Home Page > Letras de Músicas > Eu nasci há dez mil anos atrás


Eu nasci há dez mil anos atrás


Música : Um dia, numa rua da cidade, eu vi um velhinho sentado na calçada
com uma cuia de esmola e uma viola na mão
o povo parou pra ouvir, ele agradeceu as moedas
e cantou essa música, que contava uma história
que era mais ou menos assim:
eu nasci há dez mil anos atrás
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais (2x)
eu vi cristo ser crucificado
o amor nascer e ser assassinado
eu vi as bruxas pegando fogo pra pagarem seus pecados,
eu vi,
eu vi moisés cruzar o mar vermelho
vi maomé cair na terra de joelhos
eu vi pedro negar cristo por três vezes diante do espelho
eu vi,
eu nasci
(eu nasci)
há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos)
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais (2x)
eu vi as velas se acenderem para o papa
vi babilônia ser riscada do mapa
vi conde drácula sugando o sangue novo
e se escondendo atrás da capa
eu vi,
eu vi a arca de noé cruzar os mares
vi salomão cantar seus salmos pelos ares
eu vi zumbi fugir com os negros pra floresta
pro quilombo dos palmares
eu vi,
eu nasci
(eu nasci)
há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos)
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais (2x)
eu vi o sangue que corria da montanha
quando hitler chamou toda a alemanha
vi o soldado que sonhava com a amada numa cama de campanha
eu li,
eu li os simbolos sagrados de umbanda
eu fui criança pra poder dançar ciranda
e, quando todos praguejavam contra o frio,
eu fiz a cama na varanda
não, não porque
eu nasci eu nasci
(eu nasci)
há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos atrás)
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais
(eu nasci)
há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos atrás)
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais
não, não
eu tava junto com os macacos na caverna
eu bebi vinho com as mulheres na taverna
e quando a pedra despencou da ribanceira
eu também quebrei e perna
eu também,
eu fui testemunha do amor de rapunzel
eu vi a estrela de davi brilhar no céu
e praquele que provar que eu tou mentindo
eu tiro o meu chapéu
eu nasci
(eu nasci)
há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos atrás)
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais

Autores Raul Seixas - Paulo Coelho



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletComo um cão

bulletVida de cachorro os mutantes

bulletComida de peixe

bulletPássaro Livre

bulletFlora



Dicas Veterinárias:

bulletA superprodução de células vermelhas do sangue em cães

bulletO que devemos avaliar na comprar um caozinho

bulletA superprodução de estrogênio em cães

bulletCachorros podem sofrer com osteoporose

bulletO tumor do útero em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Jacqueline R. F. Cremoneze>

bullet Projeto C?o Moderno Felipe Consentini felipe@caomoderno.com.br>

bullet Arlette Farias FISH GARDEN (19) 32365073 Campinas SP>

bullet Silvana Souza
médica veterinária
crmv-sp 9617
animalcamp
rua d pedro i n? 663; guanabara - campinas/sp
fone: (19) 32425370 ou 97965242
www.animalcampcjbnet
homeovete@yahoo.com.br>

bullet Patricia
olives mount kennel>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletÁgua para elefantes

bulletJurassic park ii

bulletBud, o cão amigo - air bud

bulletSilver a lenda do cavalo prateado the silver brumby

bulletCorrendo pra cachorro (man about dog)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO cachorro e o lobo

bulletGato que gostava de cenoura

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bulletPasso, trote, galope - uma familia e seus cavalos

bulletPequenos passaros

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos