Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Quimioterapia em pets não é um bicho de sete cabeças

Compartilhe em suas redes sociais:

Quimioterapia em pets não é um bicho de sete cabeças


Com os avanços da medicina veterinária, hoje já é possível curar diversos tipos de tumores de cães e gatos

Cachorro(Foto: SXC.HU)

O diagnóstico de câncer carrega consigo uma bagagem emocional muito grande, o que faz com que alguns donos ou tutores de pets relutem em aceitar e aderir ao tratamento. Em cães e gatos, a terapia mais indicada para este mal consiste, na maior parte dos casos, na remoção cirúrgica do tumor (câncer) e no uso de medicamentos específicos – a tão temida quimioterapia. Mas é importante desmistificar certos conceitos para possibilitar um tratamento com o menor sofrimento possível para nossos amigos de quatro patas.

>> Mais textos sobre pets

A quimioterapia é caracterizada pelo uso de medicamentos específicos. Seu objetivo principal é eliminar células que se dividem rapidamente, crescendo e fazendo novas células. Esta é uma característica importante das células cancerosas, que crescem de maneira rápida e descontrolada. Porém, existe no organismo outras células que também se dividem ativamente, mas não causam a doença e são importantes para a manutenção da vida e do bom funcionamento do corpo, como as células da medula óssea, os folículos capilares e as células do revestimento do estômago e intestinos. Por isso, os efeitos secundários da quimioterapia geralmente envolvem esses órgãos podendo levar a queda da imunidade, anemia, falta de apetite, vômito e diarreia. Diferentemente do que ocorre com os humanos, esses problemas costumam ser mais brandos e melhor tolerados pelos animais em tratamento. A queda de pelos também não é comum em animais tratados, mas pode ocorrer raramente em algumas raças específicas, como o poodle.

Há diversos tipos de combinações e medicações usadas no tratamento de câncer em cães e gatos, e a escolha é baseada em vários fatores, incluindo a espécie, a idade, o estado de saúde do animal, o tipo de tumor e o estágio em que se encontra. Isso pode aumentar a sua eficácia e diminuir o número e a severidade dos efeitos secundários dos remédios. O tratamento, na maioria dos casos, é injetável e aplicado na veia do paciente em ambiente hospitalar, para uma maior segurança. Em outros casos há a aplicação de medicamentos orais, ou seja, administrados diretamente na boca do animal. Mas seja qual for o caso, a realização de exames laboratoriais para monitorar o tratamento é imprescindível para um maior controle e segurança.

Com os avanços da medicina veterinária, hoje já é possível obter a cura de diversos tipos de tumores, principalmente quando detectados e tratados no estágio inicial. Para tantos, outros mais complicados e severos, é possível reduzir os sintomas e proporcionar maior qualidade de vida ao cão ou gato acometido pela doença. Mas, para isso, é fundamental que barreiras impostas pelo medo e conceitos antigos sobre a doença e seu tratamento com quimioterapia sejam superados. Com isso, você e seu pet só têm a ganhar.



Fonte da Notícia: https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/fernanda-fragata/noticia/2015/03/bquimioterapia-em-petsb-nao-e-um-bicho-de-sete-cabecas.html



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas Veterinárias:

bulletLágrima ácida
bulletComo montar um canil
bulletDicas para educar o seu filhote
bulletComo levar seus animais de estimação em viagens de avi?o
bulletBaixa contagem de células brancas do sangue em cães


Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet dr ricardo gabeira
crmv-sp 11103
clínica veterinária dr vicente moreno (24 horas)
av independência, 1062, valinhos/sp,
fone: (19) 3849-1274
bullet Médica Veterinária Beatriz Mendes Tucunduva, Especializada em Fisiatria Veterinária, (19) 99757 3661, mv.beatrizmendes@gmail.com
bullet Patricia
olives mount kennel
bullet Susana Reinhardt Cintra Superintendente do Serviço de Registro Genealógico da Raça Bretão, Zootecnista. ABCCBretão (19) 38077974/ 97154545 (Susana). Email: cavalobretao@uol.com.br. André Galvão Cintra Presidente da ABBCBretão e Criador
bullet Camila de Oliveira Cruz Medicina Veterinária na Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo/SP

Letras de Música com temas Animais:


bulletAnunciação
bulletPassaros noturnos
bulletImitando Os Animais
bulletReidosratos
bulletCão


Cinema, Filmes e Seriados:


bulletBud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver
bulletTubarao ii
bulletMadagascar ii
bulletÁgua para elefantes
bulletBatman e robin (1997)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletAves-simbolos dos estados brasileiros, as
bulletFalando de passaros e gatos
bulletNo meu peito não cabem pássaros
bulletPequenos passaros
bulletEu não sou cachorro, não
Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos