Home Page > Dicas Veterinárias > O que é diabetes?

O que é diabetes?


A endocrinologia é uma especialização da ciência que estuda as doenças hormonais sediadas em diversas glândulas, quer com relação ao excesso da produção de hormônio, quer na sua deficiência.


O sistema endócrino é aquele que abrange as glândulas endócrinas, isto é, aquelas glândulas que secretam diretamente na corrente sanguínea.
Nos últimos dez anos a endocrinologia evoluiu muito à custa de uma melhor especialização dos médicos veterinários e de testes diagnósticos mais apurados disponíveis nos laboratórios.


A diabetes mellitus é um tipo de enfermidade do sistema endócrino que se caracteriza pela elevação do nível de glicose do sangue. Essa elevação ocorre devido à redução na produção ou da ação de um hormônio denominado de insulina, o qual é produzido no pâncreas por células denominadas de células beta. A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta, portanto, em um acúmulo de glicose no sangue e produz um sintoma chamado hiperglicemia.


Diversas são as condições que podem levar ao diabetes, mas basicamente elas são classificadas em dois grupos:


Tipo 1: É aquela que ocorre devido à destruição das células beta por um processo imunológico, isto é, pela formação de anticorpos pelo próprio organismo contra as células beta, levando a uma deficiência de insulina. Esse tipo de diabetes é mais freqüente nos felinos, cujos sintomas são: fraqueza nos membros (neuropatia periférica), emagrecimento, fome excessiva, desidratação severa, sonolência. Nos quadros mais graves temos a cetoacidose diabética, que é uma complicação na qual a glicose não é mais aproveitada como fonte de energia, levando o animal a óbito.


Tipo2: Nessa forma de diabetes está incluída a grande maioria dos casos caninos. Nesse caso, a insulina que é produzida pelas células beta do pâncreas tem sua ação dificultada, caracterizando um quadro de resistência insulínica. Isso vai levar a um aumento na produção de insulina para tentar manter a glicose em níveis normais. Quando isso não for mais possível, surge o diabetes. A instalação dessa enfermidade é lenta e os sintomas, como aumento da sede e da quantidade de urina, alterações visuais (catarata), perda de peso, desidratação, podem demorar vários meses ou anos para se tornarem evidentes. Se não diagnosticada e tratada a tempo, também leva o animal a óbito.


Portanto, é fundamental um diagnóstico precoce e tratamento adequado pelo médico veterinário, pois a possibilidade de tratamento é maior. Infelizmente os casos clínicos de diabetes mellitus que aparecem nos atendimentos de rotina já estão em estágios bem avançados.


O tratamento básico da diabetes consiste no fornecimento de quantidades adequadas de insulina diariamente em intervalos regulares. A dieta correta é um fator fundamental no tratamento da diabetes mellitus. Recentemente as boas práticas veterinárias recomendam para os cães e gatos diabéticos uma dieta pobre em carboidratos, a qual na fase inicial da doença pode até dispensar o uso da insulina. A razão disso é que os baixos níveis de carboidratos ingeridos reduzem a quantidade de insulina necessária, mantendo a variação de açúcar no sangue baixa e mais previsível.


Medidas relacionadas à melhoria dos cuidados dispensados aos cães e gatos através de uma alimentação conveniente, de vacinações e vermifugações regulares, além de medicamentos e suplementos mais eficazes têm proporcionado na atualidade um aumento da longevidade. Com isso as endocrinopatias passaram a representar uma importante parcela de todas as patologias que acometem cães e gatos idosos.


Para aumentar o tempo de vida com qualidade dos cães e gatos idosos é recomendável que sejam feitos exames regulares de glicemia, principalmente nos animais suspeitos, para que prontamente medidas preventivas sejam tomadas.



http://policlinicaveterinaria.com.br/o que e diabetes/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletRabo de galo polara

bulletBoi de lágrimas

bulletBlues do iniciante

bulletQue nem jiló

bulletAranha hangover



Dicas Veterinárias:

bulletConhecendo mais o ser humano !

bulletGatinha não brinca

bulletInflamação do fígado (supurativa) em cães

bulletHipertensão arterial sistêmica em cães

bulletComo evitar a queda de pelo de cachorro



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Bruno Evaristo>

bullet Marcelo Pardini  http://www.infohorse.com.br/2017/10/13/precificacao/>

bullet Rafael Senos Médico Veterinário UFF Mestrando USP Técnico em Biotecnologia CEFETEQ RJ>

bullet silvia c parisi médica veterinária crmvsp 5532>

bullet Dr. Carlos Artur Lopes Leite é médico veterinário graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em Micologia Médica pela Carl von Ossietzky Universität (Alemanha). É também mestre em Medicina e Cirurgia Veterinárias pela UF>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletKing kong

bulletUma cilada para roger rabbit

bulletBolt - supercão

bulletO gato do rabino (le chat du rabbin)

bulletCompramos um zoológico



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletPequenos passaros

bulletMais que um leao por dia

bulletCama de gato

bulletMemorias de um gato

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos