Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > O que se sabe sobre a relação entre animais de estimação e a covid-19

Compartilhe em suas redes sociais:

O que se sabe sobre a relação entre animais de estimação e a covid-19


Tigre testou positivo para o vírus em Nova York, mas estudos ainda não apontam para contaminação entre animal e humano

JOÃO PRAETZEL

A pandemia de coronavírus tem causado muitas dúvidas na população em relação ao contágio entre humanos e animais. Recentemente, um tigre no zoológico do Bronx, na cidade de Nova York (EUA), testou positivo para o vírus que causa a covid-19, e seis outros grandes felinos apresentaram sintomas compatíveis com a doença, conforme divulgado pelo Ministério da Agricultura dos Estados Unidos na tarde do último domingo (5). 

Por isso, muitas pessoas têm se perguntado se seus bichos de estimação podem se contaminar também. No entanto, os donos de animais domésticos podem ficar despreocupados, conforme cientistas que estudam essa relação. O documento da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) revela que o potencial de transmissão entre espécies diferentes ainda é desconhecido. Isso significa que os estudos não são suficientes para comprovar se a doença realmente foi transmitida por um humano aos animais.

LEIA MAIS

  • Como cuidar dos pets na quarentena? Veja sugestões de especialista

    Como

  • Entenda por que você não deve viajar neste feriado de Páscoa

    Entenda

— Assim como os humanos infectados devem ficar em isolamento de pessoas, também deve manter uma certa distância de suas companhias caninas e felinas. Como evitar contatos mais próximos, como beijá-lo, dormir com o animal e mantê-lo no colo, por exemplo. Com uma exposição frequente, o vírus pode ir se adaptando ao organismo e, aí sim, afetar outras espécies. Só que isso não significa que a pessoa deva deixar de conviver com o animal — afirma Lisandra Dornelles, presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul.

Reduzir o contato não significa tirar os animais de casa ou se afastar das funções de dono. A rotina de cuidados precisa ser mantida, como a oferta de alimentação e água fresca, cuidados com a saúde e a higiene, garantia de acesso a locais em que possam fazer suas necessidades básicas.

Além disso, veterinários afirmam que a família coronavírus é grande (existem uns que afetam felinos, cães e bovinos especificamente), mas a covid-19 não, até que se prove ao contrário.

— Alguns cientistas já iniciaram os testes, mas, no momento, não é algo que devemos perder tempo, porque são pouquíssimos relatos animais possivelmente contaminados. Não é o momento de procurar pelo em ovo. Em muitos casos, não temos como saber se o animal tem ou não o vírus, porque, assim como humanos são assintomáticos, eles também podem ser — relata a coordenadora de Saúde Animal da Unidade de Saúde Animal Victória (Usav), médica veterinária Brunna Barni.

A recomendação dos veterinários é que se os animais apresentarem sintomas, o dono deve levar o bichos de estimação em uma clínica veterinária para que ele seja avaliado e tratado da forma correta, sem pânico.

— A gente tem eles praticamente como se fosse um filho, então, se ele tiver alguma doença, não abandone. É também uma questão de saúde pública, quanto mais animal na rua, mais chance de aumentar o potencial de doenças a serem espalhadas. As rotinas devem se manter iguais, se ele está acostumado a passear na rua, continue, mas buscando alternativas para a higiene dele também. Seria bom evitar que outras pessoas passem a mão no cachorro ou no gato, por mais que ele não se infecte, ele pode levar o vírus para dentro de casa — completa a presidente do CRMV-RS.



Fonte da Notícia: https://gauchazh.clicrbs.com.br/coronavirus-servico/noticia/2020/04/o-que-se-sabe-sobre-a-relacao-entre-animais-de-estimacao-e-a-covid-19-ck8th7o7401n301nte5gjyb35.html?fbclid=IwAR0dJHP5uZ318FM-sFpkJpdPfjvuPLjIW2UVimS2e3tkSZGkI-Ni1ab-i4w



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletEvitando ser mordido por cães

bulletComo é a quimioterapia em cães e gatos?

bulletEnvenenamento em cães

bulletA chuva! tão bom, mas pode causar muitos estragos!

bulletMastite em animais


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Eduardo Lobo, 11 973119698, Rua Lomas Valentinas 358 saude SP, eduardolobo.vet@gmail.com, http://www.equilibriumcursos.com.br , http://www.Facebook.com/Equilibriumvet

bullet Luelyn Jockyman CRMVSP 14.512 Clínica Animaletto (19) 32589280 Av. Mário Garneiro 438 (Estrada do San Conrado) Sousas

bullet Bianca Pissardo, http://criancas4patas.blogspot.com

bullet Rafael Claro Marques (CRMVSP 18.849) é médico veterinário e pósgraduado em Clínica Médica de Pequenos Animais dr.rafael@clinicapontegrande.com.br

bullet Nélio Carrara F? Hannover Hipismo

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletCruz de tecido

bulletA galinha magricela

bulletCão

bulletBurro Xucro

bulletPaisagem da Janela

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletA lenda do homem crocodilo (the legend of gator face)

bulletDogão - amigo pra cachorro (doogal)

bulletMeu cachorro skip (my dog skip)

bulletBud, o cão amigo - air bud

bulletGato negro (black cat (gatto nero))


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletNosso planeta verde - 100 ótimas propostas para trabalhar na educação infantil

bulletLivro de banho galinha pintadinha

bulletPasso, trote, galope - uma familia e seus cavalos

bulletQuem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

bulletO encantador de cães

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos