Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Como produzir feno?

Compartilhe em suas redes sociais:

Como produzir feno?



E agora, chegou áseca, tenho muitos animais, e já acabou o pasto o que fazer? o feno pode ser um bom artifício para resolver evitar este imprevisto a fenação é um processo de conservação de forragens dos mais antigos conhecidos e praticados pelo homem, citado por historiadores que em tumbas faraônicas foram encontrados mel e feno alem de citações bíblicas podem ser utilizadas para a produção de feno forrageiras de diferentes gêneros, como por exemplo: gênero cynodon variedades como estrela, coast cross, bermuda, tifton, transvala, entre outros gênero panicum variedades mombaça, massai, tanzania, ente outras além de forrageiras de inverno como a alfafa (leguminosa, altamente proteica) e a aveia (gramínea com elevado teor de proteína), entre outros tipos de forrageiras
para a implantação de uma área de fenação devem ser analisadas as mesmas condições e pontos, de uma implantação de pastagem os processos da fenação devem ser realizados sempre com o estudo das condições de tempo prevista para os dias de produção na produção de feno e a pressa é amiga da perfeição e , segundo o dito popular, pois quanto antes desidratar a planta melhor a qualidade do feno produzido sega: consiste em se realizar um corte próximo ao solo com a utilização de uma ceifadora ou segadora, providas ou não de dispositivos de condicionamento da massa verde este processo deve ser realizado pela manha, logo que seque o orvalho facilitando assim o processo de desidratação do material ceifado a forrageira perde água em duas etapas: a secagem rápida ocorre em algumas horas após o corte, a planta diminuiu seu teor de água de 90% para 60%, perde somente água das células superficiais a secagem lenta demora de 1 a 3 dias para ocorrer, pois ela deve diminuir o seu teor de água de 60% para 15% (ponto de fenação), esta etapa é mais lenta pois ocorre a perda de água das células internas da planta movimentação da massa: é realizada por um ancinho do tipo aranha, e consiste em afofar e revolver a massa possibilitando uma secagem mais rápida do material ceifado é durante a realização deste processo que ocorre a secagem lenta da forrageira, este processo deve ser realizados a cada tr?s horas o ponto de fenação: para se saber se o capim já esta no ponto de ser processado devemos seguir os seguintes passos: (caralho e haddad, 1987) 1) coletam-se amostras de variase elerias;
2) toma-se um feixe seguro com as duas m?os;
3) pressionam-se o polegar e o indicador energicamente no feixe:
4) procede-se a torção do feixe, no ponto de pressão descrito acima se no ponto de pressão o feixe se romper, a secagem do material foi muito severa se no ponto de pressão o feixe não se romper e verter seiva, ou se detectar umidade, a massa ainda esta e úmida e o processo de secagem deve continuar se no ponto de pressão o material não se romper e nem verter umidade, o ponto de feno foi detectado agora é só enleirar o material e aguardar o enfardamento, que deve ser feito no mesmo dia enfardamento: com o auxilio de uma enfardadora, acoplada a um trator, e no campo faz e se os fardos de feno
estes fardos por sua vez podem ser retangulares ou cilíndricos com seus pesos variando entre 10 e 25 kg e 150 e 500 kg respectivamente armazenamento: todos os tipos de fardos de feno devem ser armazenados em um local seco, sombreado e arejado, livre de qualquer tipo de animal ou pragas o feno deve ser fornecido seco aos animais e nas quantidades recomendadas para uma melhor nutrição devem ser tomados alguns cuidados para uma produção de feno mais eficiente com um maior valor nutricional, são elas: as áreas devem ser livres de tocos, pedras valetas e outros obstáculos, e principalmente livre de plantas tóxicas aos equinos a fertilidade do solo deve ser sempre acompanhada e o fornecimento de nutrientes para a planta sempre ser feito sob orientação de um profissional competente o controle de pragas e doenças que possam ocorrer na área de produção também deve ser feito, consultando um profissional competente assim será sempre mantido o e stand e de plantas desejável na área de produção, explorando ao máximo a capacidade produtiva de cada variedade de forrageira utilizada

Contatos dos Autores:
Eng Agrônomo André Fabbrocini Gonçalves, atua na área de manejo de pastagem, segurança dos animais, nutrição, desenvolvimento de projetos http://www.andrefabbrocini.com.br/ (11) 93829722 e (11) 77435504 e nextel 96*40594



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletEstreitamento passagem nasal em cães

bulletImportÂncia da tpa no aquarismo

bulletComportamento canino - parte 1

bulletPseudociese ? gravidez psicológica canina

bulletDiarréia em pequenos animais


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Centro de Pesquisas Hospital Evandro Chagas Departamento de Doenças Infecciosas Serviço de Zoonoses Serviço de Dermatologia Infecciosa
http://www.inpa.com.br

bullet Rafael Senos Médico Veterinário UFF Mestrando USP Técnico em Biotecnologia CEFETEQ RJ

bullet Rui Miguel Adestrador comportamental telefone/whatsapp 31 994332943 BELO HORIZONTE-MG / CONTAGEM-MG

bullet Manuelle Audino Rodrigues de Sá Médica veterinária CRMV 25073 fisiopet@yahoo.com.br

bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br

Ver todas as Dicas dos Colunistas




Letras de Música com temas Animais:


bulletA dança dos ossos

bulletCavalo de pau

bulletCobra Criada

bulletVou te rebocar

bulletRitmo quente

Ver todas as Letras de Músicas




Cinema, Filmes e Seriados:


bulletDoce pássaro da juventude (sweet bird of youth)

bulletO dia do gato

bulletO gato e o violino (the cat and the fiddle)

bulletO cachorro (el perro)

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)


Ver todos os filmes e seriados




Livros Animais

bulletLivro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

bulletEu não sou cachorro, não

bulletAtlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bulletMarley e eu

bulletO gato de botas

Ver todos os Livros



Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100


Beija flor
R$ 1


Garça branca grande
R$ 5


Arara vermelha
R$ 10


Mico leão-dourado
R$ 20


Onça pintada
R$ 50


Tartaruga-de-pente
R$ 2


Lobo Guará
R$ 200


Ver todas as Notas e Moedas



Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos