Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Tétano em animais

Compartilhe em suas redes sociais:

Tétano em animais



O tétano é uma toxi-infecção altamente letal que atinge os mamíferos.


src=


Clostridium tetani


Apresenta como agente etiológico a bactéria Clostridium tetani (ou Bacilo de Nicolaier), que mede em torno de 2,5 por 0,5 µm. A penetração do esporo dessa bactéria nas feridas ou solução de continuidade da pele leva a uma consequente multiplicação e síntese de uma potente neurotoxina (em condições de anaerobiose), conhecida como tetanopasmina. Esta, por sua vez, atua no sistema nervoso central barrando a liberação de neurotransmissores inibitórios das fendas pré-sinápticas, especialmente a glicina, resultando na paralisia espástica.


Esta bactéria é encontrada no ambiente, como no solo e fezes de animais, em todo o mundo.


Acomete diversas espécies de animais domésticos, mas os equinos são os mais susceptíveis (inclusive, mais do que o homem), seguidos dos ovinos, caprinos e bovinos. A infecção normalmente ocorre por meio de feridas acidentais ou cirúrgicas, que entram em contato com o esterco ou o solo. Os potros recém-nascidos estão sujeitos a infectar-se por via umbilical.


Nos bovinos, a doença pode se alojar por meio de feridas causadas da colocação de argola no focinho, da descorna, da castração e de traumatismos durante o parto. Já nos ovinos e caprinos, a instalação da doença se dá, principalmente, por meio da tosquia, marcações, caudectomia e castração, mas pode também ser conseqüente de uma metrite pós-parto.


Os sinais clínicos são similares em várias espécies de animais. Inicia-se por o aparecimento de rigidez muscular, acompanhada por tremores, trismo e prolapso de terceira pálpebra; juntamente observa-se expressão alerta com orelhas posicionadas eretas, retração das pálpebras, dilatação das narinas, leve timpanismo e hiperestesia. A evolução para o óbito ocorre devido à parada respiratória, sendo observadas lesões significativas na necropsia.


O diagnóstico é essencialmente feito por meio do exame clínico, histórico e quadro clínico apresentado pelo animal. Contudo, pode ser realizado o diagnóstico laboratorial feito por meio da demonstração da neurotoxina, esfregaço direto ou cultura anaeróbia de material proveniente da ferida e baço.


O tratamento visa banir o agente etiológico, neutralizar a ação das toxinas, controlar os espasmos musculares e realizar terapia suporte. Inicialmente administra-se soro antitetâ;nico por via intravenosa, repetindo quando for preciso; a alimentação fornecida deve ser de fácil deglutição; o animal deve ser mantido em ambiente escuro, sossegado e isolado. Devem ser realizadas drenagem e higienização da lesão (ou das lesões) com água oxigenada, infiltração de Penicilina G ao redor da desta (intramuscular). Pode ser feito uso de fármacos relaxantes musculares.


A profilaxia do tétano é feita por meio da vacinação anual dos animais (em especial, equinos); utilização do soro antitetâ;nico antes da realização de procedimentos cirúrgicos ou depois de ferimos que possam facilitar a infecção; evitar o contato de feridas profundas com o ambiente; tomar cuidado com a assepsia do instrumental cirúrgico e antissepsia das lesões; eliminar objetos pontiagudos do ambiente onde o animal vive.



Contatos dos Autores:
Nome, Telefones, Endereço, Email, Website, facebook ou outras redes sociais



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletAlerta sobre os riscos de alimentar cães e gatos com sobras das refeições

bulletTrês palavras que podem estar arruinando sua vida

bulletDicas para cuidar dos pets em dias quentes

bulletBanho e tosa

bulletOs principais cuidados com a gestação da égua


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Ciro Pinheiro Mathias Franco Medico Veterinário atuante em odontologia eqüina. Cel. (11) 98146666 Email: ciromedvet@ig.com.br

bullet Carlos Cava
Cava criadouro de aves rua guerino lubiani, 201 ? vila verde
piracicaba - sp - cep 13420-850 f : (19) 3424-2084 / 3424-3206 / 9782-1065 e-mail : aves@cava.com.br
http://www.cava.com.br

bullet Nélio Carrara F? Hannover Hipismo

bullet Nome, Telefones, Endereço, Email, Website, facebook ou outras redes sociais

bullet Projeto Cão Moderno Felipe Consentini felipe@caomoderno.com.br

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletVaca estrela e boi fubá

bulletCálice

bulletVoa voa

bulletMil Gatos No Telhado

bulletCanario prisioneiro

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletErrado pra cachorro (who s minding the store?)

bulletQuigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bulletBatman e robin (1949)

bulletA quinta execução

bulletA maldição dos gatos (the uncanny


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO gato que falava com fantasmas

bulletGato que gostava de cenoura

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletPassaro-camaleao, o

bulletAves-simbolos dos estados brasileiros, as

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos