Home Page > Dicas Veterinárias > Leucemia felina

Leucemia felina


Uma doença exclusiva dos felinos, a leucemia felina, também conhecida como FELV (Feline leukemia vírus) é causada por um vírus que pode ser contraído pelo contato com a saliva, urina ou fezes dos animais infectados.

A leucemia felina é uma infecção altamente contagiosa que pode diminuir a expectativa de vida do seu bichano caso não seja identificada precocemente. Isso porque a doença afeta diretamente o sistema imunológico do animal, aumentando a vulnerabilidade para outras infeções.

Quer saber mais sobre a leucemia felina? Continue a leitura!

Como ela se manifesta?

Por ser uma infecção que atua principalmente no sistema imunológico do animal, existem sinais clássicos da FELV que merecem atenção, são eles:

  • Perda de peso;
  • Diarreia;
  • Febre;
  • Vômitos;
  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Aumento na frequência de urinar;
  • Secreção excessiva nos olhos;
  • Anormalidade nas gengivas;
  • Cicatrização lenta e infecções crônicas em ferimentos na pele.

Cuidado com a transmissão

A leucemia felina também é bastante conhecida por “doença dos gatos amigos”, já que é comum entre os felinos lamber uns aos outros para manutenção da higiene.

Em caso de gatas prenhas, a FELV pode ser transmitida a seus filhotes pelo parto e pelo leite. Atenção para os gatos mais jovens, por apresentarem um sistema imunológico imaturo, são mais suscetíveis a contrair a doença.

Vale ressaltar que arranhões, brigas e respirar o mesmo ar não trazem perigo ao seu animal, desde que não tenham contato físico com secreções, como a saliva.

Como prevenir?

O primeiro passo é confirmar se o seu bichano está livre da doença. Para isso, existe o exame ELISA, que atestará a presença da doença ou não.

Visando diminuir a incidência da FELV, é preciso que seja feita a vacinação.

Por ser transmitida exclusivamente através do contato com um animal infectado é recomendável que o seu animal não frequente espaços em que outros gatos não testados circulem.

Uma alimentação balanceada, rica em nutrientes também é muito importante para manter o equilíbrio do sistema imunológico do seu animal.

Existe cura?

Infelizmente não. Mas calma, um gato infectado com a leucemia felina pode ter uma vida normal dependendo da manifestação da doença e dos cuidados adotados. Ao todo são três os tipos de manifestação:

  • Progressiva: o animal começa a apresentar os sintomas, significando que o sistema imunológico foi infectado e não conseguiu resistir a doença.
  • Regressiva: o gato é diagnosticado como portador da doença, mas ela não se alastra. Isso porque logo na fase inicial do contágio o organismo do felino conseguiu erradicar o vírus. Nesse caso o animal pode levar uma vida normal.
  • Latência: o animal é portador da doença, mas não aparece nos exames. Nesse caso, a doença fica armazenada na medula óssea do animal e pode causar outros problemas de saúde.

É importante identificar qual forma da doença se manifesta no seu amigo felino antes de seguir com o tratamento.

Tratamentos para a leucemia felina

O vírus da Leucemia Felina tem sido associado a diversas disfunções do sistema imune, e desta forma sinais clínicos diversos.

Apesar de não existir uma cura, é possível seguir com um tratamento para amenizar os sintomas do animal com FELV.

Tratamento com antivirais e imunomoduladores. Algumas complicações podem ocorrer, como infecções secundárias devido ao quadro de imunodepressão, sendo necessário muitas vezes o tratamento com antimicrobianos, antifúngicos e antiinflamatórios.

Não deixe espalhar!

A FELV é uma doença altamente contagiosa que pode permanecer escondida por muitos anos. Mesmo com tratamento, a infecção pode nunca deixar o corpo de seu animal.

Por isso é importante que, a partir da confirmação da existência da doença, o gato infectado seja separado de outros felinos e que seu ambiente de convivência seja restringido.



https://www.drogavet.com.br/gatos/leucemia felina como prevenir e tratar/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletFeliz pra cachorro 5 à seco

bulletEu nasci há dez mil anos atrás

bulletBoi de lágrimas

bulletBoi soberano tião carreiro e pardinho

bulletO gato tico



Dicas Veterinárias:

bulletComo resgatar um cão da rua?

bulletSeu cão é bem socializado?

bulletAltamente contagiosa, a gripe canina pode ser prevenida por meio da vacinação e cuidados básicos

bulletTratamentos alternativos para pets

bulletCores de gatos



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Dr. Luiz Bolfer formou se em Medicina Veterinária no Brasil e mudou se para os Estados Unidos para se especializar em Cardiologia, Emerg?ncia e Cuidados Intensivos em cães e gatos. Completou 12 meses de Internato em Clínica Médica e Cirúrgica Veterin>

bullet Regina Incane Ito Médica Veterinária CRMVSP 4612 Paiquer? Pet Center Rua Eraldo Aurélio Franzese, 88 Paiquer? Valinhos SP FONE: (19) 38697743>

bullet Heloísa Helena Amaro>

bullet Marne Campos
aquarismo online [aqol]
www.aquaonline.com.br>

bullet Giorgia Bach advocacia@praticaclinica.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletOs pássaros feridos (the thorn birds)

bulletAmor pra cachorro (year of the dog)

bulletLoup - uma amizade para sempre

bulletA maldição dos gatos (the uncanny

bulletUm peixe chamado wanda (a fish called wanda)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO cachorro e o lobo

bulletPasso, trote, galope - uma familia e seus cavalos

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletO homem que amava os cachorros

bulletO gato que falava com fantasmas

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos