Home Page > Dicas Veterinárias > Festa junina e pets: diversão com segurança

Festa junina e pets: diversão com segurança


O final de semana passado deu início a uma sequência de quermesses que deve durar, pelo menos, até o meio de julho em muitas cidades brasileiras. E neste ano, foi possível observar que muitos pet shops e ONGs aproveitaram a oportunidade para fazer a comemoração junina com os animais.


Se de um lado a integração e a socialização dos bichos são importantes, do outro é preciso tomar alguns cuidados neste período de festas para que não se transforme em um problema.


ACOMPANHE O BLOG CONVERSA DE BICHO: FACEBOOK | TWITTER


festa_junina_pug


Assim como nas festividades de final de ano, no São João e no período de quermesses acontecem as tradicionais queimas de fogos e a alimentação em abundância, com ingredientes que podem causar desconforto aos animais.


Os pets tem uma audição bastante superior a humana. Um cão consegue ouvir um som quatro vezes mais longe do que uma pessoa. Eles também detectam sons maiores e menores frequências do que a gente. Já a audição nos gatos é sensível à altas frequências. Enquanto o ser humano pode perceber sons de até 20.000 Hz, os gatos poderão percebê-los até 50.000 Hz.


Segundo a médica-veterinária Mariana Buck, do Hospital Veterinário Santa Inês, é nesta época que aumenta o índice de atendimento de animais em emergência, principalmente por causa de fugas, em razão do barulho da queima de fogos, e por ingestão de alimentos diferentes da ração e da rotina do pet.


“As enfermidades mais frequentes são as intoxicações alimentares, gastroenterites, pancreatites e acidentes secundários pela fuga, como atropelamentos e quedas”, afirma Mariana.


Para minimizar os problemas, existem alguns truques que podem ajudar e fazer com que o pet se sinta mais seguro. Para aqueles que são muito assustados, a opção vai desde colocar o animal em caixas de transporte, espaços embaixo das camas ou poltronas, até pôr algodão dentro dos ouvidos para reduzir o barulho excessivo dos fogos.


“Os pets são muito sensíveis aos barulhos e ruídos. O fato de colocar algodão dentro dos condutos acaba abafando o som e diminuindo o estresse para o pet”, explica a veterinária.


Outra opção interessante é colocar uma roupinha mais justa no animal, ou mesmo passar uma faixa mais larga pelo dorso. “O objetivo desse truque é o de estimular a sensação de segurança, justamente por estar com a roupinha ou pano de forma mais apertada junto ao corpo”, afirma Mariana.


Ter cuidado ao comer perto do pet e não deixá-lo sozinho onde tem alimentos da festa junina também são pontos importantes. Existem vários alimentos nocivos aos animais durante este período. Entre eles podemos destacar o chocolate, que contém a teobromina, bastante tóxica aos pets; a uva, que mesmo em pequena quantidade pode ocasionar insuficiência renal; o amendoim, responsável pelas alergias, intoxicações e pancreatites; além da cebola e o alho, precursores de anemia grave.


“É muito importante seguir a rotina do pet e a dieta adequada, mesmo em épocas de festas. Pensando nos famosos petiscos, também conhecidos como snacks, sempre se deve consultar o médico veterinário para melhor orientação e especificação.”



Fábio Brito do http://vida estilo.estadao.com.br/blogs/conversa de bicho/festa junina e pets diversao com seguranca/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletA dança da tartaruga asa de águia

bulletCachorro quente wanderlei studio

bulletDona

bulletO mar serenou

bulletCamarão que dorme a onda leva



Dicas Veterinárias:

bulletIdentificação e cuidados com a égua gestante

bulletA vitamina d envenenamento em cães

bulletPlantas para aquário

bulletPorque adestrador pessoal?

bulletA superprodução de células vermelhas do sangue em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Luciana Leite Ribeiro dos Santos Médica veterinária CRMVSP 8298 www.spaces.msn.com/members/vetemcasa lulrs@yahoo.com.br>

bullet Tatiana Grillo
Eu atendo em domicílio em Sorocaba-SP
(15) 3019-2101
http://blogdicasanimais.blogspot.com.br/2016/08/que tamanho vai ficar meu filhote.html>

bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ci?ncias pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de S?o Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br>

bullet Jeronimo Ribeiro http://www.showdebicho.com>

bullet Daniel Zacharias Zago Médico Veterinário Clínica Geral e Reprodução Equina 11 82627922>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO mar não está prá peixe o mar não está prá peixe

bulletPássaros excêntricos (pretty bird)

bulletNetto e o domador de cavalos

bulletMadagascar i

bulletQualquer gato vira-lata



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletPassaro-camaleao, o

bulletPássaros amarelos

bulletCama de gato

bulletPassaros sao eternos, os

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos