Home Page > Dicas Veterinárias > Apoptose

Apoptose


Apoptose é um tipo de morte celular programada, processo necessário para a manutenção do desenvolvimento dos seres vivos, pois está relacionada com a manutenção da homeostase e com a regulação fisiológica do tamanho dos tecidos e também, quando há estímulos patológicos.


Existem diversos processos distintos, além da apoptose, que resultam em morte celular como: autofagia, necrose, mitose catastrófica e senescência. No ano de 1964, foi proposto o termo “morte celular programada” para designar o processo que ocorre de uma forma não acidental. Já no ano de 1972, Kerr, Wyllie e Currie sugeriram o nome apoptose para este processo.


Como foi dito anteriormente, a apoptose pode ter causas fisiológicas e patológicas.


Apoptose Causada por Estímulos Fisiológicos


É útil na manutenção do equilíbrio interno dos organismos multicelulares, sendo que nos humanos pode ocorrer em certas situações, como:


  • Nos casos de involução de estruturas fetais durante o desenvolvimento embrionário do feto;

  • Situações de corte no suprimento de hormônios estimulatórios (como menopausa);

  • Tecidos onde há uma constante renovação celular;

  • Apoptose estimulada pelo linfócito T citotóxico;

  • Após uma resposta imunológica do organismo a um agente biológico;

  • Nas células fibrosas que originam o cristalino.


Apoptose Causada por Patologias


  • Casos de lesão do material genético (DNA) da célula, através de estímulos radioativos, químicos ou virais;

  • Nos casos de lesão por isquemia ou hipóxia pode resultar em necrose ou apoptose. Certos estímulos à morte celular por necrose também desencadeiam a morte celular por apoptose.


src=


Este processo ocorre muito rápido, sendo que primeiramente há a retração celular, que gera perda de aderência com a matriz extracelular e células vizinhas. Com exceção das mitocôndrias, que podem apresentar ruptura da membrana externa, as outras organelas mantêm sua morfologia. Por conseguinte, a cromatina se condensa e se concentra próxima à membrana nuclear. Logo após, a membrana celular gera prolongamentos, havendo desintegração nuclear. Esses prolongamentos aumentam de número e de tamanho e se rompem, dando origem a estruturas contendo o conteúdo nuclear. Estas partes envoltas pela membrana celular recebem o nome de corpos apoptóticos, sendo esses fagocitados pelos macrófagos e removidos rapidamente para não resultar em um processo inflamatório.



http://www.infoescola.com/citologia/apoptose/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletConversa pra boi dormir

bulletPoeira

bulletVoa voa

bulletCobra Criada

bulletJoao de Barro



Dicas Veterinárias:

bulletDesordem nervosa que afecta múltiplos nervos em cães

bulletEquoterapia

bulletParasite infecção (babesiose) em cães

bulletCuidado com as unhas do seu cachorro

bulletHigiene do seu animal



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet dra rúbia burnier
crmv 4/5870
veterinária especialista em comportamento animal
www.vetmovel.com.br
www.espacoanimal.com.br
telefone : (11) 9996 1222>

bullet Luciana Leite Ribeiro dos Santos Médica veterinária CRMVSP 8298 www.spaces.msn.com/members/vetemcasa lulrs@yahoo.com.br>

bullet Virgínia Figuerôa (11) 55061144 / virginia@ecco.inf.br>

bullet Patricia Oliveira>

bullet cepav laboratórios
fone: (11) 3872-9553
rua tanabí, 185 - são paulo/sp
www.cepav.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletDeu a louca nos bichos

bulletAracnofobia

bulletUm peixe chamado wanda (a fish called wanda)

bulletBatman (1966)

bulletUm hotel bom pra cachorro (hotel for dogs)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

bulletPássaros amarelos

bulletUm gato entre os pombos

bulletLivro de banho galinha pintadinha

bulletVida de cão

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos