Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Modalidades do rodeio | team roping

Compartilhe em suas redes sociais:

Modalidades do rodeio | team roping


team-roping-desenho



Team Roping – O que é, qual sua tradução e origem, suas regras e seu real significado. Conheça uma das modalidades de laço mais emocionantes do rodeio. No Calendário Nacional de Rodeios você entende.
 

O que é O Team Roping | Laço em Dupla


Não é conclusivo, mas acredita-se que seu surgimento ocorreu em terras de gado americano, não sendo popularmente aplicado como esporte, e seu objetivo maior era em auxiliar a lida e o cotidiano dos peões e vaqueiros para capturar o gado mais revolto. Em tradução livre para o português ficaria algo como equipe de laço e ou laço em dupla.

A prova do laço em dupla ou team roping é em dupla de cavaleiros e seus referentes cavalos que imobilizam um novilho com uma laçada na cabeça do animal e a outra nas patas traseiras, no mais baixo tempo possível. A prova ocorre em arena com solo de areia e bretes. O laçador que preenche o lado esquerdo do brete é chamado cabeceiro, uma vez que é ele que deve laçar a cabeça do novilho, e o competidor do lado direito tem que laçar as patas traseiras, portanto é o pezeiro. O cabeceiro, após estabelecer-se pede licença ao pezeiro e dá o comando para que soltem o novilho.
 

equipe-team-roping-laço-dupla



Existe um tempo limite de 1 minuto para o competidor ingressar no brete e solicitar o boi, após ter sido chamado por meio do locutor e a pista liberada, ao sair do brete, o animal de forma automática desarma a barreira que é designada por uma corda ou que ativa uma fotocélula. Os laçadores só devem partir após esse ponto, quando é acionado o cronômetro. Ocorrendo de um competidor estar inscrito em diferentes categorias ou ser treinador de gado inscritos em diferentes categorias ou esteiro, na etapa, ele terá direito de alterar sua ordem de entrada na pista, desde que informe à mesa logo após o sorteio e antes do início da prova.

Dentro do prazo de 1 minuto, o competidor tem direito de lançar três cordas, não sendo permitido refazer a laçada, ou seja, deverá ter que levar a segunda corda em sua companhia. A terceira laçada poderá ser do cabeceiro ou pezeiro, sendo duas do cabeceiro e uma do pezeiro ou uma do cabeceiro e duas do pezeiro.
 

Para que serve o brete nas provas de Team Roping?


brete é um corredor onde o novilho fica retido até que receba o sinal ou incentivo para então partir em disparada para dar inicio a competição. Ele deve ter largura de 60 a 80 centímetros, a menos que uma outra medida seja aprovada através do juiz oficial do evento e ou Comitê de Rodeios da Federação Nacional de Rodeio Completo.
 

brete-team-roping


Modalidade de Rodeio | Três Tambores – Veja a medida da Arena
 

Função da Barreira de partida da prova e regra para o "Boi que nega"


barreira é onde se dá partida dos dois participantes em direção ao novilho. Ela deverá ter um mínimo de 60% e um máximo de 75% do comprimento total do boxe de partida do cabeceiro de acordo com o comprimento da pista e a barreira do pezeiro deve ter 60% do tamanho do cabeceiro. Poderá ter modificação mediante autorização do juiz oficial do evento e pelo Comitê de Rodeio Cronometrado da Federação Nacional de Rodeio Completo. Em ocorrência de falha de barreira, se o arbitro achar que os competidores foram prejudicados, este tem o direito de uma nova corrida no mesmo novilho desde que se declare rapidamente. Se apesar do erro da barreira a bandeira operar da maneira correta, o competidor receberá o tempo. A penalidade da barreira só se aplicará caso no julgamento do juiz o competidor efetivamente tenha quebrado a barreira.


— Boi que nega, já ouviu essa expressão? Entenda o que é.

Quando um novilho breca ou empaca ao sair do brete a pedido dos competidores, estes terão direito a outro boi desde que o cabeceiro ou o pezeiro não tenham estourado a barreira antes de uma distância de cem porcento da largura da barreira e ou tenha iniciado a laçada.
 

laço-dupla-feminino-team-roping

 

Quando as laçadas são válidas e quais as penalidades do esporte?


O arbitro de pista precisará baixar a bandeira quando o novilho for laçado pela cabeça e pés, e quando os dois os cavaleiros estiverem de frente para o novilho em perspectiva, com o laço esticado e enrolado no pito da sela. O novilho precisa estar de pé para ser laçado. Veja abaixo a validação dos demais tipos de laçadas.



— Como é validada a laçada de pé e a laçada de cabeça no Team Roping?

Laçada de Pé – Antes que a laçada do pezeiro seja dada, o novilho deve estar em movimento, ter tido seu percurso alterado por meio do cabeceiro, o qual deve estar em controle do novilho e o laço do cabeceiro deve estar enrolado, completando uma volta no pito da sela. A laçada de pé tão somente é será válida quando o arbitro de pista abaixar a bandeira e a corda estiver em um ou dois pés do boi e atrás da paleta. Mesmo com a bandeira do arbitro para baixo e a laçada finalizada, é resguardado ao arbitro o direito de desqualificar a laçada, caso este constate qualquer irregularidade.

Laçada de Cabeça – Existe somente três tipos de laçadas válidas de cabeça, são elas: Em torno de ambos os chifres; na metade da cabeça ("meia-face") e em torno do pescoço do animal.
 

historia-team-roping



— Penalidades da pratica de Team Roping.

O cabeceiro poderá laçar o boi através do pescoço, chifre, ou meia-face (pescoço e um dos chifres). Assim que o animal já laçado, é puxado e mudado de direção através do laçador de cabeça, é o momento do pezeiro começar. Somente nessa hora é que o pezeiro deve terminar o serviço que foi começado pelo cabeceiro. Se o realizar antes disso, a dupla será desclassificada. Esta falta é como carretão, penalidade que mais ocorre na pratica do Team Roping.

Modalidade de Rodeio | Team Penning – Conheça a modalidade

Em casos onde o boi é laçado somente por uma das patas traseiras do novilho, a equipe será penalizada em cinco segundos. As duplas de laçadores são analisadas através das médias de tempo adquiridas nas provas classificatórias e na final, estando a escolha dos organizadores determinar o número de bois que cada dupla deverá laçar em todas as provas. Normalmente, serão de três a cinco bois para duplas amadoras, e de seis a oito bois para equipes profissionais. Um laçador apenas poderá vencer se não errar nenhum novilho.

Por conta desta dificuldade, varias inscrições são feitas no decorrer da competição, para aumentar as possibilidades de sucesso. Existem também outras laçadas desclassificatórias; a serigola no chifre; a laçada no chifre ou cabeça em forma de oito; cruzar a laçada por si própria por duas vezes; se o laço estiver na boca do novilho laçada pela paleta.
 

Handicap e as categorias do Team Roping | Laço em Dupla

 

cabeceiro-pezeiro-team-roping



Existe diversos tipos de competidores; aqueles com handicap de três e quatro são da categoria B; participantes com handicap de cinco, seis e sete são da categoria A. O handicap de cada competidor é definido pela Federação Nacional de Rodeio Completo no momento de sua afiliação à organização e é valido para toda a temporada, podendo ser mudado na próxima temporada da competição.

Segundo o CNTR – Centro Nacional de Team Roping, em decisão junto aos seus membros, ficou definido o seguinte método de soma de handicap para seus competidores, veja abaixo:


• Ficou instituído que os novos handicaps serão, em ordem:

|1 Normal | 1 Elite | 2 Normal | 2 Elite | 3 Normal | 3 Elite | 4 Normal|

|4 Elite | 5 Normal | 5 Elite | 6 Normal | 6 Elite | 7 Normal | 7 Elite |


• Como ficam as provas agora?

Para facilitar o entendimento a regra é simples; Elite vale 0,5 de handicap a mais, e na somatória da dupla se arredonda 0,5 pra baixo.

• Exemplificando:

Em uma prova somatória 07:

Um pezeiro 3 elite quer laçar com um cabeceiro 4 elite, pode? Não, pois fazendo as contas 3,5 + 4,5 dá 8 e a prova só vai até 07.

O mesmo pezeiro 3 elite quer laçar com um cabeceiro 4, pode? Agora sim, pois fazendo as contas 3,5 + 4 dá 7,5 e como a gente arredonda 0,5 pra baixo vira 7 a soma então pode correr na prova que vai até 7.

E os reservados? Seguem o exemplo anterior num reservado pra somatória 6 por exemplo corre o 5+1 e o 5+1 elite. No caso o 5 elite+1 elite não corre pois dá somatória 7.
 

Equipamentos | Team Roping


Os Tipos de Corda

laço-dupla-team-ropingCorda – feita de fibras sintéticas, usada para amarrar o boi, existem dois tipos de cordas, uma para o cabeceiro (a pessoa que laça a cabeça) e outra para o pezeiro (a pessoa que laça as patas). A corda do encabeçamento é geralmente de 9 a 9,7 mts de comprimento e é muito mais macia (mais suave significa que a corda tem mais elasticidade e flexibilidade).

A corda do pezeiro tem normalmente de 10,5 a 11 mts de comprimento e é muito mais rígida (o que quer dizer que ela contém menos flexibilidade e é mais rígida para pegar os pés).

Protetor de Chifres

protetor-chifre-team-roping

Protetor de Chifres – envoltórios de proteção que circundam os chifres do boi para evitar queimaduras de corda e reduzir o risco de um chifre quebrar quando amarrado e laçado.





Luvas de Proteção
Luvas – Para evitar queimaduras de corda nas mãos dos cavaleiros.

Selas

sela-western-team-ropingSelas Western, conheça os tipos de selas para montaria em cavalos | As selas para Team Roping (laço em dupla) têm um design particularmente forte, com duplo cordame e outras características especializadas, incluindo um envoltório de borracha ao redor do pito da sela para impedir que o peão competidor escorregue, e geralmente uma armação de madeira coberta de couro ou fibra de vidro reforçada.



Tornozeleira e Caneleira

Parte do equipamento de proteção do cavalo para impedir torções e escoriações por impacto e atritos.
 

equipamentos-cavalo-team-roping



Fonte da Notícia: https://calendarioderodeios.blogspot.com/2018/10/modalidades-rodeio-team-roping.html#more



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletSeu cão merece um click

bulletQuantos dentes tem seu cavalo?

bulletComo eu posso interpretar os rótulos de rações

bulletPit viper mordida intoxicação em cães

bulletComo manter um aquário sempre limpo


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet silvia c parisi médica veterinária crmvsp 5532

bullet UPAC Fortaleza https://upacfortaleza.wordpress.com/

bullet por Priscila Pinheiro - Pet Sitter

 

Bicho Feliz Pet Sitter

Site: https://sites.google.com/site/bichofelizpetsittercotiasp/

Whatsapp e celular: (11) 98586-9212

Twitter: @bichofelizps



bullet Fabiano Gregolin. Administrador de Negócios Mestrando em Comunicação (15) 97776812 fabianogregolin@uol.com.br

bullet Susana Reinhardt Cintra Superintendente do Serviço de Registro Genealógico da Raça Bretão, Zootecnista. ABCCBretão (19) 38077974/ 97154545 (Susana). Email: cavalobretao@uol.com.br. André Galvão Cintra Presidente da ABBCBretão e Criador

Ver todas as Dicas dos Colunistas


Letras de Música com temas Animais:


bulletCaipira

bulletGatinha assanhada

bulletMajestade, o sabiá

bulletCovil de cobras jair naves

bulletHomem Aranha

Ver todas as Letras de Músicas


Cinema, Filmes e Seriados:


bulletGato e rato (yu mao san xi jin mao shu)

bulletAnimais unidos - jamais serão vencidos

bulletMeu irmão virou um cachorro (mein bruder ist ein hund / my brother is a dog)

bulletBud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver

bulletBatman e robin (1997)


Ver todos os filmes e seriados


Livros Animais

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletA revolução dos bichos

bulletUm gato aprende a morrer

bulletFalando de passaros e gatos

bulletMais que um leao por dia

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100


Beija flor
R$ 1


Garça branca grande
R$ 5


Arara vermelha
R$ 10


Mico leão-dourado
R$ 20


Onça pintada
R$ 50


Tartaruga-de-pente
R$ 2


Lobo guará
R$ 200


Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos