Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Pesquisadores da PUCPR evitam eutan?sia de Puro Sangue Ingl?s (PSI) com t?cnica cir?rgica in?dita adaptada de c?es e gatos

Compartilhe em suas redes sociais:

Pesquisadores da PUCPR evitam eutan?sia de Puro Sangue Ingl?s (PSI) com t?cnica cir?rgica in?dita adaptada de c?es e gatos


Uma técnica de cirurgia veterinária inovadora pode salvar a vida de equinos que nascem com má formação nos ossos: chamada de ostectomia em cunha, a técnica é inédita em cavalos – muito usada em cachorros, ela nunca havia sido adaptada para equinos, que têm uma estrutura óssea diferente dos cães.

Quando a equipe de pesquisadores da Pontíficia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) recebeu um potro com desvio ósseo, viu a oportunidade de testar o procedimento.

“O cavalo apresentava significativa deformidade do terceiro metatarso, que seria a canela, do membro pélvico esquerdo, mas não foram notados outros problemas de origem óssea”, conta José Villanova Junior, doutor em Ciências Veterinárias pela PUCPR e responsável pela pesquisa.

O acompanhamento começou cedo: o exame radiográfico foi solicitado no primeiro dia de vida, com imagens do membro afetado. Na semana seguinte foram realizados hemogramas e exames bioquímicos. Após 20 dias do nascimento, o animal foi separado da mãe e enviado à Fazenda Experimental Gralha Azul, da PUCPR. Lá, foi examinado pelos pesquisadores, que observaram comportamento normal – apenas a deformidade teve piora, e aos 40 dias pós-parto foi realizada a intervenção cirúrgica.

A anomalia atinge poucos potros, e na maioria dos casos é notada logo após o nascimento. Para analisar o grau de desvio do osso do animal, utiliza-se um transferidor ou softwares específicos. A informação coletada e analisada é utilizada em intervenções cirúrgicas. A cirurgia é baseada na correção do desvio ósseo do animal e fixação de pinos para que o osso possa calcificar na forma correta. Com isso, após o período de recuperação, o potro pode crescer e se desenvolver corretamente.

“Se houvesse demora em todo o processo, poderia prejudicar o desenvolvimento de outros membros. Seria algo como um efeito dominó”, explica Villanova Junior. “Vai piorando, especialmente a articulação um pouco acima do casco, onde as taxas de crescimento são mais rápidas em recém-nascidos e diminui consideravelmente durante os 6 meses de idade. Por isso era preciso operar cedo”, completa.

Contra o tempo

Neste tipo de procedimento, a correção é feita com apenas um mês de vida, tempo crucial para evitar maiores deformidades no animal. Além disso, o procedimento torna possível salvar o valor genético do animal já no começo da vida, para uma vida reprodutiva futura.

“Todos nos disseram que não havia alternativa, exceto a eutanásia. Mas se tivessemos sucesso, ela não perderia o valor genético, ela poderia reproduzir normalmente”, diz Villanova, que acrescenta que o animal vem de uma linhagem de corredores. Ou seja, mesmo que ela não possa correr devido a um desvio na pata, poderá reproduzir filhotes com genética adequada para a prática esportiva.

Recuperação

Após a cirurgia, o animal foi submetido a tratamento intensivo para uma perfeita adaptação ao fixador externo e para que não houvesse sobrecarga nos pinos e barra de conexão fixados aos ossos. Durante este período, nenhuma complicação foi observada.

A cirurgia foi bem-sucedida: após 180 dias de pós-operatório de calcificação óssea total, os implantes foram retirados e o potro passou a se locomover corretamente, realizar todos os movimentos e até mesmo correr sem dificuldade. Hoje, 18 meses após todo o processo, nota-se que a potra, carinhosamente chamada de Bailarina, leva uma vida normal e, claro, teve seu valor genético preservado.



Fonte da Notícia: Ostectomia em cunha, comumente utilizada em c



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletComo produzir feno?

bulletO equitador e o lenhador

bulletCachorrinha implica com a vassoura

bulletEquoterapia

bulletComo fazer da alimentação uma atividade divertida


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Dra Cleuma Ferreira, Medica Veterinária, telefone 11 41164783, Rua Jacira, 80 Moema São Paulo/SP, contato@dracleumaferreira.com, www.dracleumaferreira.com, instagram @endocrinopatinha, facebook/endocrinopatinha

bullet Gustavo B. Mano

bullet Luciana Leite Ribeiro dos Santos Médica veterinária CRMVSP 8298 www.spaces.msn.com/members/vetemcasa lulrs@yahoo.com.br

bullet Rosmeire de O.S.Jacinavicius CRMVSP 21580 Médica Veterinária acupunturista tel: 19 999971911 email: stuffzinha@gmail.com

bullet Eduardo Lobo, 11 973119698, Rua Lomas Valentinas 358 saude SP, eduardolobo.vet@gmail.com, http://www.equilibriumcursos.com.br , http://www.Facebook.com/Equilibriumvet

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletDesce do cavalo

bulletCavalo tostado

bulletQue nem o meu cachorro

bulletBicho cantador

bulletLuz, paixão, rodeio

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletFlipper (1996)

bulletUm homem chamado cavalo (a man called horse)

bulletPássaros excêntricos (pretty bird)

bulletCama de gato (cama de gato / cat s cradle)

bulletO filho do ace ventura


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCama de gato

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletCachorro tem cada uma

bulletO gato que falava com fantasmas

bulletCães de guerra

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos