Home Page > Notícias > Suinocultura vê dano "inestimável"; canibalismo atinge animais

Suinocultura vê dano "inestimável"; canibalismo atinge animais


Produtores avaliam até mesmo soltar animais, para evitar canibalismo e mais morte


G1-MT


Clique para ampliar


src=


O diretor-executivo da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Custódio Rodrigues


CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO


Devido à paralisação dos caminhoneiros há uma semana, o setor de abate de aves e suínos está sofrendo graves consequências: a inanição e morte de milhares de animais.


 


De acordo com o diretor-executivo da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Custódio Rodrigues, o prejuízo para o setor é “inestimável”.


 


Ele explica que, de um total de 2,5 milhões de suínos que compõem o rebanho no Estado, pelo menos 1,5 milhão já apresentam algum tipo de dano.


 


“Os animais apresentam problemas devido à falta de comida, de mortalidade ou perda de qualidade [da carne]. Isso [a qualidade da carne] para o produtor recuperar é muito difícil”, disse o diretor-executivo.


 


No setor de aves, cerca de 2,1 milhões animais deixaram de ser abatidos diariamente no Estado.


 


O secretário-executivo da Associação Mato-grossense de Criadores de Aves (Amave), Lindomar Rodrigues, explica que, em razão da paralisação, a falta de espaço físico nas granjas compromete a cadeia produtiva.


 


“Estamos tendo perdas na questão de alojamento de aves. Outro problema é que tivemos que reduzir a quantidade de ração, porque a carga está presa em barreiras. Com isso, a partir de hoje, começaremos a ter canibalismo entre os animais”, alerta.


 


A orientação do secretario-executivo é para que os donos de criadouros de aves soltem os animais para diminuir a aglomeração, e assim evitar o risco de canibalismo.


 


No caso da suinocultura, isso também pode acontecer. “A falta de proteína animal causa canibalismo nos animais. Há cada quatro ou cinco dias, se o produtor não der proteínas para eles, que é farelo de soja, eles começam um a comer o outro. E isso já esta acontecendo”, explica o diretor da Acrismat.


 


Em nota, o presidente da Associação dos Criadores de Suínos (Acrismat), Raulino Machado, disse que a greve afeta todo o segmento. "O produto final da atividade, a carne suína, está nos caminhões e, em vez de chegar ao seu destino, a caminho da exportação, ou na mesa do consumidor; a produção está na beira das estradas, a ponto de estragar, já que o produto é perecível", diz trecho da nota.


 


A paralisação ainda pode causar desequilíbrios financeiros e afetar até o pagamento de funcionários.


 


“Além disso o prejuízo, como vai ser pago pelo produtor? Nós temos granjas e frigoríficos por exemplo que tem 1,7 mil funcionários. Como ele vai pagar esse funcionário? Além de óleo diesel, além da falta de locomoção. O País parou, mas, especificamente na questão dos animais, é muito complicado”, afirma Custódio.


 


Dados


 


A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) emitiu nota na sexta-feira (25) afirmando que um 1 bilhão de aves e 20 milhões de suínos estariam recebendo alimentação insuficiente no Brasil.


 


Conforme a associação, cerca de 64 milhões de aves adultas e pintinhos já morreram e um número maior deverá ser sacrificado em cumprimento às recomendações da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e das normas sanitárias vigentes no Brasil.


 


Cerca de 170 plantas frigoríficas de aves e suínos estão paradas no País, segundo a entidade. Mais de 234 mil trabalhadores estão com atividades suspensas.


 


"A situação é caótica, não só para o mercado nacional. Aproximadamente 100 mil toneladas de carne de aves e de suínos deixaram de ser exportadas na última semana. O impacto na balança comercial já é estimado em US$ 350 milhões", disse a nota, em um trecho.


 


Transporte de ração


 


Para reduzir os prejuízos no setor, as associações de criadores se reuniram e criaram um selo de transporte emergencial. A intenção é que o caminhoneiro receba apoio e escolta da polícia e as cargas de ração e de carne possam trafegar sem impedimentos pelas rodovias.


 


“Como não temos tempo hábil para produzi-lo, estamos mandando via e-mail para que a pessoa tire uma cópia do selo, busque a Polícia Militar ou o Exército, e use nossa liminar para conseguir a passagem”, explica Custódio.


 


A Associação conseguiu, por meio de decisão liminar, que cargas de ração e de animais conseguissem seguir nas rodovias.


 


A paralisação


 


Em Mato Grosso, são 30 pontos de paralisação dos caminhoneiros nas rodovias federais. O protesto teve início na segunda-feira (21) e é contra os sucessivos aumentos no preço do óleo diesel, o que estaria tirando a rentabilidade do setor.


 


A manifestação se mantém mesmo após mais uma tentativa do presidente Michel Temer ter anunciado novas medidas contemplando reivindicações da categoria. 


 


A expectativa é que os bloqueios sejam desmobilizados a partir da tarde desta segunda-feira (28). 



Fonte da Notícia: http://www.midianews.com.br/cotidiano/suinocultura-ve-prejuizo-inestimavel-canibalismo-atinge-aves/325631



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletO galo é o dono dos ovos sérgio godinho

bulletTigresa

bulletPedaço de chão

bulletChão de giz

bulletVida de cachorro



Dicas Veterinárias:

bulletLíngua azul

bulletDança com cães

bulletDe olho na boca dos cavalos

bulletSuplementos com pré e probióticos tem papel fundamental na nutrição de cães e gatos

bulletA superprodução de glóbulos brancos na medula óssea em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Fabio Nakabashi (parkvet@gmail.com) CRMVSP 5997 Tel.: (19) 32724001 End.: Av. Francisco de Paula Oliveira Nazareth, 559 Parque Industrial Campinas SP http://parkve6.wix.com/parkvet>

bullet Bruno Evaristo>

bullet Monica Marv?o Cel: 985728281 Atendimento em domiceiacute;lio, cleiacute;nicas, centros diagneoacute;sticos e hospitais. >

bullet Arlette Farias FISH GARDEN (19) 32365073 Campinas SP>

bullet Roberto Delort A. Leite e Laura Celi de Souza Silva >



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletSeefood um peixe fora d agua (seefood)

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)

bulletUm hotel bom pra cachorro (hotel for dogs)

bulletJurassic park ii

bulletDogão - amigo pra cachorro (doogal)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletPassaro-camaleao, o

bulletEnfermidades dos cavalos

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletO homem que amava os cachorros

bulletUm gato aprende a morrer

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos