Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Surto de chikungunya não possibilitou imunidade de rebanho, mostra pesquisa

Compartilhe em suas redes sociais:

Surto de chikungunya não possibilitou imunidade de rebanho, mostra pesquisa


 

iStock

Imagem: iStock

 

Fábio de Oliveira

Da Agência Einstein

11/07/2020 04h00

Um estudo do Instituto Gonçalo Muniz (Fiocruz Bahia) revela que o surto de chikungunya ocorrido na capital baiana entre junho e novembro de 2015 não propiciou a chamada imunidade de rebanho, ou seja, quando grande contingente de pessoas se torna imune a um agente infeccioso. De acordo com os resultados, apenas 11,8% da população desenvolveu anticorpos contra o vírus causador da doença.

Os pesquisadores analisaram 1.776 moradores de um bairro soteropolitano, Pau da Lima. A localidade é marcada por problemas estruturais como baixo acesso a saneamento. A deficiência obriga o armazenamento de água, condição que facilita a propagação do mosquito Aedes aegypti, o transmissor do microrganismo, ao permitir que o inseto deposite seus ovos na água parada.

Além da chikungunya, o Aedes aegypti também é o transmissor dos vírus causadores da zika, da dengue e da febre amarela. Chamadas de arboviroses, ou seja, enfermidades causadas por arborvírus (vírus transmitidos por insetos ou aracnídeos), elas têm sintomas parecidos: febredor musculardor de cabeça, nas articulações e manchas vermelhas na pele que coçam (exantema). Às vezes, é difícil diferenciá-las. Na chikungunya, especificamente, as dores articulares e o estado febril são mais característicos. Zika e dengue são mais assintomáticas.

Além do surto de chikungunya, Salvador sofreu também com a zika em 2105. No primeiro caso, cerca de 12% da população foi infectada. No segundo, a taxa ficou entre 63% e 73% dos soteropolitanos. A diferença pode ser explicada pela competição, dos vírus, por vetores e hospedeiros.

O trabalho da Fiocruz foi realizado entre novembro de 2016 e fevereiro de 2017. "Um ano e meio depois do surto de chikungunya, 88% das pessoas estavam suscetíveis à infecção", diz o infectologista e epidemiologista Guilherme Ribeiro, orientador da pesquisa, publicada no periódico científico Emerging Infectious Diseases. "Em áreas com melhor infraestrutura e abastecimento de água ocorreram menos casos."

O que é imunidade de rebanho

O termo foi traduzido literalmente da expressão em inglês herd immunity. Muitos especialistas preferem usar imunidade de grupo. Trata-se da denominação dada quando um grande contingente populacional desenvolve resposta imunológica a um vírus.

"É uma defesa biológica que dificulta a circulação do microrganismo na comunidade", explica Guilherme Ribeiro. "Até o indivíduo suscetível se protege por causa da imunidade de grupo", ressalta. Uma das formas de obtê-la é por meio da vacinação em massa —a cobertura vacinal do sarampo, por exemplo, deve ser igual a 95% ou maior para assegurar proteção de rebanho. Também pode ser conquistada quando vários indivíduos se tornam imunes depois de terem uma doença infecciosa.

A expressão imunidade de rebanho tornou-se conhecida nos últimos meses por causa da pandemia de covid-19. Permanece em discussão a possibilidade de que em pouco tempo seria criada uma proteção massiva contra o novo coronavírus —como resultado da circulação intensa do vírus.

Porém, a hipótese não encontra respaldo entre a maior parte da comunidade científica. A razão mais importante é que, até agora, há mais dúvidas do que respostas em relação à imunidade individual desencadeada após a contaminação. Portanto, não é possível inferir qualquer cenário a partir de uma premissa não conhecida.



Fonte da Notícia: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/07/11/surto-de-chikungunya-nao-possibilitou-imunidade-de-rebanho-mostra-pesquisa.htm



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletCuriosidades sobre hamsters

bulletLipidose hepática

bulletComo e o que fazer com meu cavalo durante a quarentena

bulletOs principais cuidados com a gestação da égua

bulletLimpeza de tártaro em cães e gatos


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Vanessa Castro Pesquisador Científico Laboratório de Doenças Bacterianas da Reprodução castro@biologico.sp.gov.br

bullet Dalva Marques http://www.infohorse.com.br/2018/03/18/a marcha dos muares/

bullet Eng. Agr. Aliomar Gabriel da Silva, MS, PhD Celular: (16) 9 8149-7557 e E-mail: aliomargabrieldasilva@hotmail.com

bullet Veridiana Martins Dias
(41) 8891 6887
www.adestramentoamigofiel.com
Amigo Fiel Adestramento

bullet Médica Veterinária Beatriz Mendes Tucunduva, Especializada em Fisiatria Veterinária, (19) 99757 3661, mv.beatrizmendes@gmail.com

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletSegura o boi matheus fernandes

bulletEu, minha gata e meu cachorro blitz

bulletAtirei o pau no gato

bulletCanção da falsa tartaruga adriana calcanhotto

bulletHomem Aranha

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletO zelador animal

bulletQualquer gato vira-lata

bulletO cavalo amarelo (marple: the pale horse)

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)

bulletComo cães e gatos (cats e dogs)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletUm gato indiscreto e outros contos

bulletO gato de botas

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletO encantador de cães

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos