Home Page > Raças & Espécies > Cães > Affenpinscher

Affenpinscher

affenpinscher

RESUMO HISTÓRICO: originalmente usado como cão de companhia na região
do Sul da Alemanha. Seus ancestrais foram descritos por Albrecht Dürer (1471-
1528) em suas xilogravuras (gravuras em madeira). A primeira aparição de um
Affenpinscher em uma exposição foi no ano de 1879. Estes cães toys foram muito
populares neste século. Eles são descendentes do Pinscher Alemão de Pelo Duro. O
colar de pelos ásperos ao redor da cabeça enfatiza a expressão de macaco. As cores
variam do amarelado, avermelhado ou do grisalho ao cinza escuro, preto acinzentado
e preto puro.
APARÊNCIA GERAL: o Affenpinscher é um cão de pelo duro, pequeno e
compacto, com uma expressão de macaco.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: a relação de comprimento para altura deve
fazer com que sua estrutura pareça a mais quadrada possível.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: sem medo, alerta, persistente e
fiel, às vezes “impaciente”. Ele é um agradável cão de família em todos os aspectos.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: mais redondo do que alongado, no conjunto, não muito pesado; abobadado
em altura, com a testa pronunciada.
Stop: claramente definido.
REGIÃO FACIAL
Trufa: redonda, cheia e preta. Narinas bem abertas.
Focinho: curto e reto; não curvado para cima. Cana nasal reta.
Lábios: bem aderentes aos maxilares e pretos.
4
Maxilares / Dentes: dentição completa (42 dentes) de puros dentes brancos. A
mandíbula ultrapassa o maxilar superior e é ligeiramente curvada para cima. Numa
boca saudável, os incisivos são inseridos tão regularmente quanto possível numa fila
ligeiramente arredondada. Os caninos e os incisivos não devem ser visíveis quando
a boca está fechada, nem deve tampouco, nesta situação, mostrar sua língua. A falta
de dois PM1, PM2 ou PM3 ou uma combinação de dois destes dentes é tolerada.
Olhos: escuros, mais para redondos e cheios. Pigmentados de preto, pálpebras bem
aderentes, emoldurados por um círculo de pelos ásperos.
Orelhas: inseridas altas, portadas planas, viradas para a frente em forma de “V”; as
bordas internas caem rentes à cabeça. Orelhas eretas devem ser pequenas, igualmente
erguidas e portadas o mais vertical possível.
PESCOÇO: reto, forte, bastante curto e de inserção forte. A pele da garganta deve
ser aderente e sem rugas.
TRONCO: forte, quadrado e compacto.
Linha superior: ligeiramente inclinada em uma linha quase reta da cernelha até a
parte posterior.
Cernelha: formando o ponto mais alto da linha superior.
Dorso: curto, forte e firme.
Lombo: curto e forte. A distância da última costela até a garupa é curta para fazer o
cão parecer compacto.
Garupa: curta, ligeiramente arredondada, imperceptivelmente fundindo-se na inserção
da cauda.
Peito: ligeiramente achatado dos lados, moderadamente largo, alcançando além do
nível dos cotovelos.
Linha inferior e ventre: ventre moderadamente esgalgado. As linha inferior e superior
(da cernelha até a raiz da cauda) são mais ou menos paralelas.
CAUDA: natural; busca-se que seja portada em forma de sabre ou foice.
5
MEMBROS
ANTERIORES: pernas dianteiras fortes, retas, paralelas e não próximas uma da
outra.
Ombros: bem musculosos. A escápula é longa, inclinada (em um ângulo de
aproximadamente 45º) e plana.
Braços: bem próximos ao tronco, fortes e musculosos.
Cotovelos: corretamente ajustados, não virando nem para fora, nem para dentro.
Antebraços: fortemente desenvolvidos. Retos quando vistos de qualquer lado.
Articulação do carpo: firme e forte.
Metacarpos: verticais, vistos de frente; ligeiramente inclinados em direção ao solo,
quando vistos de perfil. Fortemente desenvolvidos e musculosos.
Patas: curtas e redondas. Dedos compactos e arqueados (pés de gato), almofadas
resistentes; unhas curtas, fortes e pretas.
POSTERIORES: vistos de perfil, colocados obliquamente com angulações
moderadas. Vistos por trás, paralelos.
Coxas: fortemente musculosas e largas.
Joelhos: não virando nem para dentro, nem para fora.
Pernas: longas e fortes.
Jarretes: moderadamente angulados.
Metatarsos: verticais ao solo.
Patas posteriores: um pouco mais longas que as anteriores. Dedos compactos e
arqueados. Unhas curtas e pretas.
MOVIMENTAÇÃO: relaxada, fluente, afetada com propulsão moderada dos
posteriores. Vistos de frente ou por trás, os posteriores são retos e paralelos.
6
PELE: bem aderente sobre todo o corpo.
PELAGEM
Pelo: a pelagem sobre o corpo deve ser áspera e densa. A cabeça é tipicamente
adornada por sobrancelhas espessas, cerdosas e por pelos em forma de coroa ao
redor dos olhos; por uma barba expressiva, pelo topete e por pelos nas bochechas.
A pelagem da cabeça deve ser a mais dura, espalhada e mais reta possível. Isto
contribui essencialmente para a expressão de macaco.
COR: preto puro com subpelo preto.
TAMANHO / PESO
altura na cernelha: machos e fê;meas: 25 a 30cm.
Peso: machos e fê;meas: aproximadamente de 4 a 6 kg.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
• desajeitado, leve, pernas curtas ou pernalta.
• olhos claros.
• orelhas inseridas baixas, muito longas ou portadas desigualmente.
• orelhas voadoras.
• dorso muito longo, esgalgado ou selado.
• dorso carpeado.
• garupa caída.
• cauda inclinada em direção à cabeça.
• posteriores muito angulados ou com jarretes abertos.
• patas longas.
• pelagem curta, macia, ondulada, felpuda, sedosa, branca ou manchada.
• tamanho acima ou abaixo em mais de 1cm.
FALTAS GRAVES
• falta de tipicidade sexual (ex.: fê;meas masculinizadas).
• ossos muito finos.
• focinho de Griffon, arrebitado ou focinho longo.
7
• prognatismo inferior muito marcado ou mordedura em torquê;s.
• olhos protuberantes.
• cotovelos virando para fora.
• jarretes virando para dentro.
• altura acima ou abaixo em mais de 1cm ou menos de 2cm.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletVagalumes (pollo)

bulletGato fujão cantora sol

bulletNegro gato - roberto carlos

bulletJoao de Barro

bulletLadeira do boi genival lacerda eu vi maria na ladeira do boi eu perguntei maria pra onde foi maria trazia um pote quando me avistou deu um tombo de um jeito que o pote quebrou ai maria quanto tempo eu não te vejo cadê meu abraço maria cadê meu beijo m



Dicas Veterinárias:

bulletCães que latem demais

bulletMitos e verdades

bullethemiplegia laríngea

bulletVómitos de sangue em cães

bulletLaminite/aguamento



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Cláudia Pizzolatto Lord C?oTreinamento de Cães BitC?oBrinquedos Inteligentes para o Treinamento do seu C?o www.lordcao.com www.bitcao.com.br>

bullet Dan Wroblewski www.bordercollie.com.br dw@parquecanino.com.br>

bullet Marina Rodrigues http://adestradoradecaes.blogspot.com.br/>

bullet Gabriel Guerreiro Qual quer deuacute;vida ou sugesteatilde;o enbsp;estarei respondendo no email Gabriel_g_f@hotmail.com no twitter @AdestramentoDOG >

bullet Vet Vale Av. Itambé, 86 Santa Luzia Taubaté/SP CEP: 12091200 >



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO cavalo de ferro (the iron horse)

bulletPeixe grande e suas histórias maravilhosas (big fish)

bulletErrado pra cachorro (who s minding the store?)

bulletA morte anda a cavalo (da uomo a uomo / death rides a horse)

bulletIrei como um cavalo louco (j irai comme un cheval fou)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCachorro tem cada uma

bulletPassaros sao eternos, os

bulletGato viriato

bulletCães de guerra

bulletPequenos passaros

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos