Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Home Page > Notícias > Como v rus famoso em cruzeiros cria medo na olimp ada de inverno

Compartilhe em suas redes sociais:

Como v rus famoso em cruzeiros cria medo na olimp ada de inverno


 


Lee


Imagem: Lee Jin-man/AP


19


 


Karla Torralba


Do UOL, em São Paulo


19/02/2018 12h20


Quase 300 pessoas infectadas pelo norovírus, em PyeongChang, na Coreia do Sul, incluindo dois atletas, durante a Olimpíada de Inverno ligou o sinal de alerta nas autoridades e delegações dos países que competem no evento. Existe até mesmo um certo medo sobre uma possível epidemia mundial da doença, pois há preocupação de que as delegações possam trazer a doença para os seus países ao fim da Olimpíada. O vírus não é tão novidade assim, mas um velho conhecido principalmente dos cruzeiros cheio de turistas que navegam pelo mundo inteiro.


“O norovírus é responsável por surtos em navios, escolas e comunidades, por exemplo. Certamente já circula por aqui (Brasil) por recebermos muitos cruzeiros. É aquele caso que todo mundo tem diarreia durante o cruzeiro. Ele já existe no mundo inteiro e, se tem uma Olimpíada, tem uma chance de disseminação, mas não é o caso de achar que o fato de ter nos países da Ásia faria o vírus chegar aqui no Brasil. Ele já circula por aqui”, explicou o médico infectologista Kleber Luz.


Seguranças que trabalhariam nos Jogos foram isolados dias antes da cerimônia de abertura por causa da doença. Dois atletas suíços também foram confirmados com o norovírus e já se recuperaram. Nesta segunda (19), os jornais norte-americanos também publicaram que o pai de James Wisniewsk, um dos jogadores da seleção de hóquei dos Estados Unidos, também foi contaminado. “Estávamos em um táxi e ele começou a vomitar”, contou o atleta à imprensa internacional.


Apesar de ser muito contagiosa (através da ingestão de alimentos e água contaminada e contato com pessoas doentes), a doença geralmente não é fatal e é parecida com o conhecido rotavírus. Causa forte diarreia, febre, vômitos e náuseas. A pessoa infectada precisa ficar isolada e receber auxílio médico, principalmente por conta da grande desidratação que o vírus causa.


“A disseminação é muito fácil e a pessoa contagiada deve ficar isolada. Não pode usar o mesmo banheiro dos outros. É parecido com uma virose. A pessoa chega a ter de 8 a 12 evacuações. A pessoa perde muito líquido. Pode cair o nível de potássio. Se acomete um idoso, por exemplo, pode causar problemas mais graves. É muito difícil ser fatal, a não ser que já tenha outras doenças como alguém que tenha problema nos rins. As lesões no intestino podem levar ao desenvolvimento de intolerância à lactose, mas isso não é causado diretamente pelo vírus", disse o doutor Kleber Luz.


O cuidado com os atletas brasileiros na Coreia do Sul


Basta uma pessoa infectada para que a disseminação seja possível. A delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno toma os cuidados necessários para que nenhum dos nove atletas e integrantes do grupo sejam contaminados.


“O Comitê Organizador tem todos os cuidados para que a doença não entre na Vila Olímpica. Qualquer caso de suspeita, as pessoas são colocadas em quarentena. A vila é considerada um lugar sem risco. O Comitê sabe de qualquer atleta que tenha os sintomas e isso aumenta a segurança. Os atletas foram instruídos detalhadamente sobre isso. Tanto as medidas para não contaminação quanto para falarem qualquer suspeita quanto a isso. Todas as normas estão sendo seguidas”, relatou o médico da delegação brasileira na Olimpíada de Inverno, Roberto Nahon.


Os atletas brasileiros cumprem as orientações do Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre o norovírus, como lavar sempre as mãos, usar antissépticos nas áreas comuns e relatar qualquer alteração gastrointestinal.


Em nota, o COI afirmou que “o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang e as organizações de saúde da Coreia do Sul criaram uma força-tarefa e está colocando em prática as orientações para lidar com o norovírus, que são baseadas nas práticas internacionais. Nesses casos, há três tipos de ações depois que um caso é confirmado e que foi feito: colocar a pessoa contaminada em quarentena; a limpeza sanitária das áreas; e informar a população que pode ser atingida das medidas e precauções que precisam ser tomadas. Continuamos a monitorar a evolução da situação através do Comitê Organizador Local e esperamos qualquer atualização das autoridades públicas diariamente”.



Fonte da Notícia: https://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/2018/02/19/como-virus-famoso-em-cruzeiros-cria-medo-na-olimpiada-de-inverno.htm



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletPássaro da Noite

bulletFui no itororó beber água, não achei mas achei a bela santos, e por ela me apaixonei...

bulletÉ o amor que mexe com minha cabeça e me deixa assim... do sonho de um caipira nascem os filhos do brasil

bulletTigresa

bulletCobra Criada



Dicas Veterinárias:

bulletCólica equina 2

bulletMá nutrição pode causar problemas na visão dos animais de estimação

bulletA sinusite crônica em aves

bulletOlhos vermelhos (episclerite) em cães

bulletReprodutivas anormalidades genéticas em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Regina Incane Ito Médica Veterinária CRMVSP 4612 Paiquerê Pet Center Rua Eraldo Aurélio Franzese, 88 Paiquerê Valinhos SP FONE: (19) 38697743>

bullet Av. Brasil 1772, Jd. Chapadão Campinas/SP * ATENDIMENTO 24HRS * (ao Lado do posto Shell cruzamento com a Imperatriz Leopoldina x Francisco josé de Camargo Andrade) (19) 3212 2601 // (19) 9822 3758 contato>

bullet sergio villa santi svillasanti@aolcom
embaixador da oster no brasil
república dos c?es
avorozimbo maia, 1515, cambui, campinas/sp
fone: (19) 3255-1578>

bullet Revista Cães e cia>

bullet Juliane Seixas Juliane Seixas Website.: www.facebook.com/veterinariadrajulianeseixas Graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR. Atua como plantonista na área clínica e cirurgica de animais de companhia CRMV: 11430 / PR Cont>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletConfusão pra cachorro (dog gone)

bulletOs pássaros 2 - o ataque final (the birds ii: land s end)

bulletHarry, o amigo de tonto

bulletGato e rato (yu mao san xi jin mao shu)

bulletRin tin tin - o filme



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletLivro de banho galinha pintadinha

bulletUm gato aprende a morrer

bulletPequenos passaros

bulletPassaros sao eternos, os

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos