigilância. Muito
gentil com as crianças.
CABEÇA: grande e longa, coberta com pê;los duros, espessos, mas não muito longos.
Bigode, barba e sobrancelhas bem desenvolvidos.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: não muito largo. As linhas do crânio e do focinho são paralelas.
Stop: não muito pronunciado.
REGIÃO FACIAL
Tr ufa: sempre marrom.
Focinho: longo e quadrado, do mesmo comprimento do que o crânio, cana nasal
ligeiramente convexa.
Olhos: de cor amarelo escuro ou marrons, grandes, arredondados, sobrepujados mas
não cobertos pelas sobrancelhas; de expressão muito inteligente.
Orelhas: de tamanho médio, não dobradas, planas, inseridas na linha dos olhos. O
4
pê;lo curto que as cobrem, está mais ou menos mesclado com pê;los mais longos.
PESCOÇO: medianamente longo, sem barbela.
TRONCO: de comprimento nitidamente superior a altura da cernelha ( de 1/20 a
1/10.).
Dorso: forte.
Lombo: bem desenvolvido.
Peito: profundo, não muito largo, costelas ligeiramente arqueadas.
CAUDA: portada horizontalmente ou com a ponta ligeiramente levantada, coberta de
pelagem densa, mas sem penacho; ela deve ser geralmente cortada em um terço ou
um quarto. Se não for cortada, deve ser portada horizontalmente com a extremidade
ligeiramente levantada.
MEMBROS
Anter iores: retos, vigorosos com pelagem densa; em ação, bem paralelos.
Ombros: bem inseridos, de preferê;ncia longos e muito oblíquos.
Posteriores: com pelagem densa.
Coxas: longas e bem musculosas.
J arretes: bem angulados.
PATAS: redondas, fortes com dedos bem juntos e arqueadas.
MOVIMENTAÇÃO: o passo para a caça é o galope, interrompido por períodos de
trotes. O trote é alongado. Seu movimento é de um “felino”.
PELAGEM
Pê;lo: duro e grosso, lembrando ao toque, o pê;lo de um javali. Jamais ondulado ou
lanoso. Sob o pê;lo duro de cobertura encontrase
um pê;lo fi no e denso.
COR: de preferê;ncia cinza aço com mancha marrom ou uniformemente marrom;
freqüentemente marrom salpicado de pê;los brancos ou ruão. São igualmente admitidas
as pelagens branca e marrom e branca e laranja.
TAMANHO
Aproximadamente: machos: 55 a 60 cm
fê;meas: 50 a 55 cm
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta
e penalizado na exata proporção de sua gravidade.
NOTAS:
· os machos devem apresentar os dois testículos, de aparê;ncia normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.
· todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualifi cado.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletEguinha pocotó

bulletTrocando em miúdos

bulletMajestade, o sabiá

bulletBoi da estrela

bulletCavalos Do Cão



Dicas Veterinárias:

bulletGatinha só come na mão

bulletCâncer de bexiga (rabdomiossarcoma) em cães

bulletAnestesiologia veterinária em pequenos animais

bulletEndocrinologia veterinária

bulletA parvovirose canina em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Gabriela Rodrigues Zootecnista, trabalho com nutrição animal e consultoria. (013)99192 3249 @gabriela.zootecnista Facebook: Gabriela Rodrigues Zootecnista>

bullet Magda Izidio de Souza, Médica Veterinária>

bullet Bianca Pissardo, http://criancas4patas.blogspot.com>

bullet Rafael Wisneski http://blog.meucaocompanheiro.com/>

bullet Arlette Farias FISH GARDEN (19) 32365073 Campinas SP>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletErrado pra cachorro (who s minding the store?)

bulletLoup - uma amizade para sempre

bulletAs crônicas de nárnia - o leão, a feiticeira e o guarda-roupa

bulletOs pássaros 2 - o ataque final (the birds ii: land s end)

bulletA morte anda a cavalo (da uomo a uomo / death rides a horse)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletMemorias de um gato

bulletO cachorro e o lobo

bulletFalando de passaros e gatos

bulletCães de guerra

bulletPequenos passaros

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos