Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Raças & Espécies > Cães > Afghan hound

Compartilhe em suas redes sociais:

Afghan hound

afghanhound

RESUMO HISTÓRICO: os primeiros Afghans chegaram na Inglaterra no início
dos anos 1900, e um deles chamado “Zardin”, venceu de forma espetacular na
exposição de 1907, realizada no “Crystal Palace” em Londres. A raça é também
conhecida como “Tazi”, apoiada na sua semelhança com uma raça russa com este
nome. Um dos “sighthounds” (lebréis) típicos do mundo, o Afghan – quem, como
seu nome implica, é originário das montanhas do Afeganistão – é um caçador, e
perseguirá a presa se lhe for dada oportunidade. Hoje em dia, também um glamoroso
cão de exposição que deve combinar força e dignidade com um pelo longo e sedoso,
bem como com uma expressão oriental.
APARÊNCIA GERAL: dá uma impressão de força e dignidade, combinando
velocidade e poder. A cabeça é portada orgulhosamente.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: a expressão oriental é típica da
raça. O Afghan olha através das pessoas. Digno e indiferente, com uma certa e
penetrante ferocidade.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: longo, não muito estreito, com occipital proeminente. Bem balanceado e
coberto por um longo topete.
Stop: ligeiro.
REGIÃO FACIAL
Trufa: de preferê;ncia preta; sendo a cor fígado permitida em cães de pelagem clara.
Focinho: longo, com maxilares fortes.
Maxilares / Dentes: maxilares fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura
em tesoura, isto é, os dentes superiores recobrem os dentes inferiores e são inseridos
ortogonalmente aos maxilares. Mordedura em torquê;s (mordedura em pinça, ponta
com ponta) é tolerada.
Olhos: escuros, de preferê;ncia, mas a cor dourada não deve ser penalizada. Aparê;ncia
quase triangular, ligeiramente inclinados para cima do canto interno para o canto
externo.
Orelhas: inseridas baixas e bem para trás, portadas próximas à cabeça. Cobertas
por longos pelos sedosos.
5
PESCOÇO: longo, forte e com um orgulhoso porte da cabeça.
TRONCO
Dorso: nivelado, de comprimento moderado, bem musculoso.
Lombo: reto, largo e bastante curto.
Garupa: caindo ligeiramente para a cauda.Ossos do ilíaco proeminentes e
afastados.
Peito: de boa profundidade, com costelas bem arqueadas.
CAUDA: não muito curta. De inserção baixa com um anel no final. Elevada, quando
o cão está em ação. Com pelos escassos.
MEMBROS
ANTERIORES
Ombros: longos e inclinados, bem colocados para trás, bem musculosos e fortes,
sem serem carregados.
Braços: longos e inclinados.
Cotovelos: vistos de perfil, verticalmente abaixo da cernelha. Próximos à caixa
torácica. Não virando nem para dentro, nem para fora.
Metacarpos: longos e elásticos.
Patas: fortes e muito grandes tanto em comprimento quanto na largura e cobertas
por pelos longos e espessos; dedos arqueados. Almofadas plantares bem apoiadas
no solo.
POSTERIORES
Aparê;ncia geral: poderosos. Bem compridos entre os ossos das ancas e os jarretes,
com uma distância comparativamente curta entre os jarretes e as patas.
Joelhos: bem inclinados e bem angulados.
Patas: longas, mas não tão largas quanto as anteriores; cobertas por pelos longos e
espessos; dedos arqueados. Almofadas plantares bem apoiadas no solo.
6
MOVIMENTAÇÃO: suave e elástica, com estilo de alta classe.
PELAGEM
Pelo: longo e de textura muito fina na região das costelas, nos membros anteriores e
posteriores e flancos. Nos cães maduros, o pelo é curto e fechado a partir do ombro
e ao longo de toda a sela. Pelo longo na cabeça, da testa para trás, com um distinto e
sedoso topete. No focinho, o pelo é curto. Orelhas e pernas com boa pelagem. Os
metacarpos podem ser descobertos. A pelagem deve se desenvolver naturalmente.
Qualquer evidê;ncia de tosa ou corte com tesoura deve ser penalizada.
COR: todas as cores são aceitas.
TAMANHO
Altura ideal para os machos: 68 a 74 cm.
para as fê;meas: 63 a 69 cm.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletPorque o cão destrói objetos em casa?

bulletEscovar dente de cães e gatos é frescura ?

bulletCoccidiose em aves

bulletLeishmaniose visceral

bulletAs diferenças de cuidados entre c es e gatos


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Bianca Pissardo, http://criancas4patas.blogspot.com

bullet Heloísa Helena Amaro

bullet Gabriela Rodrigues Zootecnista, trabalho com nutrição animal e consultoria. (013)99192 3249 @gabriela.zootecnista Facebook: Gabriela Rodrigues Zootecnista

bullet drajulianabortoletto@hotmail.com http://www.desviralata.com/plantastoxicas/

bullet Sérgio Alves, médico veterinário e gerente de vendas para pets da Alltech

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletPeixe Vivo Temas Diversos

bulletRitmo quente

bulletBanzo

bulletRiacho do navio

bulletDiamond dogs

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletV

bulletAs crônicas de nárnia - o leão, a feiticeira e o guarda-roupa

bulletCama de gato (cama de gato / cat s cradle)

bulletA vingança do homem chamado cavalo (the return of a man called horse)

bulletBatman e robin (1949)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletEu não sou cachorro, não

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

bulletFalando de passaros e gatos

bulletO selo da agonia - livro dos cavalos

bulletCachorro tem cada uma

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos