Home Page > Dicas Veterinárias > Nervo óptico inchaço em cães

Nervo óptico inchaço em cães


Neurite óptica em cães

Neurite óptica refere-se a uma condição na qual um ou ambos os nervos ópticos est?o inchados, resultando na função visual prejudicada. O nervo óptico, ás vezes chamado de nervo craniano, é um nervo no olho que eleva a informação visual e transmite para o cérebro. Neurite óptica oftálmica afeta os sistemas nervoso e do corpo.

A forma primária de neurite óptica é incomum e normalmente afeta apenas os cães com idade inferior a tr?s anos de idade. A forma secundária de neurite óptica, contudo, em que a doença é secundária a outra doença, como o sistema nervoso central (CNS) disfunção, é mais comum.

Neurite óptica pode afetar cães e gatos. Se você gostaria de saber mais sobre como a doença afeta gatos, por favor visitee esta página na biblioteca de saúde PetMD.

Sintomas e tipos de

Neurite óptica pode ser uma doença primária ou uma doença secundária, o que significa que ocorre devido á presença de outra doença no organismo, como um sistema nervoso central (CNS) disfunção. Neurite óptica é secundária á doença do SNC sistemática, pois o nervo óptico se comunica com as camadas mais externa do cérebro (espaço subaracnóide).

Sintomas de neurite óptica aguda incluem (súbito) aparecimento da cegueira e defici?ncias parciais de visão. Um exame físico pode revelar a cegueira ou visão reduzida em um ou ambos os olhos, pupilas fixas e dilatadas, e um reflexo de luz diminuiu de alunos. Um exame da superfície anterior da cavidade do olho pode revelar um disco óptico inchados, ou hemorragia focal.

Causas

Como mencionado anteriormente, neurite óptica primário é muito raro, enquanto neurite óptica secundária é mais comum. Causas de neurite óptica secundária variam muito. As possíveis causas incluem neoplasias, que é um crescimento anormal das células, como um tumor; micoses sist?micas (uma infecção fúngica); uma doença parasitária conhecida como toxoplasmose; ou envenenamento por chumbo.

Em alguns casos, a doença é considerada idiopática, o que significa que parece surgir espontaneamente a partir de uma causa obscura e sem origem específica pode ser identificada.

Diagnóstico

O procedimento de diagnóstico em casos de suspeita de neurite óptica geralmente inclui uma análise do líquido cefalorraquidiano (o fluido de proteção transparente no crânio, em que o cérebro flutua), e um eletrorretinograma, a fim de investigar a capacidade de funcionamento da retina do olho.

Procedimentos adicionais de diagnóstico pode incluir uma tomografia computadorizada (CT) ou ressonância magnética (MRI) scan, análise de urina, e perfil completo de sangue químicos para a presença de fungos, vírus, ou protozoários que podem estar causando uma infecção. terá de dar uma história completa da saúde do seu cão, início dos sintomas, e possíveis incidentes que possam ter precedido esta condição para continuar a ajudar o seu veterinário para fazer um diagnóstico.

Tratamento

Tratamento para a neurite óptica é diretamente dependente da doença básica que elevou á condição. Certos procedimentos e medicamentos pode ser dada se a doença primária é identificável. Se nenhuma causa específica pode ser identificada, certos medicamentos podem ainda ser prescritos pelo seu veterinário para ajudar a aliviar os sintomas.

O prognóstico final para cães com neurite óptica é basicamente dependente da causa subjacente da doença.



internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletAnunciação

bulletDona

bulletReidosratos

bulletA Lenda do Peixe Francês Validuaté

bulletNelore valente



Dicas Veterinárias:

bulletA importancia da fisioterapia veterinária para o seu animal

bulletCuidado com a giárdia

bulletDeslocamento rótula em cães

bulletComportamento de cães e gatos

bulletCuidados com os pets em enchentes



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet ana cláudia de souza andrade gatil gatto dimaili rua tarobá,95 - jdmaria luiza - cascavel, pr fones: (45)222-8797/9965-9935 >

bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ci?ncias pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de S?o Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br>

bullet CEPAV Centro de Patologia Clínica Veterinária Ltda. Rua Tanabi, 185 Água Branca S?o Paulo SP. CEP. 05002 010 Tel.: (11) 3872 9553>

bullet Magda Izidio de Souza, Médica Veterinária>

bullet Sergio Lobato www.sergiolobato.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletMulher-gato (catwoman)

bulletQuigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bulletA lenda do homem crocodilo (the legend of gator face)

bulletNas montanhas dos gorilas

bulletBirdman



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletMemorias de um gato

bulletUrologia e nefrologia do cão e do gato

bulletA volta do gato preto

bulletO gato e a revolução

bulletCachorro magro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos