Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Como adicionar peixes ao seu novo aquário

Compartilhe em suas redes sociais:

Como adicionar peixes ao seu novo aquário



Não tem nada mais legal do que colocar seus novos peixinhos no aquário, mas saiba que existem alguns cuidados que devem ser tomados. A saúde e a adaptação deles depende disso, então não é bom descuidar!

 

Método1

Preparando um aquário novo

  1. Imagem

    1

    Lave o cascalho, as pedras e todos os enfeites. Depois que comprar o aquário e todas as decorações que deseja colocar nele, lave tudo com água morna. Não use sabão, evitando a entrada de toxinas no aquário.[1]
    • Para lavar o cascalho, passe-o para um coador e despeje água, dando uma mexidinha, para limpar bem, e descarte a água. Repita o processo até que ela saia limpa.
    • Uma vez limpos, já pode colocar tudo no aquário. Antes, veja se o cascalho está bem distribuído. Se sim, pode começar a arrumar as pedras e outras decorações, dando opções para os peixes explorarem e se esconderem.
  2. Imagem

    2

    Usando um balde limpo, encha 1/3 do aquário com água em temperatura ambiente. Coloque um prato sobre o balde, para evitar que o cascalho saia do lugar, e despeje a água diretamente na louça.[2]
    • Depois de colocar a água em temperatura ambiente, adicione o condicionador e o declorador. Ambos servem para remover o cloro do aquário, substância que é mortal para os peixes.
    • A água pode ficar turva depois de uns três dias, o que é normal. Isso acontece por conta do crescimento das bactérias, e acaba desaparecendo sozinho.
  3. Imagem

    3

    Ligue a bomba de ar. Ela ajuda a manter os níveis de oxigênio na água e você deve ligar os tubinhos dela às saídas de ar do aquário, como o bubbler.[3]
    • Se quiser, coloque uma válvula no tubo de ar para conseguir colocar a bomba debaixo do aquário. Além disso, ela também ajuda a evitar que a água volte para o aquário, caso ele seja desligado.
  4. Imagem

    4

    Coloque plantas reais ou de plástico. O ideal é apostar na primeira opção já que, além de decorar, essas plantas também melhoram a oxigenação da água. Mas, se preferir, pode usar as de plástico sem problemas. Além de úteis para os peixes, já que servem de esconderijo, elas também podem ajudar a esconder os equipamentos do aquário.[4]
    • Para manter as plantas úmidas até o momento do plantio, enrole-as em jornal molhado. Na hora de plantar, coloque as raízes sob o cascalho, deixando a coroa da planta para fora. Se quiser, ponha um fertilizante específico para plantas aquáticas, para que cresçam direitinho.
  5. Imagem

    5

    Filtre a água do aquário. Esse procedimento ajuda a balancear os níveis de amônia e nitrito produzidos pelos peixes, além de introduzir bactérias boas que se alimentam dessas substâncias, ajudando no controle. A filtragem deve durar entre quatro a seis semanas para que o ambiente do aquário fique perfeito para os novos peixinhos. Para fazê-la, basta comprar um kit próprio para isso em um petshop ou lojas on-line.[5]
    • Na primeira filtragem de um aquário novo, é comum perceber um acúmulo de amônia lá pela segunda ou terceira semana. Depois, quando os níveis dessa substância caírem, é a vez dos nitritos acumularem. Quando chegar na sexta semana de filtragem, as taxas das duas substâncias terão caído para zero e haverá uma concentração de nitrato, que é o menos tóxico dos três e pode ser controlado com a manutenção adequada.
    • Se mesmo depois da filtragem, ainda houver a presença de amônia ou nitrito na água, é preciso repeti-la outra vez antes de colocar os peixes no aquário. Para que o ambiente esteja apto a recebê-los, nenhuma dessas substâncias pode estar presente.
  6. Imagem

    6

    Teste a qualidade da água. É muito importante fazer isso depois do processo de filtragem. Para o teste, compre um kit em um petshop ou em lojas on-line.
    • Os níveis de cloro devem estar em zero e o pH, bem parecido ao da água do saquinho.

 

Método2

Colocando os peixes no aquário novo

  1. Imagem

    1

    Leve os peixes em um saco plástico. A maioria dos petshops entrega os peixinhos em um saco transparente, cheio de água. No caminho até sua casa, procure deixá-lo em um local mais escurinho.[6]
    • Tente levá-los direto para casa, fazendo a transição para o aquário o mais cedo possível. Assim, você reduz os níveis de estresse e os peixes se acostumam com o novo lar muito mais rapidamente. Se eles parecerem mais opacos, não se preocupe, isso acontece e eles devem voltar ao normal assim que estiverem no aquário.
  2. Imagem

    2

    Desligue as luzes do aquário. Antes de colocar os peixinhos, é muito importante diminui-las ou até desligá-las, para criar uma atmosfera menos estressante para os peixes. Também é bom que o aquário tenha plantinhas e pedras nas quais eles possam se esconder, diminuindo a ansiedade de estar em um lugar novo.

  3. Imagem

    3

    Adicione mais de um peixe por vez. Assim, é mais garantido que eles aceitarão uns aos outros, evitando que os últimos a serem introduzidos sejam atacados pelos outros, já que não estão sozinhos. Você pode colocar até quatro peixes de uma só vez, para não acabar sobrecarregando o aquário.[7]
    • Sempre escolha peixes que pareçam saudáveis. Ao levá-los para casa, fique de olho neles durantes as primeiras semanas para ter certeza de que não estão doentes ou estressados.
    • Algumas pessoas gostam de deixar os novos peixes em um aquário de quarentena por umas duas semanas, para evitar a transmissão de doenças. Se você tiver tempo e outro aquário vazio a sua disposição, pode fazer isso, também. Caso perceba que algum peixe não está bem de saúde nesse período, pode tratá-lo sem maiores problemas.
  4. Imagem

    4

    Comece colocando o saquinho fechado na água do aquário por uns vinte minutos. Isso ajuda os peixinhos a irem se adaptando, principalmente, à temperatura da água.[8]
    • Depois desse tempo, abra o saquinho e, com uma xícara limpa, passe água do aquário para ele. A ideia é que fique com 50% dessa água e 50% da que já veio no saquinho. Não coloque a água do saquinho no aquário, para não o contaminar.
    • Deixe o saquinho flutuando no aquário por mais uns vinte minutos. Para evitar que a água derrame, feche-o bem.
  5. Imagem

    5

    Com uma rede, tire os peixes do saquinho e passe-os para o aquário. Passados os vinte minutos, coloque-os no aquário com muito cuidado.[9]
    • Fique de olho nos peixes, prestando atenção a qualquer sinal de doenças. Se já houver outros peixes no aquário, veja se estão atacando os novos. Com o tempo e a manutenção adequada, não deve haver nenhum problema na convivência.

 

Método3

Introduzindo mais peixes a um aquário pronto

  1. Imagem

    1

    Arrume um aquário de quarentena. Antes de passar os peixes novos para o aquário principal, é preciso saber se eles estão saudáveis ou se têm alguma doença. Nesse período, eles devem ficar em um aquário de 20 a 40 L, com esponjas filtrantes que já estiveram em um aquário com peixes, para garantir uma população de bactérias boas. Além disso, o aquário também deve contar com um aquecedor, iluminação e tampa.[10][11]
    • Se já fez isso antes, é bem provável que já tenha um aquário de quarentena pronto. Nesse caso, deixe-o preparadinho antes de comprar os peixes novos.
  2. Imagem

    2

    Deixe os peixes novos de quarentena por umas duas ou três semanas. Ela serve para prepará-los para o aquário principal e é imprescindível.[12]
    • Comece colocando o saquinho fechado na água do aquário de quarentena por uns vinte minutos, para que os peixes comecem a se adaptar a ela.
    • Depois desse tempo, abra o saquinho e, com uma xícara limpa, passe água do aquário de quarentena para ele. A ideia é que fique com 50% dessa água e 50% da que já veio no saquinho. Não coloque a água do saco no aquário, para não o contaminar.
    • Deixe o saco flutuando no aquário por mais uns vinte minutos. Para evitar que a água derrame, amarre-o bem. Passado esse tempo, coloque os peixes no aquário de quarentena.
    • Fique atento aos peixes diariamente para ter certeza de que não têm nenhuma doença. Se eles não apresentarem nenhum problema depois de umas duas ou três semanas na quarentena, pode introduzi-los ao aquário.
  3. Imagem

    3

    Troque de 25 a 30% da água do aquário. Esse processo ajuda os peixes novos a se acostumarem com o nitrato da água, sem estresse, e é ainda mais importante se você não costuma trocar a água do aquário.[13]
    • Para isso, troque cerca de 25 a 30% da água do aquário por água desclorada. Depois, deixe o filtro agir para ter certeza de que os níveis de nitrato do aquário estão adequados.
  4. Imagem

    4

    Alimente os peixes do aquário principal. É importantíssimo que eles estejam alimentados antes da introdução dos novos peixininhos, para que estejam menos agressivos.

  5. Imagem

    5

    Arrume a decoração. Troque as pedras, plantas e esconderijos de lugar, para que não haja nenhum território marcado quando os peixes novos chegarem. Senão, os antigos podem adotar um comportamento bem territorialista, isolando os outros peixes. [14]

  6. Imagem

    6

    Acostume os peixes novos à água do aquário principal. Depois da quarentena, você deve repetir o mesmo processo, mas usando a água do aquário. Assim, os peixes se acostumam a ela, facilitando a transição para o novo ambiente.[15]
    • Coloque-os em uma tigela ou em um saquinho com a água da quarentena e ponha-o na superfície do aquário principal por uns vinte minutos. Depois, com uma xícara limpa, passe um pouco da água do aquário principal para o outro recipiente. A ideia é enchê-lo metade com água da quarentena e metade com a do aquário.
  7. Imagem

    7

    Coloque os peixes no aquário principal. Deixe-os no saco ou na tigela por mais uns quinze ou vinte minutos. Depois, com a ajuda de uma rede, passe-os para o aquário.[16]
    • Fique de olho nos peixes novos por algumas semanas para ter certeza de que eles estão se adaptando bem ao ambiente e aos outros companheiros, sem sinais de doenças.


Contatos dos Autores:
https://pt.wikihow.com/Adicionar Peixes ao seu Novo Aqu%C3%A1rio



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletPrimeiros socorros para picada de aranha

bulletácaros de traqueia em canários, o que fazer?

bulletGata faz xixi e cocô fora de lugar

bulletVocê sabia que o uso do ultrassom facilita e agiliza na obtenção de informações sobre o seu animal?

bulletQuer ter cachorro e gato sob um mesmo teto? veja dicas


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Dra. Vanessa Mollica Caetano Teixeira Médica veterinária Especialista em clínica e cirurgia ? UFV Mestre em cirurgia / Unesp

bullet Tatiane Tancredo, estudante de Medicina Veterinária ANIMAL SHOP AGROPECUARIA E PET SHOP R. DOMINGOS TORDIN, 194 JARDIM MONTE VERDE, VALINHOS

bullet Gabriel Guerreiro Qual quer dúvida ou sugesteatilde;o enbsp;estarei respondendo no email Gabriel_g_f@hotmail.com no twitter @AdestramentoDOG

bullet Arlette Farias FISH GARDEN (19) 32365073 Campinas SP

bullet Giorgia Bach advocacia@praticaclinica.com.br

Ver todas as Dicas dos Colunistas




Letras de Música com temas Animais:


bulletFaltando um pedaço

bulletLobo mau

bulletProcissão

bulletCê topa?

bulletBárbara peixe boi

Ver todas as Letras de Músicas




Cinema, Filmes e Seriados:


bulletLoup - uma amizade para sempre

bulletA verdadeira história do gato de botas (la véritable histoire du chat botté / the true story of puss n boots)

bulletBud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver

bulletQuigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bulletVinte mil léguas submarinas


Ver todos os filmes e seriados




Livros Animais

bulletUm gato indiscreto e outros contos

bulletCachorro tem cada uma

bulletVida de cão

bulletCachorro magro

bulletQuem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

Ver todos os Livros



Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100


Beija flor
R$ 1


Garça branca grande
R$ 5


Arara vermelha
R$ 10


Mico leão-dourado
R$ 20


Onça pintada
R$ 50


Tartaruga-de-pente
R$ 2


Lobo Guará
R$ 200


Ver todas as Notas e Moedas



Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos