Home Page > Notícias > N mero de mortos por febre amarela chega a 340 no pa s

N mero de mortos por febre amarela chega a 340 no pa s


Ao menos 340 pessoas morreram infectadas pela febre amarela no Brasil, segundo o novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (21).


O número se refere ao período de 1º julho de 2017 a 20 de março deste ano, quando foram confirmados 1.098 casos da doença em todo o país. No mesmo período do ano passado, foram registrados 632 casos e 201 óbitos. 


Minas Gerais continua sendo o Estado mais afetado pelo surto, com 453 casos confirmados e 142 mortes. Na sequência, aparecem São Paulo (451 casos e 129 mortes) e Rio de Janeiro (188 casos e 68 mortes). Foram registrados ainda cinco casos no Espírito Santo e um caso que evolui para óbito no Distrito Federal.


Leia também:



O aumento no número de casos e óbitos relacionados à febre amarela está atrelado à chegada do vírus a áreas de maior população e não a um surto pior da doença. A incidência caiu de 6,9 casos a cada 100 mil habitantes para 2,9 a 100 mil/habitantes neste ano. 


Desde julho de 2017, casos de transmissão do vírus da febre amarela apareceram em áreas de grande contingente populacional e que não faziam parte da área de recomendação da vacina. A área de risco neste ano atinge 34,8 milhões de pessoas. Na sazonalidade passada, o surto atingiu uma população de 9,1 milhões de pessoas, muito menor que a atual.


Vacinação ampliada


Ainda assim o Ministério da Saúde anunciou na última terça-feira (20) a recomendação de que a vacina contra a febre amarela seja aplicada em todas as regiões do Brasil.


Atualmente, alguns Estados do Nordeste e parte do Sul e Sudeste não fazem parte das áreas de recomendação de vacina. Mas, a partir da nova orientação, a expectativa é de que 77,5 milhões de pessoas sejam imunizados nessas regiões descobertas.


O Ministério combinou com os Estados que a vacinação será gradual. Até abril de 2019, 1.586 municípios estarão incluídos como áreas com recomendação de vacina, atingindo 100% do território nacional.


Os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia serão os primeiros a estenderem a vacinação a todos os municípios. Nesses três casos, as doses serão fracionadas em um quinto da dose integral, enquanto nos demais Estados, as doses devem ser completas.


Vacina segura


Cerca de 10% dos infectados pelo vírus da febre amarela desenvolvem a forma grave da doença, quando pode haver febre acompanhada de hemorragias, insuficiência hepática, insuficiência renal. De 30% a 60% dos pacientes que desenvolvem a forma grave da doença morrem num período entre 10 e 14 dias. A doença não tem tratamento, a única forma de evitá-la é a vacina.


Já os quadros mais graves decorrentes da vacinação, como efeitos neurológicos ou sintomas da febre amarela provocados pela vacina, ocorrem na proporção de 1 a cada 400 mil pessoas vacinadas. Para os especialistas, a vacina contra a febre amarela é segura. 


Temos visto que mesmo quando não leva a óbito, a febre amarela pode levar à necessidade de transplante de fígado com urgência. Os casos graves são tratados na grande maioria das vezes em UTIs. Diante de uma doença com uma letalidade dessas e que vem se expandindo, a única maneira de evitar é vacinando


Isabella Ballalai, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações.


A vacina contra a febre amarela é contraindicada para pacientes em tratamento de câncer, pessoas com imunossupressão e pessoas com reação alérgica grave à proteína do ovo. A vacinação também impede a doação de sangue por um período de quatro semanas.


Desde o ano passado, o Brasil passou a adotar a recomendação da Organização Mundial da Saúde, que é a de vacinar contra febre amarela apenas uma vez na vida.


Ampliar


Relembre dez epidemias que assolaram o mundo10 fotos


4 / 10


MALÁRIA: Quando os mosquitos infectados se alimentam do sangue humano, eles transmitem os protozoários que causam a doença. Uma vez no sangue, eles crescem dentro dos glóbulos vermelhos, destruindo-os. Anualmente, entre 350 e 500 milhões de casos de malária ocorrem na África subsaariana. Desses casos, mais de 1 milhão resultam em morte VEJA MAIS > Imagem: Thinkstock/Getty Images



Fonte da Notícia: https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2018/03/21/numero-de-mortos-por-febre-amarela-chega-a-340-no-pais.htm



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletLaçador de cachorro tião carreiro e paraíso

bulletFoi daquele jeito

bulletLobo mau

bulletHistória de uma gata

bulletTico - tico



Dicas Veterinárias:

bulletPreciso de um pasto novo!

bulletCachorro com medo de andar de carro

bulletCuidados com os pets em enchentes

bulletAs células tronco mesenquimais na medicina veterinária!

bulletHidratação garante saúde para cavalos na zona rural



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Heloísa Helena Amaro>

bullet Archivaldo Reche, professor de veterinária da USP.>

bullet Juliane Seixas Juliane Seixas Website.: www.facebook.com/veterinariadrajulianeseixas Graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR. Atua como plantonista na área clínica e cirurgica de animais de companhia CRMV: 11430 / PR Con>

bullet Ricardo Assunção>

bullet Camila de Oliveira Cruz Medicina Veterinária na Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo/SP>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletAmor pra cachorro (year of the dog)

bulletUm gato em paris (une vie de chat)

bulletCorrendo pra cachorro (man about dog)

bulletConfusão pra cachorro (dog gone)

bulletO cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCães de guerra

bullet4 vidas de um cachorro

bulletAtlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bulletPequenos passaros

bulletO cachorro e o lobo

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos