Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Doença rara mata cavalos da polícia militar

Compartilhe em suas redes sociais:

Doença rara mata cavalos da polícia militar


Suspeita de contaminação por bactéria causadora do mormo já levou vinte animais ao sacrifício

Por Silas Colombo

Regimento

Regimento 9 de julho baias lacradas cavalos (Mario Rodrigues/)

 

Na tarde da terça-feira passada (25), uma equipe de veterinários aplicou uma anestesia e, em seguida, duas injeções letais em um dos cavalos do Regimento de Polícia Montada 9 de Julho, no centro. Depois de aproximadamente vinte minutos da ação dos medicamentos, os profissionais registraram o óbito. A cena aconteceu na cidade de Presidente Prudente, a 558 quilômetros da capital, que tem um aterro público especialmente preparado para enterrar animais de grande porte. O procedimento aumentou para vinte a lista de equinos da tropa sacrificados nos últimos seis meses. Outros 240 se encontram em quarentena no quartel da região da Luz e correm o risco de ter o mesmo fim.

 

O problema que está dizimando os cavalos da PM é o mormo, uma doença causada pela bactéria Burkholderia mallei. Acreditava-se que ela estivesse extinta no Brasil desde 1968. Há sete anos, no entanto, surgiram relatos de casos ocorridos no interior de São Paulo e em Pernambuco. Para evitar uma epidemia, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) entrou em ação e começou a exigir a partir de agosto do ano passado exames preventivos em todos os cavalos registrados no país. Os primeiros a ser submetidos à prova foram os animais da PM e os do Exército. Nessa época, encontrou- se um foco de contaminação no Regimento 9 de Julho.

Em uma análise preliminar, um total de 36 animais foram postos sob suspeita. A realização de um exame posterior confirmou a existência do mormo em vinte deles. Essa doença ataca o sistema respiratório e compromete os pulmões, matando o doente entre quinze dias e seis meses. O tratamento é complicado e longo, com apenas 5% de chances de sucesso. A bactéria é facilmente transmitida para outros cavalos e, em casos raros, pode infectar pessoas, com quase o mesmo grau de letalidade. Por essas razões, a ordem da Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo é sacrificar o hospedeiro logo que surge uma suspeita. “Na dúvida, é melhor eliminar o problema”, explica Heinz Hellwig, coordenador do órgão.

Nenhum dos animais sacrificados do Regimento 9 de Julho apresentava sintomas. Os exames de diagnóstico utilizados até hoje para esses casos foram desenvolvidos no início do século passado. Eles identificam apenas o anticorpo produzido pelo organismo para combater a ação do mormo. Esse mesmo anticorpo, porém, é produzido por uma série de outras bactérias. Assim, os veterinários utilizam um segundo teste para a comprovação da suspeita.

SoldadoSoldado Valéria Bayer cavalo

 (/)

Dezesseis cavalos do 9 de Julho escaparam momentaneamente do sacrifício graças ao tira-teima e estão em regime de observação. O parceiro da soldada Valéria Rydlewski não teve a mesma sorte. Bayer, um cavalo de 7 anos da raça brasileiro de hipismo, acabou recebendo as injeções letais em janeiro. “Ele era meu companheiro e me protegia no dia a dia”, lamenta a policial.

Os animais ajudam os soldados da PM a patrulhar grandes multidões em espaços abertos. Na capital, o efetivo equino chega a quase 320 exemplares. Como grande parte da tropa de crinas se encontra sob suspeita, os oitenta cavalos da Academia do Barro Branco, na Água Fria, e dos destacamentos de São Bernardo do Campo e de Mauá, no ABC, têm sido usados para tapar o buraco nas rondas da capital, litoral e algumas cidades do interior.

TUDO SOBRE



Fonte da Notícia: https://vejasp.abril.com.br/cidades/doenca-rara-esta-matando-os-cavalos-da-pm/



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletPassear sem puxar a guia

bulletCombata pulgas e carrapatos do seu animal de estimação de forma sustentável

bulletCondicionamento de necessidade

bulletA castração e seus benefícios

bulletFesta junina e pets: diversão com segurança


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet RENAL VET SÃO PAULO: Endereço: Rua Heitor Penteado, 99 Sumaré, São Paulo/SP. Telefones: (11) 38752666 e (11) 38725138. Telefone para emergências: (11) 98985622. Site: www.renalvet.com.br Email: renalvet@br.inter.net RENAL VET RIO DE JA

bullet Bruno Evaristo

bullet Flávia Raucci Facchinihttp://www.infohorse.com.br/2018/05/07/a criacao de cavalos paixao e zelo/

bullet dra rúbia burnier
crmv 4/5870
veterinária especialista em comportamento animal
www.vetmovel.com.br
www.espacoanimal.com.br
telefone : (11) 9996 1222

bullet marcello alonso criador de cães pelo canil lord manske, cinófilo, juíz de raças, educador e comportamentalista canino

Ver todas as Dicas dos Colunistas




Letras de Música com temas Animais:


bulletBárbara peixe boi

bulletFalou E Disse

bulletSe você fosse um peixinho

bulletJoão e maria

bulletQue papo de jacare chander e flavinho

Ver todas as Letras de Músicas




Cinema, Filmes e Seriados:


bulletErnest e célestine

bulletCorrendo pra cachorro (man about dog)

bulletO pássaro azul the blue bird

bulletCavalo de guerra (war horse)

bulletProcurando nemo


Ver todos os filmes e seriados




Livros Animais

bulletPassaros sao eternos, os

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletMarley e eu

bulletPasso, trote, galope - uma familia e seus cavalos

Ver todos os Livros



Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100


Beija flor
R$ 1


Garça branca grande
R$ 5


Arara vermelha
R$ 10


Mico leão-dourado
R$ 20


Onça pintada
R$ 50


Tartaruga-de-pente
R$ 2


Lobo Guará
R$ 200


Ver todas as Notas e Moedas



Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos