Home Page > Dicas Veterinárias > Artrite e artrose em cães

Artrite e artrose em cães


A claudicação, mais conhecida como ?manqueira?, é um sintoma muito comum das enfermidades articulares que acometem os cães, sendo muito freqüente ser observada nesta época do ano devido ao frio o objetivo deste artigo é esclarecer rapidamente quais são os principais componentes de uma articulação e o seu metabolismo normal, e assim comentar sobre os diversos fatores que predisp?em ao animal apresentar artrit /ou artrose, que elevam ao aparecimento de dor e sensibilidade articulares este ntendimento torna-se importante para a instituição da terapia adequada e avaliação da resposta frente ao tratamento, e fornece subsídios para o aspecto preventivo destas enfermidades, que mostra-se mais econômico evita sofrimento ao animal uma articulação é composta, em resumo, pelas extremidades ósseas que a comp?em (epífises ósseas), pelas cartilagens articulares anexas a estas extremidades, pela membrana sinovial e pelo líquido sinovial (aquilo que conhecemos como ?água do joelho?, no caso desta articulação) ligamentos, músculos e tend?es ajudam na fixação da articulação, permitindo seu funcionamento perfeito a artrite, processo inflamatório da articulação, leva ao aparecimento de alguns sinais como aumento de sensibilidade na regi?o, o que eleva ? claudicação; aumento de volume de temperatura e, em casos mais graves, perda de amplitude da movimentação, ou seja, quando não tratada pode levar ? perda de capacidade de flex?o extensão da articulação já a artrose possui um caráter mais crônico, está definida como sendo o processo degenerativo da articulação em geral é menose elesiva quando comparada ? artrite, até porque teoricamente possui uma evolução mais lenta, porém requer o mesmo protocolo de tratamento, que está fundamentado na diminuição do processo inflamatório e na reconstrução do tecido cartilaginoso lesado a diminuição da inflamação é importante uma vez que diminui o inchaço e a dor na regi?o, propiciando o retorno da movimentação normal da articulação os principais compostos utilizados para este fim são os antiinflamatórios não-esteroidais (aine?s), sendo que alguns se destacam por possuírem predileção para o tecido músculo-esquelético, como por exemplo a monofenilbutazona, que inclusive apresenta baixos índices de feitos colaterais em nível gástrico a administração de medicamentos antiinflamatórios isoladamente, no entanto, não é o suficiente para o tratamento de enfermidades articulares; inclusive, pode até ser perigosa, uma vez que o animal, sentindo menos dor, poderá aumentar o grau de lesão das estruturas articulares, já danificadas pelo processo inicial sendo assim, o protocolo ideal de tratamento seria a associação entre compostos antiinflamatórios e os chamados protetores articulares, que são produtos a base de glicosaminoglicanos, os componentes que formam a cartilagem articular uma vez estabelecido um processo inflamatório na articulação, as superfícies articulares, compostas por cartilagem, perdem sua composição natural, diminuindo a concentração de glicosaminoglicanos (com destaque para o sulfato de condroitina), o que faz com que elas tenham uma menor capacidade de absorção de impactos, levando a uma lesão ainda maior ainda, o inchaço da regi?o leva a uma diminuição da viscosidade do líquido sinovial, o qual é responsável pela lubrificação e pela nutrição das superfícies articulares isto acaba por agravar ainda mais o processo que, quando não tratado, torna-se cada vez mais selesivo e comprometedor para a movimentação da articulação desta maneira, o principal protocolo de tratamento de enfermidades articulares em cães consiste na diminuição da inflamação estabelecida, através da administração de compostos anti inflamatórios, e na suplementação com princípios que tenham a capacidade de recompor o tecido cartilaginoso lesado o sulfato de condroitina tipo a, principal constituinte da cartilagem articular, pode, inclusive, nos casos mais graves, ser administrado pela via injetável em casos específicos, poderá ainda ser utilizado em associação ao ácido hialurônico, um outro tipo de glicosaminoglicano, que está relacionado com a viscosidade do líquido sinovial a administração de ácido hialurônico aumenta a capacidade de lubrificação deste líquido, pelo aumento da viscosidade, e diminui o grau de lesão do tecido cartilaginoso apesar de tudo isso ser fundamental para a recuperação do animal, mais importante que o tratamento é o caráter preventivo, que evita o sofrimento do animal é comprovadamente menos custoso, conforme comentado anteriormente além do frio, são alguns fatores que predisp?em ao aparecimento de dor e sensibilidade articular nos cães: caráter hereditário de algumas enfermidades, como a displasia coxo-femural, em raças de grande porte (muito comum no pastor alem?o e no rottweiler); ambientes com piso liso, que elevam a um sobre-esforço da articulação coxo-femural; obesidade (dados recentes estimam que 25 a 35% dos cães estejam acima do peso); idade, (animais idosos são mais predispostos ? artrose), e a alimentação sendo o tecido cartilaginoso bastante dinâmico, ou seja, mantém-s em constante equilíbrio entre estímulose elesivos do dia-a-dia e reparação de micro-les?es provocadas por estes estímulos, a prevenção deve ser procedida através da administração oral de componentes que auxiliam na reposição do tecido cartilaginoso lesado, que eleva ao aparecimento de dor os principais produtos existentes no mercado para este fim são a base de sulfato de condroitina, devendo ser administrados diariamente (ou de acordo com o nível de atividade de cada animal), por via oral, misturado ao alimento ou diretamente na cavidade oral

Gustavo B. Mano

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletLinha do horizonte

bulletRock das aranha

bulletGato pensa? Adriana Calcanhotto

bulletBanzo

bulletO beijo da mulher aranha



Dicas Veterinárias:

bulletSeu cão é agressivo com outros cães

bulletInseminação artificial em cães

bulletLipidose hepática

bulletDesordem nervosa que afecta múltiplos nervos em cães

bulletDoença periapical equinos



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Dra Cleuma Ferreira, Medica Veterinária, telefone 11 41164783, Rua Jacira, 80 Moema São Paulo/SP, contato@dracleumaferreira.com, www.dracleumaferreira.com, instagram @endocrinopatinha, facebook/endocrinopatinha>

bullet O Clube Pet Memorial está localizado na Avenida Sadae Takagi, 860, em S?o Bernardo do Campo, no Grande ABC, acesso pelo km 20 da Rodovia dos Imigrantes, telefones (11) 4343.0000 e (13) 3222.2949, 0800.772.8885 site www.petmemorial.com.br>

bullet Av. Brasil 1772, Jd. Chapad?o Campinas/SP * ATENDIMENTO 24HRS * (ao Lado do posto Shell cruzamento com a Imperatriz Leopoldina x Francisco josé de Camargo Andrade) (19) 3212 2601 (19) 9822 3758 contato@edosbichos.com.br>

bullet carlos alexandre pessoa
médico veterinário (11) 99112330 www.animalexotico.com.br>

bullet Fabio Nakabashi (parkvet@gmail.com) CRMVSP 5997 Tel.: (19) 32724001 End.: Av. Francisco de Paula Oliveira Nazareth, 559 Parque Industrial Campinas SP http://parkve6.wix.com/parkvet>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletQualquer gato vira-lata

bulletUm hotel bom pra cachorro (hotel for dogs)

bulletQuigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bulletUm homem, um cavalo, uma pistola (un uomo, un cavallo, una pistola / a man, a horse, a gun)

bulletK-9 - um policial bom pra cachorro (k-9)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletO homem que amava os cachorros

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

bullet4 vidas de um cachorro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos