Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Mudanças climáticas propiciam expansão de doenças como dengue, diz wwf

Compartilhe em suas redes sociais:

Mudanças climáticas propiciam expansão de doenças como dengue, diz wwf


James Gathany/Centers for Disease Control and Prevention via AP


  • O


    O aumento da temperatura propicia a disseminação de mosquitos como o Aedes aegypti


O aumento da temperatura e a incidência de secas, resultantes do processo de mudança climática, propiciam a expansão de doenças transmitidas por mosquitos como dengue, leishmanioses, malária e febre amarela.


Para marcar o Dia Internacional da Biodiversidade, a WWF-Brasil lançou nesta terça-feira (22) uma publicação que reúne diversos estudos que apontam impactos negativos das condições climáticas no país.


"Com o aumento da temperatura, o ambiente torna-se mais propício para a disseminação desses mosquitos. Isso aumenta a possibilidade da sua área de ocorrência se expandir para outras regiões", disse André Nahur, coordenador de Mudanças Climáticas do WWF-Brasil.


O desmatamento também contribui para a expansão dos mosquitos, já que há perda e fragmentação de seu habitat. "Geralmente as áreas naturais são refúgio desses vetores. O ambiente natural dos mosquitos não é a cidade, geralmente são as florestas, em que eles se autorregulam".


Segundo ele, situações como o desmatamento, degradação de áreas e expansão desordenada em áreas de vegetação podem aumentar a distribuição geográfica dos mosquitos, inclusive para áreas de cidades.


O mosquito que buscava alimentação dele na floresta, entre os animais, passam a transmitir doenças para as pessoas."


Aedes aegypti


Um dos estudos presentes na publicação lançada hoje estima uma provável expansão do mosquito Aedes aegypti - transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika - para o Sul do país até 2050. Há ainda evidências da existência de uma relação entre as condições climáticas e o aumento da incidência de leishmaniose, assim como da influência da mudança do clima nos vetores da doença, que é causada por mosquito do tipo flebotomíneos.


Na Amazônia, a combinação de altas temperaturas, seca e desmatamento pode aumentar a transmissão da malária por meio de vetores secundários do mosquito do complexo Albitarsis em toda a América do Sul. Além disso, dois vetores de malária no norte da América do Sul, Anopheles darlingi e Anopheles nuneztovari, podem expandir suas áreas de sobrevivência para além dos locais onde houve destruição de seu habitat.


Áreas de proteção


A manutenção e fiscalização das áreas de proteção ambiental, sob responsabilidade do governo federal e de governos estaduais, é fundamental para garantia da biodiversidade e qualidade de vida da sociedade, defende a entidade. "Hoje as áreas protegidas, tanto na Amazônia como no Cerrado e na Mata Atlântica, são os grandes refúgios de biodiversidade e são fundamentais para manutenção dos serviços ecossistêmicos necessários para a gente prover os direitos humanos básicos, que seriam água e alimento. Essas áreas são fundamentais para garantir, por exemplo, que a água continue sendo trazida para as cidades no Brasil todo", disse Nahur.


No entanto, o coordenador acredita que há ameaças a essas áreas de proteção. "Constantemente nós temos sofrido ataques a essas áreas protegidas. Primeiro pela questão de tentativas de redução dessas áreas ou até extinção dessas áreas por causa de interesses econômicos. Além da questão de que a maioria das áreas protegidas no Brasil precisa de uma gestão mais efetiva para garantir a sua real conservação", disse.



Fonte da Notícia: https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2018/05/22/mudancas-climaticas-propiciam-expansao-de-doencas-como-dengue-diz-wwf.htm



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletO que fazer quando o animal morre?

bulletParasite medicina (ivermectina) envenenamento em cães

bulletEntenda porque você deve tirar o guizo da coleira do seu gato

bulletComo lidar com cães no cio

bulletO tumor venéreo transmissível em cães


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Claudia Leschonski Veterinária de Cavalos Blog http://leschonski.blog.terra.com.br/

bullet Israel M. BleichDiretor Técnico do Laboratório CEPAV Tecnologia em Saúde AnimalR. Tanabí, 185 São Paulo SP BRASILCEP05002010 Fone/Fax (011) 38729553email: info@cepav.com.br

bullet UPAC Fortaleza https://upacfortaleza.wordpress.com/

bullet RENAL VET SÃO PAULO: Endereço: Rua Heitor Penteado, 99 Sumaré, São Paulo/SP. Telefones: (11) 38752666 e (11) 38725138. Telefone para emergências: (11) 98985622. Site: www.renalvet.com.br Email: renalvet@br.inter.net RENAL VET RIO DE JA

bullet Arlette Farias FISH GARDEN (19) 32365073 Campinas SP

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletBoi da estrela

bulletcerol na mão

bulletSimples carinho

bulletMorro Velho

bulletQuem Saberia Perder

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletMadagascar ii

bulletBatman (1966)

bulletA verdadeira história do gato de botas (la véritable histoire du chat botté / the true story of puss n boots)

bulletBud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver

bulletCacados


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletAmazonas aguas, passaros, seres e milagres

bulletPássaros amarelos

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bullet4 vidas de um cachorro

bulletNosso planeta verde - 100 ótimas propostas para trabalhar na educação infantil

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos