Home Page > Dicas Veterinrias > Tétano em animais

Tétano em animais


O tétano é uma toxi-infecção altamente letal que atinge os mamíferos.


src=


Clostridium tetani


Apresenta como agente etiológico a bactéria Clostridium tetani (ou Bacilo de Nicolaier), que mede em torno de 2,5 por 0,5 µm. A penetração do esporo dessa bactéria nas feridas ou solução de continuidade da pele leva a uma consequente multiplicação e síntese de uma potente neurotoxina (em condições de anaerobiose), conhecida como tetanopasmina. Esta, por sua vez, atua no sistema nervoso central barrando a liberação de neurotransmissores inibitórios das fendas pré-sinápticas, especialmente a glicina, resultando na paralisia espástica.


Esta bactéria é encontrada no ambiente, como no solo e fezes de animais, em todo o mundo.


Acomete diversas espécies de animais domésticos, mas os equinos são os mais susceptíveis (inclusive, mais do que o homem), seguidos dos ovinos, caprinos e bovinos. A infecção normalmente ocorre por meio de feridas acidentais ou cirúrgicas, que entram em contato com o esterco ou o solo. Os potros recém-nascidos estão sujeitos a infectar-se por via umbilical.


Nos bovinos, a doença pode se alojar por meio de feridas causadas da colocação de argola no focinho, da descorna, da castração e de traumatismos durante o parto. Já nos ovinos e caprinos, a instalação da doença se dá, principalmente, por meio da tosquia, marcações, caudectomia e castração, mas pode também ser conseqüente de uma metrite pós-parto.


Os sinais clínicos são similares em várias espécies de animais. Inicia-se por o aparecimento de rigidez muscular, acompanhada por tremores, trismo e prolapso de terceira pálpebra; juntamente observa-se expressão alerta com orelhas posicionadas eretas, retração das pálpebras, dilatação das narinas, leve timpanismo e hiperestesia. A evolução para o óbito ocorre devido à parada respiratória, sendo observadas lesões significativas na necropsia.


O diagnóstico é essencialmente feito por meio do exame clínico, histórico e quadro clínico apresentado pelo animal. Contudo, pode ser realizado o diagnóstico laboratorial feito por meio da demonstração da neurotoxina, esfregaço direto ou cultura anaeróbia de material proveniente da ferida e baço.


O tratamento visa banir o agente etiológico, neutralizar a ação das toxinas, controlar os espasmos musculares e realizar terapia suporte. Inicialmente administra-se soro antitetânico por via intravenosa, repetindo quando for preciso; a alimentação fornecida deve ser de fácil deglutição; o animal deve ser mantido em ambiente escuro, sossegado e isolado. Devem ser realizadas drenagem e higienização da lesão (ou das lesões) com água oxigenada, infiltração de Penicilina G ao redor da desta (intramuscular). Pode ser feito uso de fármacos relaxantes musculares.


A profilaxia do tétano é feita por meio da vacinação anual dos animais (em especial, equinos); utilização do soro antitetânico antes da realização de procedimentos cirúrgicos ou depois de ferimos que possam facilitar a infecção; evitar o contato de feridas profundas com o ambiente; tomar cuidado com a assepsia do instrumental cirúrgico e antissepsia das lesões; eliminar objetos pontiagudos do ambiente onde o animal vive.



Nome, Telefones, Endereço, Email, Website, facebook ou outras redes sociais

O contedo presente no texto acima responsabilidade dos Autores citados

Gostou do contedo animal acima! Ento compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Msica com temas Animais:

bulletO mar serenou

bulletDiamond dogs

bulletBarata tonta

bulletRitmo quente

bulletÚltimo pau de arara



Dicas Veterinrias:

bulletInfecção uterina na égua

bulletEncontrei um animal! o que fazer?

bulletGravidez, parto e filhotes cuidados necessários

bulletO diagnóstico por imagem é muito importante para a saúde do seu pet

bulletVocê sabia que os animais também sentem remorso?



Ver todas as Dicas Veterinrias



Colunistas - Veterinrios que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Patricia Oliveira>

bullet Magda Izidio de Souza, Médica Veterinária>

bullet Carlos Almeida carlos henrique l n almeida
consultor da cobrap - confederação brasileira de criadores de pássaros
www.carduelis.bio.br
carduelis@carduelisbiobr>

bullet Archivaldo Reche, professor de veterinária da USP.>

bullet Maira Rezende Formenton
tel 011 3862 6398
www.fisioanimal.com>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO gato preto (the black cat)

bulletO cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)

bulletO encantador de cavalos / o senhor dos cavalos (the horse whisperer)

bulletK9 - um policial bom pra cachorro

bulletAracnofobia



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletUrologia e nefrologia do cão e do gato

bulletPássaros amarelos

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bulletAmazonas aguas, passaros, seres e milagres

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Crditos