Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Anestesia epidural (cães e gatos)

Compartilhe em suas redes sociais:

Anestesia epidural (cães e gatos)



Também conhecida como peridural, consiste na administração de anestésicos locais no espaço epidural, compreendido entre a duramater (acima) e o canal vertebral (abaixo do ligamento amarelo).
Com isto, tem-se a anestesia dos nervos espinhais e da medula banhados pelo anestésico local.
Imagine que o canal vertebral é um tubo e a medula outro tubo que está dentro do canal vertebral. O espaço entre estes dois tubos é o espaço epidural, que possui pressão negativa (vácuo). Ao se administrar o anestésico local, este se difunde entre estes tubos realizando o bloqueio anestésico e analgésico (fibras motoras e sensoriais).

INDICAÇÕES
Cirurgias de abdômen caudal (caudal a cicatriz umbilical) e membros posteriores. Isto pois os volumes administrados atingem estes segmentos da medula. Mas por que não aumentar o volume para cirurgias mais craniais? Porque bloqueios que atingem porções tóraco-lombares também irá bloquear a inervação simpática causando hipotensão e bradicardia. Caso o bloqueio exceda e chegue à níveis cervico-torácicos pode ocorrer depressão respiratória grave.
Na prática a anestesia epidural é amplamente utilizada em cirurgias ortopédicas de membros posteriores e cirurgias de abdômen caudal. isto possibilita a realização de cirurgias invasivas com o paciente em anestesia leve (na realidade ele poderia ficar acordado, contanto que ficasse quietinho na mesa).

TÉCNICA
Para acessar o espaço epidural realiza-se tricotomia e antissepsia cirúrgica da região sacrococcígea (L7-S1). Posiciona-se o animal na forma de esfinge (decúbito esternal com membros posteriores voltados para frente) e palpa-se o espaço epidural (com o polegar e dedo médio sobre as asas do ílio, desce-se o indicador e palpa-se uma pequena depressão central na coluna).
Após, introduz-se uma agulha fina (mandril de cateter ou agulha espinhal) ou agulha própria (agulha de tuohy- epidural) em um ângulo aproximado de 45 graus, com bisel voltado cranialmente. Na introdução ocorre a transposição de diversas estruturas, entre elas as mais importantes são: a pele (resistência inicial) e o ligamento amarelo (resistência semelhante a pele). Após o ligamento amarelo está o espaço epidural, que devido a pressão negativa EVENTUALMENTE (depende do porte do animal e das condições de pressão no espaço) uma GOTA DE ANESTÉSICO (GOTA PENDENTE) colocada no mandril desce passivamente (sugada), CONFIRMANDO-SE o espaço. Caso a gota não seja sugada, o parâmetro é a resistência do ligamento amarelo e a ausência de resistência na administração do anestésico. A administração deve ser lenta (2-3 min).

VOLUMES
0,2-0,3 ml/kg de anestésico local.
Em animais muito grandes pode-se utilizar este cálculo até 20 kg e depois complementar 1ml para cada 10 kg (ex: 30 kg = 6 ml). Isto pois a relação do tamanho do espaço com o peso não é linear podendo ocorrer excessos.
Outra opção (para animais grandes e ou obesos) é administrar pelo tamanho da coluna (do occipital à base da cauda):
0,15 ml/ 10 cm de coluna
*Em animais gestantes recomenda-se usar a menor dose (0,2 ml/kg) pois o estímulo hormonal dilata os vasos do espaço epidural reduzindo-o e facilitando a ascensão do anestésico.

FÁRMACOS
Todos anestésicos locais já mencionados (Lidocaína, Bupivacaína e Ropivacaína) podem ser utilizados e a escolha depende do seu tempo de duração. Porém, recomenda-se aqueles livres de preservativos e indicados para administração epidural/raquidiana.

ANALGESIA EPIDURAL
É possivel se associar aos anestésicos locais (anestesia e analgesia) ou usar de forma isolada (analgesia) a MORFINA na dose de 0,1mg/kg (diluída em 0,25ml/kg de solução fisiológica) ampliando seu tempo de ação para até 12 horas. Demais opioides parecem não ter tanta melhora na ação por via epidural.

EPIDURAL EM CASTRAÇÕES
Anatomicamente a inervação de ovários e testículos tem origem mais cranial (T12 -L2) podendo não ser bloqueada com a epidural. Por isso alguns animais apresentam resposta ao estímulo durante o pinçamento de ovário e testículos. Claro que a analgesia e o bloqueio da parede abdominal são excelentes, contudo, devido aos riscos inerentes ao procedimento, a decisão de se utilizar epidural em castrações é de cada anestesista.

CONTR INDICAÇÕES
*Sepse: ao acessar o espaço epidural pode ocorrer sangramento e contaminação central (devido a bacteremia).
*Pacientes imunocomprometidos: pelo risco de contaminação
*Distúrbios de coagulação: pelo sangramento no canal vertebral
*Fraturas em vértebras e pelve que impossibilitem o posicionamento ou que possam lesionar estruturas importantes.
*Contaminação de pele como sarnas, piodermites, etc. no local da punção.*

EFEITOS BENÉFICOS
Anestesia e analgesia EXCELENTES
Procedimentos com anestesia em planos leves
Recuperação tranquila e analgesia prolongada (morfina)

EFEITOS DELETÉRIOS
Hipotensão e Bradicardia (plexo simpático)
Paralisia prolongada e atraso na locomoção (menor com fármacos mais seletivos como a ropivacaína)
Hipomotilidade e retenção urinária
Risco de lesão e contaminação (apenas se não forem respeitadas as normas de antissepsia e destreza da técnica).

DIFERENÇA EPIDURAL E RAQUIANESTESIA
Raquianestesia ou subaracnoidéa é a administração do anestésico local diretamente no liquor (abaixo da duramater). Tem como vantagem um bloqueio mais rápido, de melhor qualidade e com menos anestésico já que é administrado diretamente no liquor (não precisa atravessar a duramater). Contudo a punção que não for bem realizada pode lesar a medula (espaço L6-L7) e o risco de contaminação é maior.

CONCLUSÃO
A anestesia epidural é excelente para cirurgias ortopédicas e de abdômen caudal, sendo sempre aconselhada quando não houverem contra-indicações. É uma das técnicas de bloqueio mais utilizada e garante menor consumo de anestésicos aumentando a segurança do paciente e deixando a anestesia muito mais tranquila!!!



Contatos dos Autores:
https://www.facebook.com/lacaufpel/



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletRitmo idioventricular em cães

bulletCombata pulgas e carrapatos do seu animal de estimação de forma sustentável

bulletModalidade equestre rédeas

bulletAnestesia em cães e gatos: mitos e verdades

bulletO que É o team penning


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Dr. Ciro Pinheiro Mathias Franco

bullet Salvador St.Aubyn Mascarenhas Médico Veterinário www.vetcondeixa.pt Pelos Animais

bullet Marco Antonio Gioso FMVZ USP

bullet Dr. Luiz Bolfer formou se em Medicina Veterinária no Brasil e mudou se para os Estados Unidos para se especializar em Cardiologia, Emergência e Cuidados Intensivos em cães e gatos. Completou 12 meses de Internato em Clínica Médica e Cirúrgica Veterin

bullet Av. Brasil 1772, Jd. Chapadão Campinas/SP * ATENDIMENTO 24HRS * (ao Lado do posto Shell cruzamento com a Imperatriz Leopoldina x Francisco josé de Camargo Andrade) (19) 3212 2601 // (19) 9822 3758 contato

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletDiamond dogs

bulletUm filho e um cachorro zeca baleiro

bulletGavião mestre ambrósio

bulletCanario prisioneiro

bulletGatinho angorá

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletThe batman (1943)

bulletA lenda do homem crocodilo (the legend of gator face)

bulletCães de aluguel

bulletBabe, o porquinho atrapalhado

bulletO mar não está prá peixe: tubarões à vista! (the reef 2: high tide)


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCachorro tem cada uma

bulletO encantador de cães

bullet4 vidas de um cachorro

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bulletFalando de passaros e gatos

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos