Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Síndrome vómitos bilious em cães

Compartilhe em suas redes sociais:

Síndrome vómitos bilious em cães



Bile serve funções importantes na digestão dos alimentos e remoção de resíduos do corpo. Bile é criado no fígado e armazenada na vesícula biliar até alimento foi ingerido. Em seguida, é liberado no intestino delgado para ajudar na digestão de alimentos e para emulsionar o alimento para que ele possa ser usado de forma adequada pelo corpo.

Síndrome de vômitos biliosos ocorre quando a bílis anormalmente e ntra no estômago do intestino, causando irritação e vômitos. A presença de bile é indicado por uma aguada, verde-amarelo substância no conteúdo vômito. Se o vômito não ocorrer e a bile permanece no estômago, a irritação do estômago pode levar ao refluxo gástrico.

Vômitos geralmente é visto na parte da manh? ou tarde da noite, pouco antes de comer, especialmente em cães que são alimentados uma vez por dia. Isso pode ser devido a períodos prolongados entre as refeições, ou á inatividade do estômago relacionados, o que agrava o refluxo biliar.

Esta condição é comumente visto em cães mais velhos, mas pode ocorrer em qualquer idade. Ambos os sexos são igualmente afetados.

Sintomas e tipos de

Vômitos intermitentes crônica contendo bile
Geralmente ocorre no período da manh? ou tarde da noite
Desconforto abdominal
Náusea
Falta de apetite
Perda de peso

Causas

A causa exata ainda é desconhecida
Doenças que causam gastrite ou inflamação do intestino, modificando a motilidade gastrointestinal
Presume-se ser causada por refluxo estomacal e intestinal, que muitas vezes ocorre quando o estômago de um cão permaneceu vazio por um longo período de tempo

Diagnóstico

Você vai precisar dar uma história completa da saúde do seu cão, uma história de fundo de sintomas, possíveis incidentes que possam ter levado a essa condição, e atividades recentes. Tanto quanto você pode, você terá de informar o seu veterinário quando os sintomas começaram, e com que frequência o vômito ocorrer.

Seu veterinário irá realizar um exame físico completo em seu cão, com um perfil de sangue completo, um perfil químico no sangue, um hemograma completo, e um exame de urina.

Uma história de vômitos intermitentes com conteúdo biliar é geralmente suficiente para um diagnóstico preliminar. No curso de diagnosticar esta doença, testes de laboratório não é de muita ajuda como os resultados são geralmente dentro da normalidade. Radiográficos específicos estudos de ultra-sonografia do abdômen pode revelar a motilidade do estômago adiada. Exam ndoscópico muitas vezes volta normal nestes pacientes.

Tratamento

Se não houver nenhuma doença grave subjacente presente, o seu médico irá decidir sobre uma linha adequada de tratamento com base nos sintomas. Medicamentos para aumentar a motilidade gástrica irá ser usada para superar atraso no esvaziamento do estômago, aumento de estômago e motilidade intestinal e, assim, evitar o refluxo. Também, medicamentos que diminuem a secreção de ácido no estômago pode ser usado para evitar danos para a parede do estômago devido ao conteúdo aumento ácidas do bílis.

A maioria dos pacientes respondem bem ao tratamento, tais; o período de tempo o seu cão vai precisar de medicação vai depender da sua resposta individual. Alguns animais respondem rapidamente ao tratamento, enquanto outros precisam de um longo curso de medicamento. Se seu cão está sofrendo vômitos biliosos crônica, gestão dietética será um componente muito importante do tratamento, geralmente nvolvendo alimentação pequena, refeições frequentes, especialmenteánoite. Impedindo que o estômago de ser vazia por longos períodos de tempo ajudar?o a aumentar a motilidade do estômago normais. Dietas com baixo teor de gordura e fibras também ajuda o estômago vazio e reduzir a retenção gástrica dos alimentos.

Seu veterinário pode também sugerir dietas enlatadas ou liquefeito, que também pode ser útil em tais pacientes, porque o alimento sólido tendem a ficar mais tempo no estômago.



Contatos dos Autores:
internet



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletMieloencefalite Protozoária Equina EPM

bulletLeucemia felina

bulletO cão idoso

bulletUso da ozonioterapia em equinos

bulletA leucemia linfoblástica aguda em cães


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Bruno Tausz(Etólogo)

bullet UniversoEquino.com.br
Médica Veterinaria Mariana Marcantonio Coneglian CRMV PR 07428

bullet Antonio Roberto Bacila é médicoveterinário, diretor técnico e presidente da Organnact Saúde Animal.

bullet Flávia Raucci Facchinihttp://www.infohorse.com.br/2018/05/07/a criacao de cavalos paixao e zelo/

bullet Dr. Carlos Artur Lopes Leite é médico veterinário graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em Micologia Médica pela Carl von Ossietzky Universität (Alemanha). É também mestre em Medicina e Cirurgia Veterinárias pela UF

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletEduardo e mônica

bulletCachorro na feira os paralamas do sucesso

bulletGatinho angorá

bulletCavalo manco banda calypso

bulletPlaneta Sonho

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletHarry, o amigo de tonto

bulletDoce pássaro da juventude (sweet bird of youth)

bulletGatos, fios dentais e amassos (angus, thongs and perfect snogging)

bulletTubarao ii

bulletA maldição dos gatos (the uncanny


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletQuem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

bulletLivro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletMais que um leao por dia

bulletSucesso na criação de pássaros canários e periquitos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos