Home Page > Notícias > Cães abandonados atacam estudantes seis vezes em duas semanas na ufes

Cães abandonados atacam estudantes seis vezes em duas semanas na ufes


As vítimas cobram uma solução para o problema. A Universidade disse que vai resgatar os animais e colocá-los para a adoção. Veja os depoimentos.


 


Por Luiza Marcondes, G1 ES


Estudantes relatam ataques de cães na Ufes


Estudantes


Estudantes relatam ataques de cães na Ufes


Os relatos de ataques de cães têm se tornado frequentes na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Nas duas últimas semanas, seis casos foram registrados pelo Departamento de Atenção à Saúde (DAS), da Ufes. Os estudantes dizem que três cachorros grandes costumam agir juntos e o G1 foi até o campus de Goiabeiras, em Vitória, conversar com algumas vítimas.


 



 


A Ufes disse que vai fazer uma operação para que os animais sejam recolhidos e levados para o Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA). Depois de tratados, os cachorros serão colocados para adoção.


Alunos


Alunos relatam ataques de cães na Ufes — Foto: Luiza Marcondes/ G1


 


Ataques


 


Um desses registros de ataque foi com a estudante do 3º período de biblioteconomia Joyce Rangel. Ela conta que estava a caminho da aula, na segunda-feira (3), quando foi atacada pelo grupo de três cães.


“Dos três, só um conseguiu me morder. A mordida foi na canela esquerda e ele só me soltou porque decidiu atacar outra pessoa. Fui em direção ao banheiro, mas minha perna ficou paralisada e outros dois estudantes me socorreram e minha professora me levou ao DAS, para atendimento”.


Após o ataque, a estudante disse que a professora entrou em contato com a ouvidoria da pró-reitoria. Com o machucado ainda sangrando, ela foi levada para o Pronto Atendimento (PA) do Trevo, em Cariacica, onde limparam o ferimento e passaram as vacinas necessárias.


Outro que foi vítima de ataque foi o estudante do 1º período de administração da Ufes, Vitor Pertel. Ele também passou por uma situação semelhante na saída da aula, no dia 5 de setembro. Ao correr para fugir dos cachorros, ele tropeçou e se machucou.


 


“Quando cai, eles vieram para cima de mim. Coloquei a mochila para me defender e eles rasgaram ela. Na queda quebrei minha garrafa de água e perdi meu fone de ouvido”, conta.

 


Outro caso foi relatado pela Samantha Lube. O esposo dela foi mordido em frente a Biblioteca Central da Ufes, na quarta-feira (3). Ela contou sobre isso no grupo da faculdade no facebook.


Estudante


Estudante relata ataque de cães a esposo, na Ufes — Foto: Reprodução/ Facebook


 


Ufes


 


A Ufes informou por nota que os estudantes mordidos por cães receberam atendimento no Departamento de Atenção à Saúde (DAS) e foram encaminhados para uma unidade de saúde, fora do campus.


De acordo com a Prefeitura Universitária, atualmente há três cachorros no campus de Goiabeiras e informou que está agendando uma nova ação de captura para esta semana, com o apoio da Polícia Militar Ambiental e do Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA) da Prefeitura de Vitória.


Segundo a Ufes, a ação mais recente foi dia 30 de agosto, quando um cão foi capturado, restando dois no campus. Mas, na última inspeção foi registrado um terceiro.


 


Cuidados após mordida


 


A gerente de vigilância em saúde da Prefeitura de Vitória, Arlete Frank Dutra, explica que a primeira ação da vítima ao ser atacada por um animal é procurar uma unidade de saúde para que o ferimento seja lavado, lá será estabelecido um protocolo de atendimento e aplicada a vacina contra raiva.


Arlete alerta ainda para a possibilidade de casos de maus tratos e para que não agridam os animais que se encontram abandonados.


“Caso a pessoa encontre um animal com o comportamento agressivo solto na rua, ela deve acionar o centro de zoonose do município para que façam uma avaliação do animal e o recolhimento. Em Vitória, o telefone é o 156 e a ligação é gratuita”.


 


Animais recolhidos


 


Após a captura dos cachorros na Ufes, eles serão levados para o Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA) da Prefeitura de Vitória, onde serão vacinados, castrados e disponibilizados para adoção.


Esse é o destino de todos os animais que são capturados também nas ruas. Para que eles recebam carinho e um lar, a Prefeitura de Vitória faz feiras de adoção de cães e gatos uma vez por mês;


“O resultado da feira é sempre positivo. As população é muito receptiva a esses animais. Além disso, eles são microchipados e fazemos um banco de informações sobre a pessoa que adotou, caso o animal volte para a rua”, disse Arlete.



Fonte da Notícia: https://g1.globo.com/es/espirito-santo/noticia/2018/09/12/caes-abandonados-atacam-estudantes-seis-vezes-em-duas-semanas-na-ufes.ghtml



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletPasse em Casa

bulletPolícia, bandido, cachorro, dentista sérgio sampaio

bulletBoi bumbá

bulletCachorro na feira os paralamas do sucesso

bulletAranha e o tucano



Dicas Veterinárias:

bulletDoença renal policística em cães

bulletVocê sabe qual é o único animal imortal que vive em nosso planeta?

bulletParasite medicina (ivermectina) envenenamento em cães

bulletTravagem, uma doença ou um mito ?

bulletAnormalidade do yorkshire



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Eduardo Lobo, 11 973119698, Rua Lomas Valentinas 358 saude SP, eduardolobo.vet@gmail.com, http://www.equilibriumcursos.com.br , http://www.Facebook.com/Equilibriumvet >

bullet Fábio Brito do http://vida estilo.estadao.com.br/blogs/conversa de bicho/festa junina e pets diversao com seguranca/>

bullet cepav laboratórios
fone: (11) 3872-9553
rua tanabí, 185 - são paulo/sp
www.cepav.com.br>

bullet Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086>

bullet Silvana Souza
médica veterinária
crmv-sp 9617
animalcamp
rua d pedro i n? 663; guanabara - campinas/sp
fone: (19) 32425370 ou 97965242
www.animalcampcjbnet
homeovete@yahoo.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletK-9 - um policial bom pra cachorro (k-9)

bulletBud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver

bulletUm peixe chamado wanda (a fish called wanda)

bulletCavalo de guerra (war horse)

bulletO mar não está prá peixe o mar não está prá peixe



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletAtlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bulletO homem que amava os cachorros

bulletO encantador de cães

bulletCama de gato

bulletQuem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos