Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Ritmo idioventricular em cães

Compartilhe em suas redes sociais:

Ritmo idioventricular em cães



Quando os impulsos do nó sinusal de condução são bloqueados ou inibidos de alcançar os ventrículos, o papel de marcapasso é assumida pelo menor coração, resultando em ritmo indioventricular, ou fuga complexos ventriculares; que é, batimentos cardíacos irregulares. Acelerados ritmos idioventricular ocorrem principalmente devido a uma flutuação no batimento cardíaco. Agrave;s vezes a leitura ECG mostrará taxa de um cão batimento cardíaco em menos de 65 batimentos por minuto (bpm). A taxa normal para cães é 70-180 bpm - mas varia de acordo com idade e raça. Para filhotes de cachorro, the rate is 70-120 bpm, e para o brinquedo era taxa bpmderate is 70-220 bpm.

Este sistema de condução elétrica gera impulsos elétricos (ondas), que se propagam por toda a musculatura do coração, estimular os músculos do coração se contrair mpurrar o sangue através das artérias interior e fora para dentro do corpo. Há dois nós (massas de tecido) presente no coração que desempenham um papel importante neste sistema de condução. O nó sinusal, ou sinoatrial (Sáb.) node, cluster é uma coleção de células semelhantes localizado no átrio direito, seu propósito de ser para gerar impulsos elétricos e para servir como pacemaker do coração. O outro nó é chamado de atrioventricular nó node. O nó AV recebe impulsos a partir do nó SA, e depois de um pequeno atraso, direciona os impulsos para os ventrículos. Este atraso permite o átrio para ejetar o sangue para o ventrículo antes da contração muscular ventricular.

Eexame clínico mostra um ECG leitura de uma onda P que está ausente ou está escondido entre o complexo QRS (o valor indicado por um simples piscar de olhos). Raramente la vem após o complexo QRRS; a onda P é encontrado geralmente ocorrem no lugar errado (ectópica). Não há conex?o entre as ondas P eo complexo QRS no gráfico ECG. Arranjo do complexo QRS está desorientado. É muito amplo e se alinha com o complexo do sistema ventricular prematura.

Somente os cães que t?m um mecanismo de corpo fraco ou doença subjacente sofrem desta doença, cães saudáveis não são afetados por esta desordem. In addition, esta doença ocorre devido á organização gene não parece ter qualquer base hereditária. Contudo, uma disposição foi encontrado para ocorrer em algumas raças mais do que outros. Por exemplo, Springer Spaniels são conhecidos por apresentar-se com paralisação atrial - uma aus?ncia de atividade elétrica nos átrios, que desliga o mecanismo de coração e afeAlémde sangue. In addition, outras raças, como Pugs, Dálmatas, e os Schnauzers, são conhecidas por sofrer irregularidades de condução. A preval?ncia desta doença ainda não foi determinada.

Sintomas e tipos de

Embora existam alguns casos onde não há sintomas visíveis que seja, alguns dos mais típicos incluem:

Fraqueza
Insufici?ncia cardíaca
Letargia
Desmaios irregulares
Intolerância ao exercício

Causas

Sinusal bradicardia sinusal ou

Aumento do tônus vagal (o impulso que inibe o coração de bater com muita frequência)
Insufici?ncia renal
Doença de Addison
Hipotermia
Hipoglicemia
Hipotireoidismo
medicamentos - anestésicos, digoxina, quinidina, ou tranquuml;ilizantes

AV bloco

Neoplasia (crescimento de tecido anormal)
Fibrose
A doença de Lyme (carrapato infecção cargo)
Cong?nito

Diagnóstico

Você vai precisar de dar o seu veterinário uma história completa da saúde do seu cão e início dos sintomas. Qualquer doença anterior, especialmente medicamentos que requeriam, ter?o de ser cobertos fro seu veterinário para fazer um diagnóstico rápido e preciso. Eexames laboratoriais incluem um hemograma completo perfil, um perfil químico no sangue, um hemograma completo, e um exame de urina. O exame de sangue irá mostrar qualquer anormalidades metabólicas que estão presentes no corpo do seu cão. Seu veterinário também irá verificar se há possíveis efeitos secundários devido a medicamentos, tais como a digoxina, tranquuml;ilizantes, anethetics ou que tenham sido utilizados para tratar o seu cão.

Um eletrocardiograma (ECG, ou ECG) gravação pode ser usada para examinar as correntes elétricas nos músculos do coração, e pode revelar qualquer anormalidade na condução elétrica cardíaca (que subjaz a capacidade do coração de contrair / vencer), ou pode mostrar um problema estrutural do coração. Se uma massa é suspeito pode ser visualizado em X-Ray ou ultra-som, e no caso em que um é encontrado, seu veterinário pode precisar de tomar uma amostra da massa para biópsia.

Taxa de batimento lento do coração, e variando ondas P e QRS também pode ajudar no diagnóstico de ritmo idioventricular.

Tratamento

Ritmo idioventricular não tem nenhum tratamento padr?o, pois é uma doença secundária. Que é, é secundária a outra condição subjacente, ela não existe como uma condição solitária. A condição subjacente terá que ser tratada, juntamente com o tratamento que é feito para aliviar os sintomas externos. O foco será no aumento da frequência cardíaca e manter um ritmo estável. Medicamentos podem ser prescritos para o aumento da frequência cardíaca, ou para o bloqueio do tônus vagal. Se a terapia medicamentosa não é eficaz, um implante de marca-passo pode ser usado para manter o batimento cardíaco stabilizar as válvulas cardíacas.



Contatos dos Autores:
internet



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletA importancia da fisioterapia veterinária para o seu animal

bulletReprodutivas anormalidades genéticas em cães

bulletDoença de addison em cães

bulletCuidados de saúde do seu gato

bulletPseudociese ? gravidez psicológica canina


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Juliana Bortoletto Clinica Vet health, rua: jose gomes moreno, 50 terra nova 2 São Bernardo do Campo/SP , crmvsp 18.377 fone: (11) 41014260

bullet Marco Antonio Gioso FMVZ USP

bullet Patricia Oliveira

bullet REINALDO CORTIVATO , GINETE DA RAÇA LUSITANA HÁ 22 ANOS. MEU CEL:019 98909122 enbsp;HARAS MINERAL ITAPIRA.

bullet Fabio Nakabashi (parkvet@gmail.com) CRMVSP 5997 Tel.: (19) 32724001 End.: Av. Francisco de Paula Oliveira Nazareth, 559 Parque Industrial Campinas SP http://parkve6.wix.com/parkvet

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletAuto do boi

bulletLuz, paixão, rodeio

bulletMorro Velho

bulletClara crocodilo arrigo barnabé

bulletTelevisão de cachorro pato fu

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletMoby dick

bulletQualquer gato vira-lata

bulletBirdman

bulletUma cilada para roger rabbit

bulletConfusão pra cachorro (dog gone)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO gato de botas

bulletVida de cão

bulletUm gato aprende a morrer

bulletEnfermidades dos cavalos

bulletAmazonas aguas, passaros, seres e milagres

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos