Home Page > Dicas Veterinrias > Brônquios estreitados em cães

Brônquios estreitados em cães


Bronquiectasia em cães

A traquéia, ou tubo de vento, se divid em dois brônquios principais, o que mais divide várias vezes em bronquíolos menores, formando a árvore brônquica que se alimenta de ar para os pulmóes.

Na bronquiectasia, brônquios são irreversivelmente dilatada devido á destruição dos componentes elástico e muscular das paredes das vias aéreas, com ou sem acúmulo de secreções pulmonares acompanham. Dilatação e acúmulo de secreções perpetua a lesão pulmonar, convidar infecções para resolver, e comprometer a função pulmonar em paciente. Cocker spaniels americano, West Highland white terrier, O poodle miniatura, Huskies siberianos, springer spaniels e Ingl?s est?o predispostos a esta condição. Bronquiectasia pode ocorrer em qualquer idade, mas comumente visto cães de meia-idade ou mais velhos que a doença pulmonar crônica.

Sintomas e tipos de

Tosse crônica (úmidas e produtivas)
Hemoptise (tosse com sangue) em alguns cães
Febre intermitente
Letargia
Exercício ou trabalho intolerância
Respiração rápida
Dificuldad em respirar normalmente e, especialmente após o exercício
Secreção nasal crônica

Causas

Discinesia ciliar primária (mau funcionamento dos cílios da mucosa limpeza nos pulmóes)
De longa data infecções
Infecções inadequadamente tratada ou inflamações nos pulmóes
Fumo ou inalação de produtos químicos
Pneumonia por aspiração (pneumonia causada por alimentos, vômito, ou outro conteúdo a ser respirado para os pulmóes)
Exposição á radiação
Inalação de toxinas ambientais seguidas por infecções
Obstrução dos brônquios devido a um corpo estranho
Neoplasia do pulm?o

Diagnóstico

As causas são variáveis que podem levar a inflamação brônquica em seu cão. Portanto, uma história detalhada e um exame físico completo são essenciais para o diagnóstico. Você vai precisar de dar o seu veterinário uma história completa da saúde do seu cão, o início dos sintomas, e possíveis incidentes que possam ter levado a essa condição. Padr?o de testes laboratoriais incluir?o hemograma completo (CBC), profiling bioquímica, exame de urina. Gasometria irá revelar informações sobre os aspectos funcionais dos pulmóes.

Estes testes ser?o úteis na procura de infecções ou outras alterações relacionadas á doença de base. Seu veterinário também terá imagens de raios-x do tórax, trato respiratório, e brônquios, que pode ou não pode mostrar anormalidades na arquitetura dos pulmóes, incluindo a dilatação dos brônquios.

Espera-se que os raios X irá revelar alterações características nos brônquios que est?o relacionados a esta doença, mas que nem sempre é o caso. Outras mudanças nos pulm?es relativos a infecções crônicas em geral pode ser visualizado utilizando raios-x. Inflamação a longo prazo vai deixar provas que podem ser examinados visualmente. Teste mais sensível, como tomografia computadorizada (CT) exploração, pode ser usado para alguns pacientes, este teste pode revelar informações mais detalhadas sobre as mudanças estruturais nos pulmóes. Seu veterinário também irá recolher amostras de tecidos e fluidos dos brônquios para avaliação laboratorial.

Tratamento

Em caso de doença grave, seu cão pode precisar de ser hospitalizado por alguns dias. Tratamento de emerg?ncia, incluindo fluidoterapia, oxigenoterapia, e remoção de líquido viscoso do pulm?o será conduzido para superar a crise. Antibióticos são frequentemente usados para erradicar o organismo infeccioso, e fisioterapia podem ser usados para melhorar a limpeza de secreções dos pulmóes. Seu veterinário irá recomendar minimizando a exposição a substâncias irritantes como poeira, fumaça, compostos em aerossol, e ambientadores, o que pode complicar ainda mais a doença. Medicamentos anti-inflamatórios podem ajudar a reduzir os sintomas do seu cão, tornando a respiração mais fácil. Em casos graves, remoção cirúrgica do lobo pulmonar afetado pode ser necessário.

>

internet

O contedo presente no texto acima responsabilidade dos Autores citados

Gostou do contedo animal acima! Ento compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Msica com temas Animais:

bulletChora viola

bulletO bicho pegou

bulletLuz do meu samba

bulletPassaro Ferido

bulletCrocodilo



Dicas Veterinrias:

bulletDoenças de pele de alergias em cães

bulletSíncope (desmaio) em cães e gatos

bulletAngiografia pulmonar

bullet13 super cuidados indispens veis para ter com o seu pet no ver o

bulletEntenda porque você deve tirar o guizo da coleira do seu gato



Ver todas as Dicas Veterinrias



Colunistas - Veterinrios que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Marina Rodrigues http://adestradoradecaes.blogspot.com.br/>

bullet Revista Cães e cia>

bullet por Priscila Pinheiro - Pet Sitter

 

Bicho Feliz Pet Sitter

Site: https://sites.google.com/site/bichofelizpetsittercotiasp/

Whatsapp e celular: (11) 98586-9212

Twitter: @bichofelizps

>

bullet tatiana lermontov - fr? 8331- rj fonoaudióloga, psicomotricista, eerapeuta al 24 de outubro 78 icaraí - niterói - rj (21) 2611-5626 / 9691-6646 centro de eqerapia pratique>

bullet Camila de Oliveira Cruz Medicina Veterinária na Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo/SP>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletNo olho do gato (dans l oeil du chat)

bulletCavalo de guerra (war horse)

bulletQualquer gato vira-lata

bulletDoce pássaro da juventude (sweet bird of youth)

bulletThe batman (1943)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletMarley e eu

bulletVida de cão

bulletGato que gostava de cenoura

bulletFalando de passaros e gatos

bulletGato viriato

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Crditos