Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Mais uma pessoa morre com suspeita de raiva

Compartilhe em suas redes sociais:

Mais uma pessoa morre com suspeita de raiva


 


   


src=


Shutterstock.com


 


A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) confirma que mais uma pessoa morreu no Estado com suspeita de raiva humana. Já são 14 casos suspeitos de raiva, com sete óbitos, sendo um confirmado laboratorialmente para a doença. O último paciente morreu na quarta-feira, 16, na Santa Casa de Belém. Até então, eram 12 casos notificados para a doença, com seis óbitos, sendo um deles já confirmado.


Até o momento, quatro pacientes seguem internados na Santa Casa, dois no Hospital Regional de Breves e um no Hospital Municipal de Breves, na região do Marajó. A maioria em estado grave.


Coletas sorológicas foram realizadas em todos os pacientes que foram internados, inclusive nos que morreram. Os exames foram enviados para o Instituto Pasteur, em São Paulo, referência no diagnóstico de raiva.


As ações preventivas também aumentaram. No total, foram enviadas 2 mil doses de vacinas antirrábicas e mais 600 frascos de soros antirrábicos. As ações se concentram em localidades ao longo do Rio Laguna, a cerca de 70 km de Melgaço, também na região do Marajó, onde residem aproximadamente mil pessoas.


Até o momento, 700 pessoas tomaram a vacina, que é administrada em quatro doses. Também foram entregues 500 mosquiteiros para a proteção dessa população.


Técnicos da Sespa também fazem a captura de morcegos com o intuito de diminuir a população e fazer o monitoramento. Além disso, é feita coleta de amostras desses animais para exame que detecta a doença.


Desde o dia 4 de maio, equipes da Vigilância Epidemiológica e Vigilância em Saúde investigam as suspeitas, em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) e o Ministério da Saúde.


Todas as vítimas apresentam quadro semelhante, com sinais e sintomas como febre, dispneia, cefaleia, dor abdominal e sinais neurológicos - paralisia flácida ascendente, convulsão, disfagia (dificuldade de deglutir), desorientação, hidrofobia e hiperacusia (sensibilidade a sons, principalmente agudos).



Fonte da Notícia: fonte da notícia



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletCuidado com a pelagem

bulletPrecificação

bulletAs causas e as consequências do raquitismo

bulletSump, o coração do aquário de jumbos

bulletConheça os cuidados que se deve ter ao escolher um petshop


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Prof. Fabiano Gregolin professorfg@uol.com.br

bullet cepav laboratórios
fone: (11) 3872-9553
rua tanabí, 185 - são paulo/sp
www.cepav.com.br

bullet Marcelo Augusto Especialista em Reprodução Equina CRMV SP 16223 http://www.hippusgenesis.com.br/

bullet sergio villa santi svillasanti@aolcom
embaixador da oster no brasil
república dos c?es
avorozimbo maia, 1515, cambui, campinas/sp
fone: (19) 3255-1578

bullet silvia c parisi médica veterinária crmvsp 5532

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletCavalo abandonado

bulletCachorro viralata baby do brasil

bulletVerdade

bulletAsas

bulletO bicho pegou

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletO cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)

bulletRin tin tin - o filme

bulletO mar não está prá peixe o mar não está prá peixe

bulletGatos, fios dentais e amassos (angus, thongs and perfect snogging)

bulletMadagascar iii


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletMemorias de um gato

bulletOs passaros e suas doencas

bulletO cachorro e o lobo

bulletLivro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos