Home Page > Notícias > P scoa: crmv-sp alerta sobre o perigo do chocolate para os pets

P scoa: crmv-sp alerta sobre o perigo do chocolate para os pets


Na Páscoa, os tutores devem ter um cuidado a mais com seus animais de estimação. A ingestão de chocolates por cães e gatos, seja de forma intencional ou acidental, pode causar desde uma intoxicação alimentar até complicações mais graves de saúde que podem, inclusive, evoluir a óbito.


É importante lembrar que o organismo de cães e gatos é diferente do nosso, conforme explica o médico-veterinário Yves Miceli de Carvalho, presidente da Comissão de Nutrição Animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP). "O cacau possui uma substância chamada teobromina. Cães e gatos apresentam uma capacidade reduzida, se comparado aos humanos, de digerir essa substância, por isso ela se torna tóxica para eles."


Os distúrbios gastrointestinais, de acordo com o médico-veterinário, são os problemas mais frequentes decorrentes da ingestão de alimentos que não são próprios para os animais, como o chocolate. "A gravidade do quadro clínico varia de acordo com a quantidade ingerida, a idade, a espécie e o estado de saúde do animal", observa Carvalho.


Efeitos da intoxicação


A médica-veterinária Rosangela Ribeiro Gebara, integrante da Comissão de Bem-Estar Animal do CRMV-SP, comenta que após a ingestão do chocolate o animal pode apresentar aumento da frequência cardíaca, da pressão arterial e da micção (eliminação de urina, que pode contribuir para a desidratação do pet), além de agitação e tremores.


De acordo com Carvalho, elevação da temperatura corporal, vômitos e diarreias também estão entre os sintomas. Segundo o médico-veterinário, apesar dos casos letais serem raros, existe alta incidência de distúrbios gastrointestinais, especialmente em animais de pequeno porte e mais jovens, devido à quantidade de toxina em relação ao peso do cão ou gato. "Fases posteriores ao envenenamento por teobromina incluem ataques epiléticos e morte."


Além dos riscos citados, o chocolate pode acarretar em outros males ao organismo do animal, como obesidade, diabetes, entre outras complicações.


Ingestão acidental deve ser tratada como emergência


Se o seu cão ou gato ingerir chocolate que possa ter sido deixado em local de fácil acesso, o caso deve ser tratado como emergência e um médico-veterinário deve ser procurado imediatamente. O profissional fará uma avaliação clínica e dará os primeiros socorros.


O presidente da Comissão Técnica de Nutrição Animal do CRMV-SP, Yves Miceli de Carvalho, esclarece que os tutores não devem oferecer leite na intenção de cortar o efeito da intoxicação. "Trata-se de um mito e é possível que o leite até potencialize e aumente a ação do tóxico no organismo."


Prevenir é sempre o melhor remédio


É importante ficar atento e não deixar ovos de Páscoa, bombons e outros produtos que contenham chocolate em locais acessíveis a cães e gatos. "Eles podem se sentir atraídos pelo odor ou pela própria embalagem e pegarem o doce às escondidas" alerta Carvalho. Por isso, todas as pessoas que têm contato com o animal, incluindo crianças e idosos, devem ser alertados sobre os riscos e perigos do chocolate para o pet.


Se a ideia do tutor é agradar seu animal de estimação, o indicado é oferecer a ele petiscos elaborados com ingredientes próprios para sua espécie, raça, peso e idade.


Sobre o CRMV-SP


O CRMV-SP tem como missão promover a Medicina Veterinária e a Zootecnia, por meio da orientação, normatização e fiscalização do exercício profissional em prol da saúde pública, animal e ambiental, zelando pela ética. É o órgão de fiscalização do exercício profissional dos médicos-veterinários e zootecnistas do Estado de São Paulo, com mais de 33 mil profissionais ativos. Além disso, assessora os governos da União, Estados e Municípios nos assuntos relacionados com as profissões por ele representadas. 



Fonte da Notícia: CRMV-SP



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletPreciso me encontrar

bulletNo voo da águia, uma viagem sem fim

bulletVendi os bois

bulletHomem com h

bulletTô bem



Dicas Veterinárias:

bulletTratando as doenças oculares dos cães

bulletConduzir a toxicidade em cães

bulletMieloencefalite Protozoária Equina EPM

bulletHipotermia em cães

bulletAs diferenças de cuidados entre c es e gatos



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Alexandre Cury Instrutor de Hipismo
centro hípico mirassol
(19) 32460423 ? 91322162
e-mail: mrpccury@uol.com.br>

bullet Fabiano Gregolin. Administrador de Negócios Mestrando em Comunicação (15) 97776812 fabianogregolin@uol.com.br >

bullet LUIZA CERVENKA DE ASSIS http://emais.estadao.com.br/blogs/comportamento animal/morte e luto o que fazer quando o cachorrogato morre/>

bullet Juliana Bortoletto Clinica Vet health, rua: jose gomes moreno, 50 terra nova 2 S?o Bernardo do Campo/SP , crmvsp 18.377 fone: (11) 41014260>

bullet Américo F. Pelicioni, CRF: 29.670 >



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO encantador de cavalos / o senhor dos cavalos (the horse whisperer)

bulletO cachorro (el perro)

bulletJurassic park iii

bulletÁgua para elefantes

bulletO zelador animal



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletExplicação dos pássaros

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletA princesa e o sapo

bulletOs passaros e suas doencas

bulletCachorro magro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos