Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Fake news: a vacina de coronavírus dos pets também serve para os humanos?

Compartilhe em suas redes sociais:

Fake news: a vacina de coronavírus dos pets também serve para os humanos?


Vídeos e notícias estão circulando dizendo que já existe uma vacina para coronavírus para pets que funciona em humanos. Será que é verdade?

Você pode já ter se deparado com uma notícia ou vídeo dizendo que já existe uma vacina para o coronavírus e que essas já fazem parte da rotina dos pets. 

E sim, já existe uma vacina do coronavírus, porém, se ouvir por aí que ela age no vírus atual que circula em diversos países, pode ter certeza que essa é uma Fake News.

As vacinas abordadas na disseminação falsa dessas informações são as vacinas múltiplas (V8, V10, V12 e V14). Desde o início da vida do cachorro essas vacinas devem ser dadas para imuniza-lo contra mais de uma doença, entre elas o coronavírus. 

Para entender tudo isso e qual o motivo da vacina não ser eficaz em humanos, você precisa conhecer e saber o que exatamente é o coronavírus.

Primeiro, o que é o coronavírus? 

Existem diferentes tipos de coronavírus, e você vai descobrir a diferença entre eles. Antes, você precisa entender que o coronavírus é uma família viral, conhecida desde os anos 60. 

As subdivisões desse grupo são extensas, porém no momento é importante entender cinco delas: CCoV, FCoV, Sars-CoV-2, Sars-CoV e Mers-CoV.

CCoV (Gastroenterite)

Esse é o coronavírus canino. Ele causa uma infecção no intestino do cão e apresenta-se em sintomas como: febre acima de 40 graus, vômito, diarreia, sangue nas fezes, perda de apetite e outros.

FCoV (Peritonite Infecciosa – PIF)

A PIF é o tipo de vírus que atinge os gatos e, assim como o CCoV nos cães, infecta o intestino do felino. Os sintomas do coronavírus felino são os mesmos apresentados pela gastroenterite, porém o gato também pode apresentar convulsões.

Sars-CoV-2 (Covid-19)

A Covid-19 afeta os humanos e, diferente da CCoV e da FCoV, a Sars-Cov-2 causa um quadro respiratório muito parecido com a gripe. 

Seus sintomas são tosse, febre, dor na garganta e dificuldade para respirar. Há também casos de infecção sem apresentar nenhum sintoma.

Sars-CoV (SARS)

Esse é um vírus existente desde 2002 e que também apresenta os mesmos sintomas da Sars-CoV-2, podendo causar uma insuficiência respiratória em casos mais graves.

Mers-CoV (MERS)

A MERS foi identificada em 2012 e seus sintomas são: febre, mialgia, tosse e doença respiratória grave em grande parte dos casos. 

Por que a vacina dos pets não funciona em humanos?

Agora que você já conhece os diferentes tipos de coronavírus é possível entender o verdadeiro motivo da vacina não servir para os humanos: os vírus são diferentes. Isso significa que o coronavírus nos animais não é o mesmo que atinge os humanos. 

O coronavírus nos pets, por exemplo, não é transmitido para os humanos. Dessa forma, não há perigo do seu pet transmitir o vírus FCoV e CCoV para você.

Quanto ao Covid-19, ainda não existem estudos muito concretos, já que o vírus é novo no mundo.

Vacinas Múltiplas

As vacinas mencionadas nas Fake News são as vacinas múltiplas (ou vacinas polivalentes), voltadas para cães. Mais conhecidas como V8 e V10, elas protegem os cães de diversas doenças além da coronavirose.

Todas as vacinas múltiplas, de acordo com especialistas e com o Ministério da Agricultura, são de uso veterinário exclusivo e jamais devem ser utilizadas em humanos.

Até o momento ainda não existe uma vacina eficaz para a proteção do coronavírus felino. 

Como estão os estudos para uma vacina para humanos?

Apesar de a vacina para pets não ser eficaz para humanos, diversos testes clínicos estão sendo realizados para que seja encontrada uma prevenção para o vírus. A expectativa atual é de que as vacinas estejam prontas no início de 2021. 

Por enquanto a prevenção deve ser realizada com a higienização correta das mãos, uso de álcool em gel 70%, cobrir o nariz e a boca ao tossir ou espirrar, ventilação do ambiente e não compartilhar objetos pessoais. 

No momento, também é recomendado o isolamento social para diminuir a curva de propagação da doença.

Vacinação dos cães contra o coronavírus

As vacinas múltiplas em cães devem ser feitas anualmente e sempre em uma clínica veterinária de confiança. 

No início da vida do animal a aplicação deve ser feita a partir dos 45 dias de vida em 3 ou 4 doses seguidas com uma pausa de 21 a 30 dias entre elas.

Além das vacinas já mencionadas, é importante manter a saúde do seu pet sempre em dia com visitas frequentes ao veterinário para as demais vacinas ou cuidados necessários para o seu bichinho.

Suspeitou de algum sintoma? Leve seu pet ao veterinário

Caso seu pet apresente algum sintoma dos que mencionamos por aqui, leve-o imediatamente para um veterinário para que ele possa avaliar a situação do animal e evitar a contaminação de outros pets. 

No caso do FCoV e CCoV, os cuidados com o animal são para tratar os principais sintomas apresentados, porém não existe um medicamento específico. 

Já se tratando dos demais tipos de vírus, especialmente o Covid-19, tome os cuidados básicos com o pet durante o isolamento social e evite o contato com ele caso você esteja infectado e com suspeitas de estar com o vírus. 

Por se tratar de algo novo, ainda não há conclusões sobre a relação do novo coronavírus com o pet.



Fonte da Notícia: SEO Marketing



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletO que seu cão e gato não deve comer

bulletUso da ozonioterapia em equinos

bulletTártaros

bulletCardiologia

bulletTricobezoares em felinos


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Darby de Lima
darbykpl@hotmailcom

bullet Eduardo Lobo, 11 973119698, Rua Lomas Valentinas 358 saude SP, eduardolobo.vet@gmail.com, http://www.equilibriumcursos.com.br , http://www.Facebook.com/Equilibriumvet

bullet Dr. Luiz Bolfer formou se em Medicina Veterinária no Brasil e mudou se para os Estados Unidos para se especializar em Cardiologia, Emergência e Cuidados Intensivos em cães e gatos. Completou 12 meses de Internato em Clínica Médica e Cirúrgica Veterin

bullet René Schubert Psicólogo Clínico. Atua como psicanalista em consultório e hospital psiquiátrico. Desenvolve trabalho com Equoterapia na Hípica das Araucárias (Tel:44821983) Contato: schubert_rene@hotmail.com

bullet Beatriz Duarte Treinadora Especialista em Comportamento Canino Lord Cão Treinamento de Cães Ltda beatriz@lordcao.com.br

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletVagalumes

bulletCavalo branco

bulletAl Capone

bulletUrsinho Pimpão

bulletForró de cavalgada

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletGodzilla

bulletMato sem cachorro

bulletUm hotel bom pra cachorro (hotel for dogs)

bulletVinte mil léguas submarinas

bulletA vingança do homem chamado cavalo (the return of a man called horse)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO estranho caso do cachorro morto

bulletPassaro-camaleao, o

bulletA arca de noé

bulletCachorro magro

bulletCama de gato

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos