Home Page > Notícias > Como tratar pulgas em filhotes de gatos

Como tratar pulgas em filhotes de gatos


As pulgas podem causar bem mais do que coceira e irritação na pele de um gatinho e por isso precisam ser removidas rapidamente

Gatos jovens, adultos e filhotes podem sofrer com o surgimento de pulgas, mas é nos filhotes que o problema é mais preocupante, já que a saúde ainda é muito frágil.

As pulgas costumam atacar os filhotes pois eles proporcionam um ambiente ideal para elas, já que eles têm a temperatura corporal ligeiramente mais elevada do que os pets mais maduros.

Esse inseto se agarra à pele do animal, se alimenta de sangue e coloca ovos – de onde podem nascer centenas de pulgas –, causando coceira, irritação na pele e anemia no gato. Se ele estiver com a saúde sensibilizada, corre o risco de morte.

Por isso, é preciso resolver o problema o mais rápido possível.

Como os filhotes ainda estão se desenvolvendo, a recomendação é que eles não utilizem produtos antipulgas tradicionais, como shampoos, coleiras e medicamentos, que podem causar reações adversas no pet.

A partir de, em média, dez semanas de vida, já existem opções nos pet shops que vão ajudar a eliminar as pulgas. Porém, procure um veterinário para avaliar o caso do seu gatinho e recomendar a melhor solução.

Antes disso, o animal pode receber cuidados em casa. Com um pouco de atenção e paciência, você conseguirá acabar com as pulgas e deixar o seu pet muito mais saudável. Confira as dicas:

Remoção manual

Se a infestação ainda estiver começando, talvez você consiga acabar com o problema realizando a extração manual das pulgas.

Para isso, faça uma varredura pelos pelos e pele do animal a olho nu.

As pulgas se parecem com pequenas bolinhas marrons ou pretas sobre a pele. Ao identificar uma delas, imobilize-a utilizando um cotonete embebido em álcool ou vaselina, evitando uma “fuga”. Depois, use as unhas para retirar delicadamente o inseto do seu gatinho.

A pulga deve ser descartada em água fervente.

Banho e pente fino

Se perceber que há pulgas demais no seu gatinho, a melhor solução pode ser um banho seguido de um pente fino, apesar de felinos não gostarem de banhos.

Use as mãos para molhar os pelos do gatinho com água morna, mantendo a cabeça seca. Não é preciso usar sabão.

Depois, tire-o da água e coloque-o em uma toalha. Procure remover com cuidado o excesso de água.

Coloque o animal em um ambiente aquecido para passar o pente fino, que você encontra em pet shop online, em todo o corpo do animal. O item vai puxar as pulgas presentes na pele e no pelo dos filhotes.

Para finalizar, jogue as pulgas que foram removidas na água fervente e descarte.

Limpeza

A pulga está presente no ambiente que o animal frequenta, ou seja, bem naquele cantinho especial que você preparou para que ele viva os primeiros dias de vida com tranquilidade.

É preciso fazer a higienização do espaço.

Comece retirando provisoriamente o gatinho do ambiente e então lave o local utilizando desinfetante e sabão neutro. Seque com um pano limpo e aplique inseticida. Antes de recolocar o animal, deixe o ambiente arejar por algumas horas.

Também é importante higienizar toalhas, lençóis, cobertores, almofadas e outros itens que o pet esteja usando. Faça a lavagem com água quente e deixe secar em um local bem ventilado.

Outros animais

Se o filhote está com pulgas, sua mãe também pode ter. Como eles ficam muito próximos à gata para mamar, se limpar e se proteger, confira o estado dela.

Se houver a presença de apenas algumas pulgas, você pode fazer a extração manual.

Se a fêmea estiver infestada, consulte um especialista e procure por produtos tópicos adequados para gatas gestantes ou lactantes. Eles podem ser usados sem riscos aos filhotes pois possuem uma composição diferente dos demais medicamentos encontrados no mercado.

Além disso, se você tem outros pets em casa, é melhor mantê-los afastado da ninhada. Assim não há risco de transmissão, já que as pulgas pulam de animal para animal.

Primeiro, faça a prevenção

É possível evitar que os gatinhos sofram com as pulgas ainda em suas primeiras semanas de vida. Adote algumas medidas que vão ajudar:

- Mantenha o animal isolado nas primeiras semanas de vida. O contato deve ser apenas com a ninhada, a mãe e os tutores.

- Os passeios, até mesmo de carro, ficam proibidos, tanto para os filhotes quanto para a gata. Coloque redes nas janelas e feche as portas para evitar que a mãe fuja.

- Siga rigorosamente o calendário de vacinação do seu pet.

- Leve o pet para consultas regulares ao veterinário.

Com esses cuidados, você terá gatinhos muito mais saudáveis!



Fonte da Notícia: Empório das Patas



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletO bicho pegou

bulletMetamorfose ambulante

bulletVagalume pato fu

bulletSimples carinho

bulletCiranda da bailarina



Dicas Veterinárias:

bulletAcne em cães e gatos

bulletDicas para adquirir um bom filhotes

bulletSindrome do navicular

bulletProteína x energia

bulletPorque os gatos t?m medo de pepinos?



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Antonio Roberto Bacila é médicoveterinário, diretor técnico e presidente da Organnact Saúde Animal.>

bullet Veridiana Martins Dias
(41) 8891 6887
www.adestramentoamigofiel.com
Amigo Fiel Adestramento>

bullet marcelo f franco
médico veterinário
crmv-sp
clínica veterinária taquaral
av bar?o de itapura 2968- campinas/sp
fone: (19) 32553899
www.vettaquaral.com.br>

bullet Roberto Delort A. Leite e Laura Celi de Souza Silva >

bullet Alexandre Domingues>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletMeu cachorro skip (my dog skip)

bulletSilver a lenda do cavalo prateado the silver brumby

bulletErnest e célestine

bulletUm homem, um cavalo, uma pistola (un uomo, un cavallo, una pistola / a man, a horse, a gun)

bulletLoup - uma amizade para sempre



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO homem que amava os cachorros

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletCachorro magro

bulletO estranho caso do cachorro morto

bullet4 vidas de um cachorro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos