Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Automedicação

Compartilhe em suas redes sociais:

Automedicação



Automedicação

Animais t?m fisiologia diferente dos seres humanos reagindo de forma diferente aos inúmeros medicamentos existentes no mercado. existem medicamentos humanos que não são liberados para uso em animais e vice-versa.

Casos de intoxicação envolvendo medicamentos são comuns na prática clínica. Proprietário tentando aliviar o sofrimento do animal acaba por piorar a situação administrando errôneamente um fármaco qualquer. MEDICAMENTOS PROIBIDOS e/ou QUE NECESSITAM CUIDADOS PARA C?ES:

- AINES: Antiinflamatórios não-esteroidais, principalmente Diclofenaco de sódio e potássio (Cataflan e Voltaren), Ibuprofeno, Fenilbutazona, Piroxican. Causam lesões gastrointestinais graves e, em alguns casos mais severos, insufici?ncia renal aguda. - Cloridrato de fenazopiridina(Pyridium): Antisséptico urinário. Tóxico para rins e fígado, pode causar reação de hiperssensibilidade e meningite asséptica. - Ivermectina (Ivermecreg, Vermectilreg, Ivomecreg; entre outros). A ivermectina tem amplo uso em cães, mas os raças Collie, Border Collie, Pastor de Shetland, Sheepdog, Pastor Australiano e todos os seus cruzamentos são intolerantes ao seu princípio (mutação do gene MDR1), apresentando sérias alterações neurológicas. Atenção para seus similares TODAS as Avermectinas e Milbemicinas t?m sua toxicidade para essas raças. - Acetaminofem/Paracetamol (Tylenolreg;): por incapacidade de sulfatação do medicamento ocorre lesões hepáticas severas e problemas de hemólise (quebra de hemáceas). - 5- Fluororacil (Efurixreg;). De uso tópico se ingerido causa grave intoxicação. - Risperidona (Risperidonreg;). - Metronidazol (Flagylreg;). Dose alta pode causar sintomas neurológicos. - Sulfa-Trimetroprina (Bactrimreg;). Quando em dose alta podem causar displasia de medula óssea levando a anemia e Hepatopatia em Labradores. - Sulfassalazina (Azulfinreg;). Pode causar olho seco (KCS) nos cães. - Aspirina. A dos em cães deve ser muito menor que a dos em humanos. - Antidepressivos: Tricíclicos ou Inibidor Seletivo de Recaptação de Serotonina (Prozac, Amitriptilina, Tryptanol). Pode causar desde letargia até síndrome da serotonina que pode ser fatal.

- Vitamina D e derivados: os cães e gatos são particularmente sensíveis a fármacos com evitamina D ou calciferol. Quando ingeridos podem levar a picos de cálcio no sangue dos animais que provocam vómitos, perda de apetite, falha de rins nas 24 horas após a exposição.
- Baclofeno. Este princípio ativo usado em medicamentos para o relaxamento muscular pode interferir no sistema nervoso central dos animais, causando desorientação, ataques, coma e mesmo a morte.
- Metilfenidato. Os medicamentos que t?m este princípio activo (Ritalin, por exemplo) são utilizados no tratamento da Hiperatividade e Défice de Atenção. Nos cães e gatos, os medicamentos produzidos com metilfenidato agem como estimulantes elevando o ritmo cardíaco, pressão sanguínea e temperatura, podendo causar ataques.
- Fluorouracila. Os medicamentos produzidos com base na fluorouracila são usados no tratamento tópico de cancro nos humanos, mas se ingeridos pelos animais são extremamente tóxicos. Podem tornar-se rapidamente fatais e causam vómitos, ataques e paragens cardíacas.
- Isoniazida. Geralmente utilizado no combatátuberculose, nos animais pode provocar ataques. Os cães são particularmente sensíveis pois não conseguem fazer a metabolização deste princípio activo de forma t?o eficaz como os humanos ou até outros animais.
- Pseudoefedrina. Utilizada como descongestionante nasal, a pseudoefedrina não seria á partida algo com que nos dev?ssemos preocupar. A verdade é que nos animais actua como um estimulant pode provocar o aumento da frequência cardíaca, temperatura e pressão sanguínea e causar ataques.
- Antagonistas beta. S?o medicamentos sobretudo utilizados para prevenir e controlar crises de arritmia. A ingestão de pequenas doses pode causar problemas sérios nos animais. Leva á diminuição da pressão sanguínea e do ritmo cardíaco podendo colocar o animal numa situação de risco de vida.

MEDICAMENTOS PROIBIDOS E/OU QUE NECESSITAM CUIDADOS PARA GATOS

- AINES: Antiinflamatórios não-esteroidais:

Acido acetil salicílico (Aspirinareg;)
Paracetamol (Tylenolreg, Anadorreg;). Destaque pelo alto grau de intoxicação, principalmente em gatos machos. Provoca lise de hemáceas causando desde distúrbios neurológicos a edemas e insufici?ncia respiratória.
Piroxican (Feldenereg, Inflamenereg;)

Ibuprofeno (Advilreg;) Diclofenaco potássio (Cataflanreg;) Diclofenaco sódico (Voltarenreg;) - Azul de Metileno - Salicilato de Bismuto (Pepto Bismolreg, Peptozil reg;)
- Enema de Fosfato (Fleet Enemareg;)
- Xampu a base de Alcatr?o (Sebotrat -Oreg, Ionil Treg, Politarreg;)
- Xampu com Benzoato de Benzila (Acarsanreg;)
- Xampu com Acido salicílico.
- Xampu com Sulfeto de Sel?nio (Selsun Ouroreg, Selsun Azulreg;)
- Peroxido de Benzoila usar com cautela (Peroxidexreg, Sana Dogreg, Pertopicreg;)
- Piretróide (Antiparasitário como Butoxreg; )
- Levamisol (Ascaridilreg;)
- Azatioprina (Imuramreg;) - Antidepressivos: Tricíclicos ou Inibidor Seletivo de Recaptação de Serotonina (Prozac, Amitriptilina, Tryptanol). Pode causar desde letargia até síndrome da serotonina que pode ser fatal. - Vitamina D e derivados: os cães e gatos são particularmente sensíveis a fármacos com evitamina D ou calciferol. Quando ingeridos podem levar a picos de cálcio no sangue dos animais que provocam vómitos, perda de apetite, falha de rins nas 24 horas após a exposição.
- Baclofeno. Este princípio ativo usado em medicamentos para o relaxamento muscular pode interferir no sistema nervoso central dos animais, causando desorientação, ataques, coma e mesmo a morte.
- Metilfenidato. Os medicamentos que t?m este princípio activo (Ritalin, por exemplo) são utilizados no tratamento da Hiperatividade e Défice de Atenção. Nos cães e gatos, os medicamentos produzidos com metilfenidato agem como estimulantes elevando o ritmo cardíaco, pressão sanguínea e temperatura, podendo causar ataques.
- Fluorouracila. Os medicamentos produzidos com base na fluorouracila são usados no tratamento tópico de cancro nos humanos, mas se ingeridos pelos animais são extremamente tóxicos. Podem tornar-se rapidamente fatais e causam vómitos, ataques e paragens cardíacas.
- Pseudoefedrina (Claritinreg, Tylenol Sinusreg, Loratadinareg;). Utilizada como descongestionante nasal, a pseudoefedrina não seria á partida algo com que nos dev?ssemos preocupar. A verdade é que nos animais actua como um estimulant pode provocar o aumento da frequência cardíaca, temperatura e pressão sanguínea e causar ataques. - Antagonistas beta. S?o medicamentos sobretudo utilizados para prevenir e controlar crises de arritmia. A ingestão de pequenas doses pode causar problemas sérios nos animais. Leva á diminuição da pressão sanguínea e do ritmo cardíaco podendo colocar o animal numa situação de risco de vida

Contatos dos Autores:
Fabio Nakabashi (parkvet@gmail.com) CRMVSP 5997 Tel.: (19) 32724001 End.: Av. Francisco de Paula Oliveira Nazareth, 559 Parque Industrial Campinas SP http://parkve6.wix.com/parkvet



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletSiamesa arranca pelos

bulletHigienização

bulletO que é diabetes?

bulletO colesterol alto em cães

bulletMeu animal sara mas volta a aprensentar fungos (dermatofitose)


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br

bullet Veridiana Martins Dias
(41) 8891 6887
www.adestramentoamigofiel.com
Amigo Fiel Adestramento

bullet Rita Ericson http://bichosaudavel.com/meu cao late demais/

bullet carlos alexandre pessoa
médico veterinário (11) 99112330 www.animalexotico.com.br

bullet Gabriela Rodrigues Zootecnista, trabalho com nutrição animal e consultoria. (013)99192 3249 @gabriela.zootecnista Facebook: Gabriela Rodrigues Zootecnista

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletMenina veneno

bulletDesce do cavalo

bulletO bicho pegou

bulletEstilo cachorro

bulletSalve jorge! o guerreiro na fé

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletUm gato em paris (une vie de chat)

bulletK9 - um policial bom pra cachorro

bulletRio

bulletTubarao i

bulletCompramos um zoológico


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO estranho caso do cachorro morto

bulletO gato que tocava brahms

bulletO cachorro e o lobo

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

bulletLivro de banho galinha pintadinha

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos