Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Indaiatuba libera nova geração do "aedes do bem"

Compartilhe em suas redes sociais:

Indaiatuba libera nova geração do "aedes do bem"


Por Renato Piovesan


   


Soltura


Giuliano Miranda


Soltura do primeiro lote no bairro Cecap, em Indaiatuba


Com um mês de atraso, Indaiatuba deu início ontem à liberação da nova geração de mosquitos geneticamente modificados, conhecidos como “Aedes do Bem”, que visam combater o Aedes aegypti, causador de doenças como dengue, zika e chikungunya.


A cidade é a primeira do Brasil a lançar para o ar a linhagem OX5034, uma evolução do inseto já testado e utilizado em municípios como Piracicaba e Juiz de Fora desde 2015.


A ação, desenvolvida pela Prefeitura e pela empresa Oxitec, ocorreu em quatro áreas de Indaiatuba, nas regiões dos bairros Cecap, Jardim Itamaracá, Jardim Moacyr Arruda e Morada do Sol. Outros dois bairros (Jardim Oliveira Camargo e Jardim São Conrado) serão monitorados, para efeitos de comparação, mas não serão tratados com o mosquito geneticamente modificado, sendo usados como áreas controle.


A Liberação Planejada no Meio Ambiente (LPMA) da nova linhagem do “Aedes do Bem” foi aprovada pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) em agosto de 2017, no entanto, as dificuldades burocráticas na obtenção de todas documentações necessárias provocaram um adiamento da liberação dos mosquitos conforme a programação inicial, que havia traçado inicialmente a soltura dos insetos em abril.


O prefeito Nilson Gaspar (MDB) acompanhou a liberação dos mosquitos ontem junto com a secretária de Saúde, Graziela Drigo Bossolan Garcia, e com o CEO da Oxitec, Grey Frandsen. “Estamos colaborando com um trabalho que utiliza modernas técnicas de manipulação genética na tentativa de reduzir a população desse inseto transmissor de graves doenças. Acreditamos que este novo ‘Aedes do Bem’ desenvolvido pela Oxitec trará resultados muito positivos e importantes para a nossa cidade”, destacou.


Os “Aedes do Bem” são mosquitos machos que, portanto, não picam e não transmitem doenças. Uma vez soltos em uma área infestada por mosquitos selvagens, eles buscam as fêmeas para neutralizar a oportunidade de reprodução destas. Por ser geneticamente modificado, o “Aedes do Bem” dá origem a uma prole inviável que, com isso, provoca a redução da população do mosquito transmissor da doença, ao passar adiante o gene auto limitante que possui.


A parceria entre a Prefeitura e a Oxitec não gerou custos ao Município. As avaliações se estenderão por 36 meses, passando por diferentes áreas. Apesar da adoção da tecnologia, a Prefeitura promete continuar investindo nas medidas convencionais de controle ao vetor já adotadas pela Administração nos últimos anos.



Fonte da Notícia: http://correio.rac.com.br/_conteudo/2018/05/campinas_e_rmc/558176-indaiatuba-libera-nova-geracao-do-aedes-do-bem.html



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletComo imobilizar a pata de um cão

bulletEscovar

bulletNovos pets em casa: dificuldades na hora da apresentação

bulletLaminite/aguamento

bulletPancreatite canina


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086

bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br

bullet Prof. Saulo Tadeu Lemos Pinto Filho

bullet Pet Anjo https://petanjo.com/blog/voce deixa seu cachorro cheirar tudo em volta/

bullet Hemovet Laboratório e Centro de hemoterapia veterinária M.V. Simone Gonçalves CRMV SP 10141 Rua José Macedo, 98. Pq São Lucas F. 29188050

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletNós, Os Gatos

bulletCanção do exílio

bulletQuem Saberia Perder

bulletDo jeito que a moçada gosta

bulletAnjo e serpente

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletDeu a louca nos bichos

bulletAnimais unidos - jamais serão vencidos

bulletA quinta execução

bulletAs nove vidas de fritz - o gato (the nine lives of fritz the cat)

bulletCama de gato (cama de gato / cat s cradle)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletAmazonas aguas, passaros, seres e milagres

bulletPequenos passaros

bulletA princesa e o sapo

bulletEnfermidades dos cavalos

bulletO selo da agonia - livro dos cavalos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos