Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Macaco é diagnosticado com febre amarela no zoológico de SP

Compartilhe em suas redes sociais:

Macaco é diagnosticado com febre amarela no zoológico de SP


Prefeitura montou operação de vacinação na região e recomenda que visitantes já estejam imunizados

  •  
  •  
  •  
  •  

    •  
    •  

9.fev.2019 às 14h39

  •  

  •  
  • Diminuir fonte
  •  
  • Aumentar fonte

SÃO PAULO

Um macaco do zoológico de São Paulo (zona sul) foi diagnosticado com febre amarela na noite da última sexta-feira (8). O animal foi isolado e está sendo monitorado, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Os macacos atuam como uma espécie de sentinela contra doença: em geral, são os primeiros a contrair o vírus, permitindo às autoridades adotar medidas de prevenção para evitar surtos em humanos. Isso ocorre estão sempre em área de mata, onde está o vírus. Além disso, algumas espécies, como a dos bugios, têm menos resistência imunológica à doença do que o homem e, por isso, morrem com mais facilidade.

Na manhã deste sábado (9), a prefeitura da capital paulista montou uma operação na região para vacinar os visitantes e os moradores da região.

1 27

Febre amarela no país

Minha

  1. Cartaz
  2.  
  3.  
  4.  
  5.  
  6.  
  7.  
  8.  
  9.  
  10.  
  11.  
  12.  
  13.  
  14.  
  15.  
  16.  
  17.  
  18.  
  19.  
  20.  
  21.  
  22.  
  23.  
  24.  
  25.  
  26.  
  27.  
  28.  
  29.  
  30.  
  31.  
  32.  
  33.  
  34.  
  35.  
  36.  
  37.  
  38.  
  39.  
  40.  
  41.  
  42.  
  43.  
  44.  
  45.  
  46.  
  47.  
  48.  
  49.  
  50.  
  51.  
  52.  
  53.  
  54.  

 

Cartaz de campanha contra a febre amarela em UBS na Barra Funda, zona oeste de São Paulo Zanone Fraissat - 17. jan.2018/Folhapress

Compartilhe

LEIA MAIS

 

 

 

 

Voltar

  • Facebook
  • Whatsapp
  • Twitter
  • Messenger
  • Pinterest
  • Linkedin
  • E-mail
  • Copiar link

Loading

Um posto de vacinação foi instalado na entrada do zoológico e funcionará durante todo o fim de semana das 9h às 17h. Agentes de saúde também farão ações de casa em casa num raio de 300 metros do Zoológico para realizar vacinação e eliminação de criadouros de mosquitos transmissores da doença.

A Secretaria recomenda que os visitantes do zoológico e do Jardim Botânico já estejam imunizados contra a febre amarela.

Cerca de 53% das 600 mil pessoas que moram no entorno dos dois pontos turísticos estão imunizadas, segundo a prefeitura. Na capital, a cobertura vacinal é de 77%.

A vacina contra a febre amarela leva dez dias para garantir proteção efetiva.

Em 2018, o zoológico, que completou 60 anos, ficou quase dois meses fechado no início do ano após as autoridades de saúde localizarem um macaco bugio morto por complicações de febre amarela no local.

O Parque do Carmo, o Horto Florestal e cerca de 20 outros parques também foram fechados temporariamente na capital paulista como prevenção contra a febre amarela.

11 13

Zoológico e Jardim Botânico de São Paulo

Minha

  1.  
  2.  
  3.  
  4.  
  5.  
  6.  
  7.  
  8.  
  9.  
  10.  
  11.  
  12.  
  13.  
  14.  
  15.  
  16.  
  17.  
  18.  
  19.  
  20.  
  21. Jamal,
  22.  
  23.  
  24.  
  25.  
  26.  

 

Jamal, Mel e Safira, três das cinco girafas do zoológico de São Paulo Apu Gomes/Folhapress/Apu Gomes/Folhapress

Compartilhe

LEIA MAIS

 

 

 

 

Voltar

  • Facebook
  • Whatsapp
  • Twitter
  • Messenger
  • Pinterest
  • Linkedin
  • E-mail
  • Copiar link

Loading

Em 2017, o Brasil registrou recorde de casos da doença, concentrados em Minas Gerais. Após uma trégua no inverno, os registros voltaram a surgir, principalmente no Sudeste. Na capital paulista, a aparição de macacos com a doença na zona norte acendeu o alerta e deu início à vacinação em parte da cidade.

Os casos de febre amarela silvestre contraídos dentro do estado de São Paulo cresceram quase 600% de janeiro a agosto de 2018 na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo a Secretaria Estadual da Saúde. Nos oito primeiros meses de 2018, houve 178 mortes.

O vírus já se expandiu para o Sul e preocupa as autoridades de saúde da região. No Paraná, o primeiro caso autóctone da doença em dez anos foi confirmado nesta semana: um jovem de 21 anos, morador da cidade litorânea de Antonina (PR), que nunca havia se vacinado

DÚVIDAS SOBRE FEBRE AMARELA

PREVENÇÃO

Vacinação
- Dose integral (0,5 ml): vale para a vida toda
- Dose fracionada (0,1 ml): vale por pelo menos 8 anos; será dada nas campanhas de vacinação de SP, RJ e BA
- Crianças: devem tomar a partir dos 9 meses (ou 6 meses em áreas de risco)

Para evitar picadas
- Usar repelente (evitar os que também têm protetor solar)
- Aplicar o protetor antes do repelente
- Não usar repelentes em crianças com menos de 2 meses
- Evitar perfume em áreas de mata
- Vestir roupas compridas e claras (ou com permetrina)
- Usar mosqueteiros e telas

Controle do mosquito
- Evitar água parada e tomar os mesmos cuidados da dengue, porque há risco de a doença ser contraída pelo Aedes aegypti (o que não acontece no Brasil desde 1942)

Distância de áreas de risco
- Evitar áreas de mata com registros da doença; caso vá viajar a esses locais, tome a vacina ao menos dez dias antes

Tratamento
- É apenas sintomático, com antitérmicos e analgésicos (anti-inflamatórios e salicilatos como AAS não devem ser usados)
- Hospitalização quando necessário, com reposição de líquidos e perdas sanguíneas
- Uso de tela, por exemplo, para evitar o contato do doente com mosquitos



Fonte da Notícia: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2019/02/macaco-e-diagnosticado-com-febre-amarela-no-zoologico-de-sp.shtml



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletVerdade

bulletNós, Os Gatos

bulletTchutchuca

bulletBorzeguim

bulletReprocissão



Dicas Veterinárias:

bulletDia internacional do gato: conheça os felinos mais famosos da internet

bulletGlaucoma

bulletPor que as pessoas discriminam animais escuros?

bulletCachorro vomitando sangue: o que fazer?

bulletAcalvaria



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet André Galvão Cintra, MV, Prof. Esp. CRMV SP 6765 VicePresidente ABCC Bretão. email: andre@vongold.com.br. Site: www.vongold.com.br >

bullet LUIZA CERVENKA DE ASSIS http://emais.estadao.com.br/blogs/comportamento animal/morte e luto o que fazer quando o cachorrogato morre/>

bullet Gustavo B. Mano >

bullet Paola Christina Ferreira Carneiro Médica Veterinária CRMVSP 8145 Dermatologia e Terapeuta Floral MASTERVET Clínica Veterinária Av. Ângelo Sim?es,1135, Jd. Leonor , Campinas , SP Fone: (19) 32345363 ou 33843323 >

bullet Rafael Senos Médico Veterinário UFF Mestrando USP Técnico em Biotecnologia CEFETEQ RJ>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletSempre ao seu lado

bulletUma cilada para roger rabbit

bulletO cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)

bulletGato e rato (yu mao san xi jin mao shu)

bulletO zelador animal



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletUm gato indiscreto e outros contos

bulletUrologia e nefrologia do cão e do gato

bulletEnfermidades dos cavalos

bulletCama de gato

bullet4 vidas de um cachorro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos