Home Page > Notícias > Pets idosos

Pets idosos


Pets


 

Pexels/Reprodução


Pets idosos


Ganho de peso, pelos brancos em todo corpo e aumento da dependência dos tutores são alguns dos sintomas que aparecem tanto nos cães como nos gatos mais velhos. Ambas as espécies também sofrem com redução de energia, passando a dormir mais durante os dias e fazer atividades físicas com menor intensidade. Uma dúvida recorrente entre os tutores é se há uma idade específica em que o pet pode ser considerado idoso. Isso varia de acordo com o porte e raça do animal, mas no geral cães se enquadram como idosos a partir dos sete anos e gatos a partir dos seis.


Segundo Marcio Barboza, gerente técnico Pet da MSD Saúde Animal, os animais podem ter qualidade de vida até o final da vida quando bem assistidos ao longo dos anos. A prevenção de doenças por meio de vacinação e eliminação de parasitas – como pulgas e carrapatos – ajuda na longevidade, bem como o diagnóstico precoce de doenças.


Quando ficam mais velhos, a recomendação é incluir alimentação diferenciada e adequada às mudanças do metabolismo do pet, ajustes na casa – como a aplicação de rampas nos lugares em que o pet passa mais tempo -, uso de suplementos, entre outros. Para sugerir essas adequações, o veterinário costuma considerar o histórico médico do animal e as particularidades de sua saúde.


Prevenção


Por terem características fisiológicas diferentes, cães e gatos devem ter cuidados específicos durante essa fase. Os cães, por exemplo, tendem a ter mais problemas urinários quando mais velhos, bem como aumento de problemas nos dentes (cáries e tártaro) e diminuição da energia. Já nos gatos costuma-se observar mais problemas renais, ganho de peso e artrite.


“O tutor deve considerar as particularidades de cada espécie e raça para estabelecer cuidados preventivos ao longo da vida do animal”, ressalta Marcio, que completa: “Faça check-up periódicos com o seu veterinário, anual ou semestral, dependendo das condições de saúde do pet, e siga suas orientações”.


ORIENTAÇÕES


Respeite o espaço do animal: cães e gatos mais velhos tendem a se isolar e ficar mais tempo no canto deles. Deixe-os quietinhos e interaja mais quando eles estiverem dispostos;


Hora certa: caso o pet faça uso de alguma medicação de uso contínuo, estabeleça uma rotina para que o remédio seja dado nos horários certos;


Segurança: se o seu pet já está com a visão comprometida, evite mudar os móveis de lugar com frequência, pois isso pode contribuir para possíveis batidas do seu amigo;


Xô, parasitas: mantenha a vermifugação e o uso de produtos anti-pulgas e carrapatos em dia, dando preferência a produtos de longa duração;


Dentes limpinhos: mantenha a escovação dos dentes do seu pet em dia. É comum que o animal desenvolva tártaro e cárie com o passar dos anos, por isso a prevenção é essencial;


Nada de pulos radicais: tente colocar objetos ou apoios que facilitem a subida e a descida dos animais dos móveis, já que saltos de locais altos podem prejudicar a articulação deles com o tempo.



Fonte da Notícia: http://correio.rac.com.br/_conteudo/2018/11/metropole/616481-pets-idosos.html



Gostou do contedo animal acima! Ento compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Msica com temas Animais:

bullet boi

bulletO mar serenou

bulletNelore valente

bulletA galinha pintadinha 3

bulletVoa voa passarinho



Dicas Veterinrias:

bulletBriga entre os ces como neutralizar e acalmar a situao

bulletPerguntas e respostas sobre imunoterapia

bulletConhea a doga yoga para cachorros

bulletAumento da frequncia cardaca em ces

bulletTumor testicular (clulas de sertoli) em ces



Ver todas as Dicas Veterinrias



Colunistas - Veterinrios que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Elaine da Silva Soares Website.: www.facebook.com/elaine.soares.14 Graduada pela Faculdade Multivix, Castelo/ES. Atua como plantonista nas reas de clnica e cirurgia de pequenos animais. CRMV: 01970 VP / ES Contato: (28) 99902 8139 / (28) 99251 >

bullet Marne Campos
aquarismo online [aqol]
www.aquaonline.com.br>

bullet Dra Renata Avancini Mdica veterinria, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ci?ncias pela Faculdade de Medicina Veterinria e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de S?o Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especializao em Produo e Sanidade de Animais de Biotrio pela FMVZ USP. Experi?ncia em clnica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentrao em clulas tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domsticos. Professora de Anatomia Veterinria da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Mdica veterinria na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br>

bullet silvia c parisi mdica veterinria crmvsp 5532>

bullet Gabriel Guerreiro Qual quer deuacute;vida ou sugesteatilde;o enbsp;estarei respondendo no email Gabriel_g_f@hotmail.com no twitter @AdestramentoDOG >



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletJurassic park ii

bulletDeu a louca nos bichos

bulletBingo - esperto pra cachorro (bingo)

bulletCavalo de guerra (war horse)

bulletBatman returns (1992)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletQuem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

bulletUm gato aprende a morrer

bulletAves-simbolos dos estados brasileiros, as

bulletCachorro tem cada uma

bulletCes de guerra

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos