Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > O camundongo não é o filhote da ratazana

Compartilhe em suas redes sociais:

O camundongo não é o filhote da ratazana



embora o rato, o camundongo e a ratazana sejam parentes, não são a mesma espécie de animal, são 3 espécies diferentes (ninguém é filho ou f?mea de ninguém) todos eles chegaram ao brasil como clandestinos nos navios dos
colonizadores, pois os nossos roedores nativos são todos animais "do campo", ou seja, que não se acostumaram ? vida nas cidades e por isso não transmitem doenças (preás, cutias, ratos de banhado, etc) os ratos (espécie ratus ratus) comem naturalmente sementes e agora comem o lixo (s encontrarem) t?m facilidade em subir nos telhados e paredes porque são leves e ágeis são conhecidos pelos seus hábitos por "ratos de telhado" os problemas causados ratos ocorrem quando suem nos forros das casas, onde tentam fazer seus ninhos e com isso ter acesso ?s caixas de água se estiverem sem tampa, contaminando-a com suas fezes e urina, podendo até cair dentro da água, onde se afogam é por isso que se recomenda limpeza periódica das caixas e mant?-las bem fechadas evita-se a presença deles não deixando lixo entulho empilhado (onde fazem seus ninhos) os camundongos (mus musculus, que significa minúsculo) são pequenos porque este é o tamanho natural deles (e não porque são filhote s) e t?m o mesmo tipo de vida dos ratos são os mais freqüentes em nossas casas, pois passam facilmente pelas frestas das portas e ralos seu inconveniente é procurar alimento nas cozinhas, fomos e armários, contaminando os alimentos já as ratazanas (ratus norvergicus) são realmente um problema, pois vivem nos esgotos e com isso podem contaminar-se com facilidade e transmitir várias doenças, sendo a principal delas a leptospirose, que pode ser fatal se não for diagnosticada a tempo
a leptospirose é transmitida pela urina do rato doente que contamina a água e a ingestão ou o contato da pele com a água contaminada levam ? doença existem vários "tipos" de leptospirose (humana, canina, suína, etc) ela atinge com freqü?ncia os cães que t?m contato com os ratos ou com sua urina o homem adquire a doença pelo contato com a água contaminada pelo esgoto onde vivem esses animais, que a bactéria causadora por trazer junto a urina das ratazanas
para evitá-la, devemos impedir o acesso desses animais ?s nossas casas e o contato com água contaminada a correta destinação do esgoto também ajuda bastante (tratamento) como eles são geralmente grandes (cerca de 20 cm de comprimento sem a cauda, podendo chegar a até 50 em) a construção de muros ou cercas de aberturas pequenas e a colocação de grades
nos ralos escoadouros de água impedem o seu acesso o cuidado com o lixo, principalmente ? noite, e mesmo com a água e ração dos cães (recomenda-se colocar a água em local mais alto e retirar os pratos de alimento ? noite) tomam nossa casa sem atrativo para elas
a vacina octupla aplicada anualmente ou semestralmente, dependendo da situação, protege o cão contra as principais leptospiroses canmas gambás: ao contrário do que se pensa, eles não são ratos e sim marsupiais, ou seja, possuem uma bolsa onde criam seus filhotes, como o canguru são também conhecidos como "m?o pelada", "mucura" ou "mucurinha" procuram alimento em nossas casas, revirando o lixo ou comendo ração de nossos animais domésticos, mas são inofensivos sua única "arma" é o mau cheiro produzido por suas glândulas junto ? cauda que é liberado quando eles se assustam gostam de comer frutas e carne moída e se acostumam a ser alimentados por nós mas tome muito cuidado porque eles podem morder, como qualquer outro animal quando assustado agora você já sabe que dizer que a m?e do camundongo é a ratazana é o mesmo que dizer que o gato é o filho da onça falando nisso: você sabia?
? que os gatos são refratários ? leptospirose? (a doença não se desenvolve neles
de maneira alguma)
? que o cão e o gato também possuem uma glândula abaixo da cauda que produz
secreção com cheiro forte, como o gambá?
? que é esse cheiro que os permite se reconhecerem, ?s suas fezes e seu território?


Regina Incane Ito Médica Veterinária CRMVSP 4612 Paiquerê Pet Center Rua Eraldo Aurélio Franzese, 88 Paiquerê Valinhos SP FONE: (19) 38697743

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletA balada do cachorro louco lenine

bulletCarneirinho, carneirão

bulletA metamorfose das borboletas

bulletCachorro magro

bulletPassaro veloz



Dicas Veterinárias:

bulletNunca lave seu aquário

bulletCuidado com a giárdia

bulletMiados

bulletPor que o cãozinho adora destruir o brinquedo novo?

bulletPor que ter um aquário?



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Regina Incane Ito Médica Veterinária CRMVSP 4612 Paiquerê Pet Center Rua Eraldo Aurélio Franzese, 88 Paiquerê Valinhos SP FONE: (19) 38697743>

bullet dr joão alfredo kleiner dvm, msc especialista em oftalmologia e clínica cirúrgica geral acvo ophthalmology course wisconsin, madison ? 1998 e-mail: docjak@vetweb.com.br>

bullet Marina Rodrigues http://adestradoradecaes.blogspot.com.br/>

bullet CEPAV Centro de Patologia Clínica Veterinária Ltda. Rua Tanabi, 185 Água Branca São Paulo SP. CEP. 05002 010 Tel.: (11) 3872 9553>

bullet Mauricio Sordille www.petcaramelo.com>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletBatman e robin (1949)

bulletBatman e robin (1997)

bulletUm gato em paris (une vie de chat)

bulletSilver a lenda do cavalo prateado the silver brumby

bulletO dia do gato



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO estranho caso do cachorro morto

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletO gato que tocava brahms

bulletO homem que amava os cachorros

bulletUm gato entre os pombos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos