Home Page > Dicas Veterinárias > Precificação

Precificação


src=


Gastos em tempo, esforço, aprendizado e dinheiro que os clientes têm ao comprar um produto ou ao consumir um serviço ajudam a definir os preços destes


Muitas vezes alguns parceiros comerciais, especialmente do mundo do cavalo, perguntam-me sobre os preços que têm que praticar em relação aos seus produtos e serviços. O seleiro não sabe quanto deve cobrar por sua nova sela; o veterinário tem dúvida sobre a cobrança de seu atendimento; o ferrador, que acabou de adquirir um jogo de ferraduras mais caro do que o mês passado, não sabe se embuti tal custo no valor final de seu trabalho. Pensando nisso, resolvi discorrer nesta coluna sobre a precificação. Mas, afinal, o que é precificar? Trata-se em atribuir um valor econômico a um bem ou serviço. Determinar o preço de um produto é algo repleto de detalhes, calculado com base em diversas variáveis, tendo os propósitos de aumentar o volume das vendas e obter lucro.


As empresas tentam elevar seus preços até aonde o nível de diferenciação permite, visando a nivelar a receita (preço x volume) que, uma vez subtraídos os custos, resulta em lucros mais elevados. As despesas em dinheiro, tempo e esforço que os clientes têm ao comprar um produto ou ao consumir um serviço ajudam na definição destes. Mas, atenção, não confunda preço com valor. Este último enseja outras nuances, como o peso da marca e o trabalho agregado em Comunicação Publicitária e Marketing, assunto para outra coluna.


Diferentes formas de precificação
COM BASE NO CUSTO: preços fixados em relação aos custos financeiros.
ISCAS: produtos fornecidos a um preço menor do que o custo, a fim de atrair clientes na expectativa de que comprem outros bens a preços regulares, compensando tal oferta.
BASEADO NA CONCORRÊNCIA: prática de fixar preços em relação aos concorrentes.


Definição de preços
BASEADA EM CUSTO: acrescenta um markup aos custos estimados.
BASEADA EM VALOR: estima o máximo que o cliente (consumidor) pagaria pelo produto.


Mudança de preço
– Dê um preço baixo ao produto e obtenha o máximo lucro das peças de reposição.
– Dê um preço alto e use uma margem de lucro baixa para as peças de reposição.
– Use preços diferentes para mercados que não sejam semelhantes.
– Fixe o preço em 10% abaixo da empresa líder do mercado.
– Reduza o preço para maximizar as vendas (aumento da produção e redução do custo).


Sensibilidade ao preço
Os clientes são menos sensíveis ao preço quando:
* O produto é diferenciado.
* Não têm consciência da existência de substitutos.
* Não podem comparar com facilidade os substitutos.
* O gasto é pequeno, comparado ao custo total do produto final.
* Parte do custo é assumida por terceiros.
* O produto é utilizado em conjunto com outros ativos.
* O produto possui mais qualidade, prestígio ou exclusividade.
* Não podem estocar o produto.



Marcelo Pardini  http://www.infohorse.com.br/2017/10/13/precificacao/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletReprocissão

bulletTrocando em miúdos

bulletO pescoço da girafa

bulletTrês Passarinhos

bulletVagalume pato fu



Dicas Veterinárias:

bulletCachorra não entra na casinha

bulletLeve seu animal ao dentista regularmente

bulletCães ? solta, problemas ? vista

bulletAs infecções parasitárias do trato respiratório em cães

bulletCavalos competições estabulagem concursos



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086>

bullet LUIZA CERVENKA DE ASSIS http://emais.estadao.com.br/blogs/comportamento animal/morte e luto o que fazer quando o cachorrogato morre/>

bullet Tatiana Grillo
Eu atendo em domicílio em Sorocaba-SP
(15) 3019-2101
http://blogdicasanimais.blogspot.com.br/2016/08/que tamanho vai ficar meu filhote.html>

bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ci?ncias pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de S?o Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br>

bullet Rafael Claro Marques (CRMVSP 18.849) é médico veterinário e pósgraduado em Clínica Médica de Pequenos Animais dr.rafael@clinicapontegrande.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO miado do gato (the cat s meow)

bulletCondorman - o homem pássaro (condorman)

bulletRin tin tin - o filme

bulletO cavalo de ferro (the iron horse)

bulletBenji - um amigo especial



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCães de guerra

bulletO cachorro e o lobo

bulletVida de cão

bulletCachorro magro

bulletOs passaros e suas doencas

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos