Home Page > Dicas Veterinárias > Hérnia perineal em cães

Hérnia perineal em cães


Quando os músculos do diafragma pélvico de um animal deixar de assegurar o apoio necessário, uma hérnia pode se desenvolver causando uma grande quantidade de dor e desconforto. Uma hérnia da área perineal é mais comum em cães do que em gatos, em homens do que nas f?meas. O tratamento geralmente envolve cirurgia e medicamentos sujeitos a receita médica para aliviar a dor do animal.

Sintomas e tipos de

Sintomas físicos podem incluir inchaço da área perineal, protrusão da pelve ou arredores, e a incapacidade de controlar os intestinos.

Causas

Enquanto uma hérnia do diafragma pélvico pode se desenvolver em qualquer raça de animal, eles são muito mais comuns nas raças seguintes:

Pekingese
Boston Terrier
Corgi gal?s
Bass?
Boxer
Kelpie
Collie
Old Ingl?s Sheepdog

Uma hérnia na regi?o perineal é mais comum em animais mais velhos do que nos mais jovens como a regi?o do corpo do animal se torna mais fraca ao longo do tempo. N?o é completamente ntendido como a raz?o pela qual esta regi?o específica do corpo de um animal fica mais fraco, mas há algum pensamento que os hormônios podem ser um fator. Outra causa para este tipo de hérnia é a doença da próstata ou câncer de. Outras causas possíveis podem incluir doença colorretal e atrofia da pelve.

Diagnóstico

Um exame retal do animal pode identificar várias causas possíveis da hérnia do diafragma, incluindo doença do tecido na regi?o anal, inflamação da regi?o anal, e inflamação do trato urinário. Raios-X e ultra-sons são também frequentemente usado para visualizar a área danificada. Isso garante que não há qualquer causa subjacente mais grave do problema, e permite que o veterinário para ver a área interna em torno da hérnia.

Tratamento

A cirurgia é frequentemente recomendada para reparar os danos hérnia, mas apenas para os animais que est?o em condição estável. Após a cirurgia, do reto é muito sensível, e laxantes, laxantes, nemas pode contribuir não só manter a consist?ncia das fezes, mas melhorar o conforto do animal ao defecar.

Prevenção

Esta doença é rara extrema para os cães que são castrados, para a castração total é uma medida preventiva. Nenhum outro meio de prevenção são atualmente conhecidos.

>

internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletPasse em Casa

bulletO gato tico

bulletDou não dou

bulletMimoso

bulletGata me liga



Dicas Veterinárias:

bulletSeu cão é bem socializado?

bulletO tumor venéreo transmissível em cães

bulletCães e gatos podem viver juntos, sim!

bulletTumor venéreo transmissível em cães (tvt)

bulletNervo / músculo doença em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Dra. Vanessa Mollica Caetano Teixeira Médica veterinária Especialista em clínica e cirurgia ? UFV Mestre em cirurgia ? Unesp>

bullet Magda Izidio de Souza, Médica Veterinária>

bullet Nayara Zonta, parceria com a VetQuality 56811999>

bullet Arlette Farias FISH GARDEN (19) 32365073 Campinas SP>

bullet Prof. Saulo Tadeu Lemos Pinto Filho>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletUm homem chamado cavalo (a man called horse)

bulletO pássaro das plumas de cristal (l uccello dalle piume di cristallo)

bulletMadagascar iii

bulletPeixe grande e suas histórias maravilhosas (big fish)

bulletFilhote (cachorro / bear cub)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletUm gato entre os pombos

bulletMarley e eu

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bulletA perigosa vida dos passarinhos pequenos

bulletCães de guerra

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos