Home Page > Dicas Veterinárias > Vacinação em equinos

Vacinação em equinos


Por Marcelo Pardini


src=


Cada vez mais um bom programa de vacinação em equinos se faz necessário


Médico veterinário fala sobre a importância da implantação de eficiente programa e rígido controle de vacinas para a prevenção de doenças nos cavalos


Com base nas informações do Dr. Carlos Guilherme de Castro Schutzer, o Xuxu, da Embrio-Equi, em São Simão/SP, o Portal InfoHorse, que dissemina informação de qualidade a galope, elaborou uma breve planilha para que você conheça um eficiente programa de vacinação em equinos. Confira:


Não existe programa de vacinação padronizado para os equinos e é de responsabilidade do veterinário planejar um plano de acordo com as necessidades de cada criatório. “O protocolo pode variar conforme o tipo de criação, a localização geográfica do haras e devido a casos de surtos ou epidemias de doenças infectocontagiosas”, pondera Xuxu.


Com o aumento do número de provas e eventos equestres por todo o país, elevou-se a frequência de trânsito e aglomeração de animais e, consequentemente, a disseminação de doenças. Assim, é de grande importância a implantação de um programa de vacinação adequado para a prevenção das enfermidades. “As vacinas que utilizamos na rotina para equinos são: Raiva, Influenza, Tétano, Encefalomielite (dos tipos Leste e Oeste) e Rinopneumonite (aborto equino a vírus)”, elenca o veterinário.


Veja o esquema de vacinação utilizado em equinos:


VACINA EQUINO ADULTO POTRO ÉGUA PRENHE
Tétano Anual 1ª dose na desmama; 2ª dose 30 dias depois Anual
Influenza Anual 1ª dose na desmama; 2ª dose 30 dias depois Anual
Encefalomielite (Leste e Oeste) Anual 1ª dose na desmama; 2ª dose 30 dias depois Anual
Raiva Anual 1ª dose na desmama; 2ª dose 30 dias depois Anual
Rinopneumonite (EHV-1 e EHV-4) 01 dose a cada 06 meses 1ª dose na desmama; 2ª dose 30 dias depois 5º, 7º e 9º meses de gestação

Observações:


    1. Animais que nunca foram vacinados: aplicar 2ª dose 30 dias após a 1ª;
    2. Nos potros, depois do esquema inicial, fazer reforço aos 12 meses de idade e, posteriormente, seguir o mesmo desenho dos equinos adultos;
    3. Nas éguas gestantes: uma dose de reforço (contra Tétano, Influenza e Encefalomielite) pode ser feita 30 dias antes do parto para aumentar os níveis de anticorpos no colostro e, consequentemente, para o potro nascer com imunidade maior contra tais doenças, e
    4. Em nossa rotina, além destas vacinas preconizadas para as éguas gestantes, fazemos tratamento preventivo contra aborto por Leptospirose, que consiste em duas aplicações do antibiótico Estreptomicina (12,5g) no 3º e no 6º meses de gestação.

Um fator muito importante é com relação à manutenção das vacinas sobre refrigeração em temperatura adequada, tanto no armazenamento quanto no transporte, e durante a utilização. “As instruções devem seguir as recomendações do fabricante, pois se houver alguma falha nestes procedimentos pode ocorrer perda na eficácia”, alerta Xuxu.


No momento da vacinação, o cavalo deve estar livre de vermes e carrapatos. “Se vacinarmos um animal com algum desequilíbrio nutricional ou hormonal, a resposta à vacinação pode não ser eficiente e o equino continuará com risco de contrair a doença”, diz o profissional. Animais com febre, infecção ou virose também devem esperar completa recuperação para serem vacinados, pois estas condições podem diminuir o efeito da vacina.


É de suma importância a implantação de programa de vacinação adequado em equinos para prevenção e controle de enfermidades. O proprietário deve estar ciente de que a vacina serve para minimizar os riscos da infecção, mas não é capaz de prevenir patologias em todas as circunstâncias. “A ideia de que a vacinação protege contra doenças deve ser acompanhada de um bom manejo sanitário e alimentar, ou seja, devemos trabalhar com o conceito de excelência nos cuidados básicos e não vacinar pura e simplesmente”, finaliza o veterinário.



http://www.infohorse.com.br/2013/02/04/vacinacao em equinos/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletAuto do boi

bulletPunk da periferia

bulletCachorro amigo lourenço e lourival

bulletOperário em Construção

bulletTartaruga ninja trem da alegria



Dicas Veterinárias:

bulletDermatomiosite em cães

bulletInseminação artificial em cães

bulletEles latem, lambem e fazem fisioterapia

bulletHiperparatireoidismo nutricional secundário cara inchada

bulletBriga entre os cães como neutralizar e acalmar a situação



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Rita Ericson http://bichosaudavel.com/meu cao nao quer comer/>

bullet Susana Reinhardt Cintra Superintendente do Serviço de Registro Genealógico da Raça Bret?o, Zootecnista. ABCCBret?o (19) 38077974/ 97154545 (Susana). Email: cavalobretao@uol.com.br. André Galv?o Cintra Presidente da ABBCBret?o e Criador>

bullet Roberto Delort A. Leite e Laura Celi de Souza Silva >

bullet dr ricardo gabeira
crmv-sp 11103
clínica veterinária dr vicente moreno (24 horas)
av independ?ncia, 1062, valinhos/sp,
fone: (19) 3849-1274
>

bullet Marina Milos http://www.geocities.com/RainForest/6327/pag2.htm>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO dia do gato

bulletFamoso pra cachorro (in the doghouse)

bulletAquele gato danado (that darn cat!)

bulletQuigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bulletProcurando nemo



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCães de guerra

bulletUm gato aprende a morrer

bulletO gato de botas

bulletPássaros amarelos

bulletA volta do gato preto

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos