Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Exames laboratoriais e distúrbios de comportamento

Compartilhe em suas redes sociais:

Exames laboratoriais e distúrbios de comportamento


O que os exames de laboratório tem a ver com um cachorro que morde o dono? tudo para diagnosticar corretamente um distúrbio de comportamento, é preciso, além de um bom exame clínico que só pode ser realizado por um médico veterinário, alguns testes laboratoriais eu sei que é uma tentação dizer que o cãozinho esta deprimido porque o dono viajou e deixou ele sozinho, mas se um client ntra no meu consultório relatando um caso destes, antes de depressão eu suspeitaria de uma erliquiose
longe de mim irritar os psicólogos de plant?o, mas a somatização em cães e gatos, até onde se sabe não é comprovada o que se tem conhecimento é que existe sim, uma baixa de imunidade em situações estressantes, onde o cão experimenta uma grande dose de ansiedade, com isso libera mais cortisol, e então teríamos a manifestação clinica de alguma doença igual como ocorre em humanos então, não se pode dizer que cães e gatos sofrem de depressão como já ouvi muitas pessoas dizerem, mas o termo correto seria ansiedade de separação, ou uma falta patológica do proprietário que, como resultado pode ter manifestações clínicas passageiras, como vômitos e diarréia ou ainda, desencadear uma doença verdadeira, como por exemplo, uma gastroenterite parasitária, uma sarna demodécica ou a própria erliquiose
o comportamento dos seres vivos integra o ambiente interno(organismo do cão e do gato) xterno (casa, família) os clientes normalmente levam seus animais de estimação ao veterinário por acharem que eles estão doentes o dono vem até a clinica relatando que a única coisa que ele percebeu de anormal foi o comportamento de seu cão e gato para ele, o bichinho não esta normal ele não esta se comportando como sempre faz nem todas as alterações comportamentais se manifestam como verdadeiras alterações de atitude, e nem todo comportamento irritante ou inapropriado dos cães e dos gatos e resultado de uma alteração puramente comportamental
existem alterações comportamentais verdadeiras e puras dentro do que entendemos como `anormal` esta a alteração de comportamento do animal que pode estar se manifestando devido a alguma anomalia neuroanatômica, neuroquímica, ou mesmo genética dentre as doenças que resultam em alterações comportamentais estão os problemas cong?nitos, infecciosos, inflamatórios e auto-imunes, metabólicos e hormonais, nutricionais, neoplásicos, tóxicos e traumáticos
não adianta tentarmos diagnosticar qual o distúrbio de comportamento resultou desse quadro, porque a doença deverá ser tratada em primeiro lugar uma vez controlada, é importante questionar o proprietário sobre mudanças na rotina do animal mas para chegarmos até aí precisamos usar o laboratório o mínimo necessário é um hemograma, contagem de plaquetas, função hepática e função renal isso é o começo de qualquer tratamento comportamental estando todos os valores normais nesses resultados, ainda podemos realizar mais alguns testes para doenças especificas
nos problemas de liminação inapropriada, por exemplo o proprietário relata que o cão ou gato não urina ou defeca onde costumava anteriormente além de uma boa anamnese, é imprescindível pedir uma urinálise para descartar que a urg?ncia em fazer xixi seja resultado de uma infecção bacteriana, ou da presença de cálculos no histórico, já podemos descobrir pistas sobre as situações nas quais o animal esta urinado fora de lugar no caso de fêmeas, e mais raramente machos castrados, pode ser uma defici?ncia hormonal, que seria comprovada com uma dosagem de strógeno ou testosterona, facilmente corrigida com reposição já gatos que desenvolvem doença do trato urinário inferior, em 80% dos casos, manifestam esta patologia secundária a um distúrbio comportamental ou seja, não adianta tratar os cálculos e não descobrir porque eles surgiram uma mudança na rotina de alguns gatos, um novo membro na família, nova casa, abala o emocional dos felinos, por assim dizer, muito mais do que se imagina e ainda assim, infelizmente, as pessoas chamam os gatos de goístas e solitários
hepatopatias podem resultar em casos de agressividade e não somente em ataques convulsivos a maioria dos proprietários pensa mais prontamente em casos de raiva, mas não cogita que possa ser uma desordem metabólica que eleve seu cão, que costumava ser dócil, a não aceitar mais ser acariciado por isso avaliar as enzimas hepáticas deve fazer parte dos exames de rotina dos veterinários que trabalham com comportamento, assim como uréia e creatinina alem disso, para iniciarmos qualquer tratamento farmacológico e preciso certificar que o fígado e o rim estão funcionado direito e manter um acompanhamento pelo menos trimestral do tratamento para ser possível avaliar a função normal
problemas dermatológicos devem ser descartados através de raspados de pele, micológicos e culturas, antes de sequer agendar uma consulta onde haja suspeita de automutilação ou compulsão devido a um distúrbio de comportamento dermatites por lambedura na maioria das vezes são desencadeadas por algum tipo de ferimento, doença dermatológica ou esquírola que devem ser resolvidas ao mesmo tempo em que drogas ansiolíticas são prescritas nos casos de gatos alopécicos, em grande parte dos casos a atopia é culpada pela falta de p?los e não a depressão ou saudade de um membro da família
na parte ndócrina diabetes, hipotireoidismo e hiperadrenocorticismo devem ser descartadas mesmo que não sejam observados sinais clínicos altos níveis de acth podem estar associados a aumento de agressividade, bem como níveis baixos determinam maior docilidade a diminuição de hormônios tireoidianos pode determinar medo ou agressividade em cães e gatos
enfim, para os clínicos gerais, descartar as principais patologias que podem estar relacionadas a uma modificação de comportamento antes de encaminhar o paciente para uma consulta com um especialista, usando e abusando dos exames laboratoriais para os veterinários que trabalham com comportamento: é essencial ser um excelente clínico não ficar preso a uma manifestação comportamental, insistir em um tratamento mal sucedido ao invés de buscar explicações em outras áreas da veterinária para resolver o problema os teste de laboratório ajudam na rotina de qualquer especialidade e são um sinal da mudança dos tempos pode jogar no lixo sua bola de cristal e se preparar para colecionar frasquinhos com edta
<

Luelyn Jockyman CRMVSP 14.512 Clínica Animaletto (19) 32589280 Av. Mário Garneiro 438 (Estrada do San Conrado) Sousas

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletNelore valente

bulletBurro Xucro

bulletPreta Pretinha

bulletPeixe Vivo Temas Diversos

bulletMilagre dos peixes



Dicas Veterinárias:

bulletPoleiros

bulletO que é ser um(a) zootecnista

bulletDificuldades de deglutição em cães

bulletA indiferença humana levando outras espécies ao sofrimento e a morte

bullet3 dicas de como ensinar o cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet dra ayne murata hayashi
médica veterinária
crmv: 6378
campinas (19) 3294-3377,
valinhos (19) 3849-2522
são paulo (19) 9742-2665 aynemurata@ig.com.br>

bullet Rafael Wisneski http://blog.meucaocompanheiro.com/>

bullet Darby de Lima
darbykpl@hotmailcom>

bullet Roberto Delort A. Leite e Laura Celi de Souza Silva >

bullet Rosmeire de O.S.Jacinavicius Médica Veterinária Acupunturista tel: (19)999971911 email: stuffzinha@gmail.com>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO gato de madame

bulletTubarao ii

bulletO gato e o violino (the cat and the fiddle)

bulletHarry, o amigo de tonto

bulletThe wolf of wall street



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletUrologia e nefrologia do cão e do gato

bulletNosso planeta verde - 100 ótimas propostas para trabalhar na educação infantil

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletO gato e a revolução

bulletA volta do gato preto

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos