Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Hidroterapia em cães

Compartilhe em suas redes sociais:

Hidroterapia em cães



A hidroterapia é um tipo de fisioterapia que utiliza exercícios na água para recuperar ou melhorar a performance de músculos. É uma terapia bastante antiga, que nas últimas décadas sofreu um impulso maior devido à sua utilização sistemática, basicamente na recuperação de deficientes físicos, e em medicina esportiva.     


Em animais é usada há algum tempo, principalmente no treinamento de cavalos de esporte. Nos cães, seu uso tem se intensificado nos últimos anos, inclusive com maior fundamento, baseando-se nos trabalhos realizados em humanos. É crescente, também, o número de profissionais que indicam este tipo de terapia. A literatura, entretanto, apresenta praticamente nenhum trabalho sobre a hidroterapia em cães.

Patologias com possibilidade de melhora - É preconizada em quase todos os problemas em que se procura um condicionamento ou recuperação da musculatura, sem o trauma resultante do impacto causado pela corrida na estrutura esquelética (ossos). Incluem-se artroses, patologias da coluna, tratamentos pós-cirúrgicos em ortopedia e, principalmente, displasia coxofemoral. Na maior parte desses problemas, a hidroterapia é utilizada conjuntamente com outras terapias, inclusive a medicamentosa, mas como como fisioterapia é considerada a melhor opção.

Em número de casos, a displasia coxofemoral é a patologia mais beneficiada pela hidroterapia. O aumento da musculatura da coxa, associado ao efeito anti-inflamatório causado pela vasodilatação devido à temperatura quente da água, melhoram a sintomatologia através do fortalecimento da articulação, com diminuição sensível da dor e claudicação (manqueira).

Vale lembrar que não ocorre cura, e sim regressão apreciável dos sintomas, pela estabilização articular e desaceleração do processo de artrose. Alguns animais apresentam grande melhora, com evidente correção de aprumos e total retorno às atividades físicas. O resultado do tratamento depende da idade, da compleição do cão e do grau de displasia. Animais jovens, com poucas lesões articulares e não obesos, obterão resultados mais rápidos. e evidentes.

Instalações adequadas - Deve-se salientar que o local onde os exercícios serão realizados é bastante importante. A piscina para hidroterapia precisa ser aquecida e coberta, para permitir seu uso durante os períodos frios, em tratamentos longos ou crônicos. A água fria trará um efeito adverso ao esperado, e a friagem após o trabalho físico pode predispor a vários processos respiratórios, principalmente em animais recém-operados.

Algumas raças apreciam muito os exercícios na água. Cockers, poodles e labradores são exemplos de cães que não precisam de nenhum estímulo adicional, mas animais de outras raças mostram-se um pouco receosos, e é necessário acostumá-los com a imersão na água antes de iniciar o tratamento propriamente dito. A duração, a frequência e a intensidade do tratamento são determinadas pelo animal, pelo tipo de lesão e pela recomendação do veterinário que acompanha o caso.



Contatos dos Autores:
http://www.shopveterinario.com.br/artigos/hidroterapia em caes/



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletEnvenenamento por ingest?o de veneno de rato em cães

bulletComo comprar um cachorro de raça?

bulletTapeworms em cães

bulletBanho demais faz mal

bulletCachorro intoxicado, o que fazer?


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br

bullet Revista Cães e cia

bullet André Barreto www.andrebarreto.com 1150936244 / 25037333

bullet Nayara Zonta, parceria com a VetQuality 56811999

bullet Hemovet Laboratório e Centro de hemoterapia veterinária M.V. Simone Gonçalves CRMV SP 10141 Rua José Macedo, 98. Pq São Lucas F. 29188050

Ver todas as Dicas dos Colunistas




Letras de Música com temas Animais:


bulletVaca estrela e boi fubá

bulletLobo mau

bulletPassaro veloz

bulletQue nem jiló

bulletConversa pra boi dormir

Ver todas as Letras de Músicas




Cinema, Filmes e Seriados:


bulletHarry, o amigo de tonto

bulletO gato e o violino (the cat and the fiddle)

bulletProcurando nemo

bulletFeito cães e gatos (the truth about cats and dogs)

bulletMeu cachorro skip (my dog skip)


Ver todos os filmes e seriados




Livros Animais

bulletO gato de botas

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletPasso, trote, galope - uma familia e seus cavalos

bulletO encantador de cães

bulletPequenos passaros

Ver todos os Livros



Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100


Beija flor
R$ 1


Garça branca grande
R$ 5


Arara vermelha
R$ 10


Mico leão-dourado
R$ 20


Onça pintada
R$ 50


Tartaruga-de-pente
R$ 2


Lobo Guará
R$ 200


Ver todas as Notas e Moedas



Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos