Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > A curiosa aranha que amamenta seus filhotes

Compartilhe em suas redes sociais:

A curiosa aranha que amamenta seus filhotes


 


Sarefo


A Toxeus magnus é um tipo de aranha saltadoraImagem: Sarefo


80


 


src=


Edison Veiga


De Roma para a BBC News Brasil


29/11/2018 17h50


Ela produz uma substância riquíssima em proteína - e bastante similar ao leite.


Cientistas chineses descobriram que ao menos uma espécie de aranha amamenta seus filhotes, de uma maneira muito parecida com os mamíferos, e com uma substância riquíssima em proteína - bastante similar ao leite.


Conforme explicou à BBC News Brasil o pesquisador Zhanqi Chen, do Jardim Botânico Tropical de Xishuangbanna e um dos autores da pesquisa científica - publicada nesta quinta-feira pela revista Science -, a descoberta da aranha que amamenta ocorreu por causa de um comportamento que intrigava os cientistas.


O fato de que, na espécie de aranha saltadora Toxeus magnus, filhotes tendem a ficar muito tempo no mesmo ninho da mãe, mesmo quando já crescidinhos. "Isso é incomum em aranhas saltadoras", afirma Chen.


"Então, levantamos a hipótese de que a mãe poderia fornecer cuidados maternais duradouros", prossegue. A questão, então, passou a ser: se elas fazem isso, como fazem? E por quanto tempo?


 


Xishuangbanna


Tão logo nascem, as aranhas ingerem gotículas do líquido proteico e depois passam a sugá-lo da mãeImagem: Xishuangbanna Tropical Botanical Garden


 


Munidos de tais perguntas, os pesquisadores foram à observação. Descobriram que os filhotes da Toxeus magnus não deixam o ninho até a terceira semana de idade. Nessa altura da vida, os bichos já têm o comprimento de 3,5 milímetros - essas aranhas, muito parecidas com formigas, nascem com 0,9 milímetro.


"Por outro lado, em todo esse tempo, a mãe nunca foi observada levando comida (como moscas de fruta) para o ninho", relata o pesquisador. "Isso nos deixou confusos sobre qual seria a fonte de alimentação da prole."


Chen disse que a equipe, então, formulou três possibilidades - de acordo com aquilo que costuma ocorrer no reino animal. A alimentação poderia ser provida via regurgitação, pela mãe. Ou os filhotes de aranha poderiam ingerir ovos tróficos - ovos não fecundados que são postos justamente para servir de alimento, a exemplo do que ocorre com abelhas e formigas, por exemplo. Ou ainda alimentação fecal. "Entretanto, o registro de observação rejeitou todas essas hipóteses", conta o cientista.


Leite de aranha


Essa interrogação estava literalmente tirando o sono de Chen. Ele contou à reportagem que foi numa madrugada - por volta de 1h30 de uma noite de julho de 2017 - que ele notou algo muito interessante. Um dos filhotes aumentava de tamanho justamente quando estava atrelado ao abdome da mãe. "Era um comportamento muito semelhante ao da amamentação em mamíferos", afirma.


Ciente desse fenômeno, o cientista passou a focar suas análises no misterioso fluido que servia de alimentação para a prole. Percebeu que, tão logo nascem, as aranhinhas primeiro ingerem gotículas do mesmo líquido já depositadas na superfície do ninho. Só mais tarde estavam aptas para conseguir sugar da mãe - pelo mesmo orifício utilizado para a postura dos ovos.


Essa alimentação, constataram os pesquisadores, é a principal fonte de nutrientes dos filhotes até chegarem a cerca de 40 dias de vida, ou seja, praticamente quando atingem a maturidade sexual.


O fluido também foi analisado em laboratório. De acordo com Chen, trata-se de uma substância muito parecida com leite e que contém quase quatro vezes a quantidade de proteína encontrada no leite de vaca.


 


AFP


A Toxeus magnus amamenta seus filhotesImagem: AFP


 


O que provoca a dúvida: será que um dia essa substância poderá ser utilizada industrialmente?


"Teoricamente, isto tudo é possível, mas acho que ainda estamos muito longe para discutir este assunto. Precisamos esperar até que todos os componentes do leite de aranha sejam claramente analisados", diz Chen. "Talvez, algum dia, no futuro, possamos começar a ter indústrias de leite de aranha por meio de alguns métodos biotécnicos."


Biologia


Os pesquisadores envolvidos do trabalho ressaltam também a importância que a descoberta pode ter no entendimento sobre cuidados parentais na natureza. Afinal, sempre se acreditou que cuidados com a prole até praticamente a vida adulta fossem características mais comuns entre mamíferos.


No caso dos indivíduos de Toxeus magnus, Chen e sua equipe observaram que a mãe não só alimenta os filhotes como também ajuda na proteção e outros cuidados de sobrevivência.


De acordo com a última edição do 'Catálogo Mundial das Aranhas', um compilado taxonômico com 47.868 espécies registradas, a Toxeus magnus é um aracnídeo identificado e descrito pela primeira vez em 1933. É uma aranha saltadora autóctone de Taiwan.


Administrado pela Academia Chinesa de Ciências, o Jardim Botânico Tropical de Xishuangbanna, onde o leite de aranha foi descoberto, é uma instituição que existe desde 1959.


Trata-se de um centro de pesquisas especializado, onde trabalham cerca de 340 cientistas. O Jardim Botânico conta com mais de 13 mil espécies de plantas e animais.



Fonte da Notícia: https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/bbc/2018/11/29/a-curiosa-aranha-que-amamenta-seus-filhotes.htm



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletO portão

bulletCabeção da tartaruga ki prazer

bulletTelevisão de cachorro

bulletGavião mestre ambrósio

bulletRato de academia



Dicas Veterinárias:

bulletMeu cão late demais!

bulletSarna demodécica canina

bulletCirrose hepática

bulletConduzir a toxicidade em cães

bulletComo adaptar a criança à chegada do pet



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Eng Agrônomo André Fabbrocini Gonçalves, atua na área de manejo de pastagem, segurança dos animais, nutrição, desenvolvimento de projetos http://www.andrefabbrocini.com.br/ (11) 93829722 e (11) 77435504 e nextel 96*40594>

bullet Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086>

bullet dra rúbia burnier
crmv 4/5870
veterinária especialista em comportamento animal
www.vetmovel.com.br
www.espacoanimal.com.br
telefone : (11) 9996 1222>

bullet Janaina Biotto Camargo http://www.vilachicopethotel.com.br/ Médica veterinária graduação (2003), residência e mestrado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp de Botucatu; Área de atuação em Anestesiologia, Acupuntura e Terapias complementares.>

bullet Rafael Claro Marques (CRMVSP 18.849) é médico veterinário e pósgraduado em Clínica Médica de Pequenos Animais dr.rafael@clinicapontegrande.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletJurassic park ii

bulletBud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver

bulletNetto e o domador de cavalos

bulletSeefood um peixe fora d agua (seefood)

bulletAs crônicas de nárnia - o leão, a feiticeira e o guarda-roupa



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletExplicação dos pássaros

bulletFalando de passaros e gatos

bulletEu não sou cachorro, não

bulletOs passaros e suas doencas

bulletGato que gostava de cenoura

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos