Home Page > Raças & Espécies > Cães > Cao d´agua frisado

Cao d´agua frisado

caodaguafrisado

País de origem: Holanda
Nome no país de origem: Wetterhoun
Utilização: Usado como cão de caça às lontras.
Sem prova de trabalho
APARÊNCIA GERAL: cão bem balanceado, tradicionalmente usado para a caça da
lontra. Um animal vigoroso, sem ser pesado ou desajeitado. Quadrado e robusto na
sua constituição física, com pele bastante aderida ao corpo, livre de rugas ou barbelas.
Lábios não pendentes.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: quieto com caráter determinado,
reservado com estranhos; um cão de guarda ideal.
CABEÇA: seca, de tamanho em equilíbrio com o corpo, forte, poderosa.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: levemente arredondado, dando a impressão de ser mais largo que longo,
delicadamente inclinado em direção às bochechas. Crânio e focinho com o mesmo
comprimento.
Stop: o crânio se encaixa gentilmente nas antefaces do cão. Apenas levemente
marcado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: bem desenvolvida, não fendida. Preta para cães com cor básica preta, e marrom
para cães com cor básica marrom. Narinas bem abertas e desenvolvidas.
Focinho: poderoso, afi lando levemente em direção à trufa, não pontudo, mas truncado.
Cana nasal larga e reta, nem côncava nem convexa quando vista de perfi l.
Lábios: fi rmemente ajustados aos maxilares e não pendentes.
Maxilares / Dentes: dentes poderosos com mordedura em tesoura.
Bochechas: musculatura moderadamente desenvolvida.
Olhos: de tamanho médio, ovais, com pálpebras aderentes, sem mostrar a conjuntiva;
Posicionados discretamente inclinados, causando uma expressão severa; não são nem
proeminentes, nem de inserção profunda. Coloração marrom escura para cães com
cor básica preta, e marrom para cães com cor básica marrom. Olhos de rapina são
4
indesejáveis.
Orelhas: de inserção baixa. As cartilagens são tão pouco desenvolvidas que as
orelhas pendem achatadas ao longo da cabeça, sem qualquer dobra. É indesejável que
cartilagens muito desenvolvidas próximas ao crânio alterem o formato da orelha, não
permitindo que elas fi quem pendentes, rentes à cabeça. As orelhas são moderadamente
longas e tê;m a forma de uma “colher de pedreiro”. A pelagem das orelhas é uma
característica típica da raça: é encaracolada, mais longa na base e diminuindo o
comprimento em direção à ponta que tem 1/3 de seu tamanho onde são cobertas por
pelagem curta.
PESCOÇO: curto, forte, redondo, se inserindo na linha superior em um ângulo bem
aberto, de modo que o cão porte a cabeça pouco acima da linha de dorso. O pescoço
é ligeiramente arqueado. Sem rugas ou barbelas.
TRONCO: muito poderoso.
Dorso: curto e reto.
Lombo: forte.
Garupa: apenas levemente inclinada.
Peito: largo, mostrando mais largura que profundidade, tanto que as patas dianteiras
são bastante separadas, redondas, não atingindo nível inferior ao cotovelo. Costelas
bem arredondadas e bem desenvolvidas em direção ao posterior.
Linha inferior e Ventre: apenas moderadamente esgalgada.
CAUDA: longa, portada em anel sobre a garupa ou de lado.
MEMBROS
ANTERIORES:
Ombros: escápula bem apoiada na caixa torácica; oblíquos e bem angulados.
Antebr aços: poderosos e retos.
Metacarpos: retos e não inclinados.
Patas: redondas, dedos bem desenvolvidos e arqueados. Almofadas plantares grossas.
POSTERIORES: poderosos e moderadamente angulados.
Per nas: não muito longas.
J arretes: bem descidos.
Metatarsos: curtos.
Patas: redondas com almofadas plantares bem desenvolvidas.
PELAGEM
Pê;lo: com exceção da cabeça e das pernas, o corpo é coberto de cachos apertados,
compostos de tufos fi rmes de pê;los fortes. Um encaracolado esparso ou composto de
tufos de pê;los fi nos dá ao cão uma aparê;ncia lanosa, que deve ser considerada como
falta grave. A pelagem é bastante grossa na textura e gordurosa ao toque.
COR: preto ou marrom sólidos, ou preto com marcações brancas, ou marrom com
marcações brancas. Manchas ou ruão no branco são permitidos.
TAMANHO
ideal para machos: 59 cm.
fê;meas: 55 cm.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletO galo é o dono dos ovos sérgio godinho

bulletRomaria

bulletGato pensa? Adriana Calcanhotto

bulletA vaca já foi pro brejo tião carreiro e pardinho

bulletCavalos De Muda



Dicas Veterinárias:

bulletHigienização

bulletConfira o que fazer para socorrer uma vítima de ataque de abelhas

bulletEfeitos colaterais dos medicamentos de ansiedade em cães

bulletPassear sem puxar a guia

bulletA declaração universal dos direitos dos animais



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Revista Pequenos Cães Grandes Amigos Edição 29 Abril/Maio2010.>

bullet Darby de Lima
darbykpl@hotmailcom>

bullet Elaine da Silva Soares Website.: www.facebook.com/elaine.soares.14 Graduada pela Faculdade Multivix, Castelo/ES. Atua como plantonista nas áreas de clínica e cirurgia de pequenos animais. CRMV: 01970 VP / ES Contato: (28) 99902 8139 / (28) 99251 >

bullet Dan Wroblewski www.bordercollie.com.br dw@parquecanino.com.br>

bullet Dr. Carlos Artur Lopes Leite é médico veterinário graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em Micologia Médica pela Carl von Ossietzky Universität (Alemanha). É também mestre em Medicina e Cirurgia Veterinárias pela UF>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletTubarao i

bulletCães de aluguel

bulletO filho do ace ventura

bulletThe batman (1943)

bulletMulher-gato (catwoman)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

bulletFalando de passaros e gatos

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bulletUm gato indiscreto e outros contos

bulletA volta do gato preto

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos